Pular para conteúdo

OS JOVENS PERGUNTAM

É errado ser homossexual?

“Desde pequeno, uma das maiores dificuldades que eu tive que enfrentar era que eu gostava de meninos. Eu pensava que era só uma fase, mas esses sentimentos continuam até hoje.” — David, 23 anos.

Como cristão, David quer agradar a Deus. Será que ele realmente pode agradar a Deus mesmo sentindo atração por outros rapazes? O que Deus pensa sobre o homossexualismo?

 O que a Bíblia diz?

A opinião das pessoas sobre o homossexualismo varia de acordo com a cultura delas ou com a época em que vivem. Mas os cristãos não se deixam influenciar pela opinião da maioria, ou seja, não são “levados para lá e para cá por todo vento de ensinamentos”. (Efésios 4:14) Em vez disso, o ponto de vista deles sobre o homossexualismo (e sobre todos os aspectos da vida) é baseado no que a Bíblia ensina.

O que a Bíblia fala sobre o homossexualismo é muito claro. Ela diz:

  • “Não tenha relações sexuais com um homem, assim como se costuma ter com uma mulher.” — Levítico 18:22.

  • “Deus, em harmonia com os desejos do coração deles, . . . os entregou à paixão desenfreada e vergonhosa, pois tanto as mulheres entre eles trocaram o uso natural de si mesmas por outro contrário à natureza.” — Romanos 1:24, 26.

  • “Não se enganem. Os que praticam imoralidade sexual, os idólatras, os adúlteros, os homens que se submetem a atos homossexuais, os homens que praticam o homossexualismo, os ladrões, os gananciosos, os beberrões, os injuriadores e os extorsores não herdarão o Reino de Deus.” — 1 Coríntios 6:9, 10.

O que Deus pensa sobre esse assunto se aplica a todas as pessoas, não importa se elas sentem atração por pessoas do mesmo sexo ou não. A verdade é que todo mundo precisa se controlar quando sente vontade de fazer alguma coisa que vai desagradar a Deus. — Colossenses 3:5.

 Então isso quer dizer que . . . ?

Então isso quer dizer que a Bíblia diz que devemos odiar os gays?

Não. Na verdade, a Bíblia diz que não devemos odiar ninguém — seja gay ou não. Em vez disso, ela diz que devemos manter a paz com todas as pessoas, não importa o estilo de vida delas. (Hebreus 12:14) Então é errado fazer bullying, maltratar ou cometer crimes contra os homossexuais.

Então isso quer dizer que os cristãos devem ser contra as leis que legalizam o casamento gay?

A Bíblia mostra que Deus criou o casamento para ser entre um homem e uma mulher. (Mateus 19:4-6) Mas as leis que os governos criaram sobre casamento entre pessoas do mesmo sexo são uma questão política. E a Bíblia diz que os cristãos devem ser neutros, ou não tomar partido, em questões políticas. (João 18:36) Assim, os cristãos não apoiam nem se opõem às leis envolvendo casamento gay ou qualquer outro assunto relacionado à conduta dos homossexuais.

 Mas e se . . . ?

Mas e se uma pessoa já praticou o homossexualismo? Será que ela pode mudar?

Sim. Até mesmo algumas pessoas nos tempos bíblicos foram homossexuais e conseguiram mudar. Depois de dizer que os que praticam o homossexualismo não vão receber as bênçãos do Reino de Deus, a Bíblia diz: “Isso é o que alguns de vocês foram.” — 1 Coríntios 6:11.

Será que isso significa que os que pararam de praticar o homossexualismo não vão mais sentir nenhum desejo homossexual? Não. A Bíblia diz que devemos nos “revestir da nova personalidade, a qual, por meio do conhecimento exato, está sendo renovada”. (Colossenses 3:10) Essa mudança é uma coisa constante.

Mas e se uma pessoa quer fazer a vontade de Deus, mas ainda tem desejos homossexuais?

Assim como qualquer outro desejo, a pessoa pode escolher não alimentar os desejos homossexuais e não ceder a eles. Como ela pode fazer isso? A Bíblia diz: “Continuem andando por espírito, e não executarão nenhum desejo carnal.” — Gálatas 5:16.

Repare que o texto não diz que a pessoa não vai mais ter desejos carnais, como os desejos homossexuais. Em vez disso, o texto diz que, se a pessoa sempre estudar a Bíblia e orar a Deus, vai ter a força necessária para resistir a esses desejos.

David, citado no início, está conseguindo fazer isso — principalmente depois que conversou com seus pais cristãos sobre seu problema. Depois de conversar com seus pais, ele disse: “Foi como se eu tirasse um peso enorme das minhas costas. Eu provavelmente teria sido bem mais feliz na adolescência se tivesse conversado com eles antes.”

A verdade é que nós vamos ser muito mais felizes se vivermos de acordo com a vontade de Jeová. Temos certeza de que “as ordens de Jeová são justas, fazem o coração se alegrar” e que vamos ser muito recompensados se obedecermos a Jeová. — Salmo 19:8, 11.