Pular para conteúdo

OS JOVENS PERGUNTAM

Como eu faço para ter mais privacidade?

 “Por que meus pais se metem na minha vida?”

Seus pais dizem que só estão preocupados com você. Mas você acha que eles estão invadindo a sua privacidade. Veja alguns exemplos disso:

  • Uma adolescente chamada Erin disse: “Às vezes meu pai pega meu celular, me obriga a dizer minha senha e olha todas as minhas mensagens. Se eu fico irritada quando ele faz alguma pergunta, ele já acha que eu tô escondendo alguma coisa.”

  • Denise, que tem 20 e poucos anos, lembra que sua mãe ficava analisando a conta de telefone dela. Denise disse: “Ela olhava cada número, daí me perguntava de quem era o número e sobre o que eu tinha falado com a pessoa.”

  • Kayla, de 17 anos, disse que certa vez a mãe dela leu seu diário. Ela disse: “Eu escrevia tudo o que eu sentia naquele diário — tinha coisas até sobre a minha mãe! Depois disso, eu nunca mais escrevi num diário.”

Conclusão: Seus pais têm a responsabilidade de cuidar de você, e você não pode controlar como eles vão fazer isso — se vão ser restritivos demais ou não. Será que às vezes parece que eles exageram? Talvez sim. Mas a boa notícia é que você pode fazer algumas coisas para diminuir a impressão de que eles estão se metendo na sua vida.

 O que você pode fazer

Seja sincero com seus pais. A Bíblia diz que a gente deve ser honesto em tudo. (Hebreus 13:18) Se esforce pra ser assim com seus pais. Se você se abrir com eles e sempre for sincero, maior vai ser a chance de eles te darem mais privacidade.

Pense um pouco: Será que seus pais diriam que você é confiável? Você respeita o horário de chegar em casa ou não tá nem aí e chega na hora que quer? Você esconde quem são seus amigos? Você fica enrolando seus pais quando eles perguntam o que você fez durante o dia?

“Lá em casa, eu resolvi contar tudo que acontece na minha vida pros meus pais. Por eu fazer isso, eles acabam confiando mais em mim e me dando mais privacidade.” — Delia.

Tenha paciência. A Bíblia diz: “Persistam em pôr à prova o que vocês mesmos são.” (2 Coríntios 13:5) Leva tempo pra provar que somos confiáveis. Mas o esforço vale a pena.

Pense um pouco: Seus pais já tiveram a sua idade. Como você acha que isso afeta a preocupação que eles têm com você?

“Eu acho que os pais lembram dos erros que cometeram e não querem que os filhos caiam nos mesmos erros.” — Daniel.

Coloque-se no lugar dos seus pais. Tente ver as coisas como seus pais veem. A Bíblia diz que uma boa esposa “vigia as atividades da sua casa” e que um bom pai educa seus filhos “na disciplina e na orientação de Jeová”. (Provérbios 31:27; Efésios 6:4, nota) Para cumprirem essa responsabilidade, não tem outro jeito: seus pais precisam saber o que acontece na sua vida.

Pense um pouco: Imagine que você fosse pai ou mãe. Sabendo como os adolescentes são, você deixaria seu filho ou sua filha ter total privacidade, sem nenhum limite?

“Quando a gente é adolescente, parece que nossos pais estão sempre invadindo a nossa privacidade. Mas, agora que sou adulto, eu entendo por que eles se preocupam tanto — é porque eles nos amam.” — James.