Pular para conteúdo

OS JOVENS PERGUNTAM

Estou obcecado com a minha aparência?

 Teste: Estou obcecado?

  1. Qual das frases abaixo descreve melhor o modo como você se sente?

    • Nunca estou satisfeito com a minha aparência.

    • Às vezes estou satisfeito com a minha aparência.

    • Sempre estou satisfeito com a minha aparência.

  2. O que você mais gostaria de mudar em seu corpo?

    • Altura

    • Peso

    • Forma física

    • Cabelo

    • Pele

    • Músculos

    • Outra coisa

  3. Complete a frase abaixo.

    Eu me sinto mais inseguro com relação ao meu corpo . . .

    • quando subo na balança.

    • quando me olho no espelho.

    • quando me comparo com outros (amigos, modelos e estrelas do cinema).

  4. Complete a frase abaixo.

    Eu me peso . . .

    • todo dia.

    • toda semana.

    • nem toda semana.

  5. Qual expressão descreve melhor sua maneira de pensar?

    • Conceito distorcido sobre a aparência. (Exemplo: “Toda vez que me olho no espelho, eu me acho gorda e feia. Cheguei a parar de comer para tentar perder peso.” — Serena.)

    • Conceito equilibrado sobre a aparência. (Exemplo: “Sempre vai ter alguma coisa que a gente gostaria de mudar na nossa aparência, mas isso nem sempre vai ser possível. É bobagem ficar ansioso com uma coisa que não dá para mudar.” — Natanya.)

A Bíblia diz que não devemos pensar de nós mesmos mais “do que é necessário pensar”. (Romanos 12:3) Então, até certo ponto não é errado se preocupar com você mesmo; na verdade, isso muitas vezes é necessário. É por isso que você escova os dentes e cuida de sua higiene.

Mas e se você sempre fica desanimado com sua aparência, talvez a ponto de ficar obcecado com isso? Nesse caso, você talvez se pergunte . . .

 ‘Por que tenho um conceito distorcido sobre minha aparência?’

Veja alguns possíveis motivos:

  • Influência da mídia. “Os jovens são bombardeados com imagens que nos fazem sentir que precisamos estar supermagros e deslumbrantes o tempo todo. Por isso, se você não tem um corpo simplesmente perfeito, você se sente horrível!” — Kellie.

  • Influência dos pais. “Já percebi que, se a mãe é obcecada com a aparência, a filha geralmente também é. E o mesmo acontece com os meninos em relação ao pai.” — Rita.

  • Baixa autoestima. “Quando alguém é obcecado com a aparência, fica o tempo todo perguntando como ele está. Quem é que aguenta uma coisa dessas?” — Jeanne.

Seja qual for o motivo, você talvez esteja se perguntando . . .

 ‘Devo tentar mudar minha aparência?’

Veja o que outros jovens dizem:

“Como nem sempre dá para mudar o que você não gosta em si mesmo, é melhor aceitar seus pontos fracos. Assim, vai ser menos provável que alguém repare neles.” — Rori.

“Faça o possível para ter boa saúde. Se você for saudável, sua aparência vai ser como deveria. Amigo de verdade é aquele que gosta de você pelo que você é, e não por causa da sua aparência.” — Olivia.

Conclusão: Faça o possível para ter uma boa aparência. Mas não se preocupe demais com isso. Afinal, pode até ser perigoso. (Veja “ A história de Julia”.)

Por outro lado, um conceito equilibrado ajudará você a ser mais realista, como percebeu uma jovem chamada Erin. Ela disse: “É verdade que eu tenho algumas inseguranças, mas percebi que só me sinto mal quando me concentro nas coisas erradas. Eu faço exercícios regularmente e tenho uma alimentação saudável. O resto se encaixa naturalmente.”

 A melhor mudança de todas

Quando você tem um conceito equilibrado sobre sua aparência, você se sente melhor — e fica até mais bonito. A Bíblia pode ajudar você nesse sentido. Ela nos incentiva a desenvolver o seguinte:

  • Contentamento. “Melhor é contentar-se com o que os olhos veem do que sonhar com o que se deseja. Isso também não faz sentido; é correr atrás do vento.” — Eclesiastes 6:9, Nova Versão Internacional.

  • Um conceito equilibrado sobre exercícios. “O treinamento corporal é proveitoso para pouca coisa.” — 1 Timóteo 4:8.

  • Beleza interior. “O mero homem vê o que aparece aos olhos, mas quanto a Jeová, ele vê o que o coração é.” — 1 Samuel 16:7.

“Dá para ver no nosso rosto como a gente se sente. Se a pessoa está contente consigo mesma, os outros percebem isso e automaticamente se sentem atraídos a ela.” — Sarah.

“De início, a beleza pode até chamar atenção. Mas o que vai fazer com que as pessoas mais se lembrem de você são as suas qualidades e aquilo que você é por dentro.” — Phylicia.

Veja também Provérbios 11:22; Colossenses 3:10, 12; 1 Pedro 3:3, 4.