Pular para conteúdo

Pular para sumário

 MATÉRIA DE CAPA | COMO LIDAR COM A ANSIEDADE

Ansiedade por causa de problemas familiares

Ansiedade por causa de problemas familiares

“Logo depois que meu pai faleceu, meu marido me contou que estava saindo com outra mulher”, conta Janet. “Daí, sem falar mais nada nem se despedir, ele esvaziou seu armário e me deixou sozinha com nossos dois filhos.” Janet encontrou um emprego, mas não ganhava o bastante para pagar o financiamento da casa. No entanto, ela não enfrentou apenas preocupações financeiras. “Agora eu tinha de cuidar sozinha de novas responsabilidades e isso parecia demais para mim”, lembra-se ela. “Eu me sentia culpada por não poder dar a meus filhos tudo o que os outros pais davam. E, mesmo agora, fico preocupada com o que os outros pensam de mim e de meus filhos. Será que eles acham que eu não fiz o máximo para manter meu casamento?”

Janet

A oração ajuda Janet a controlar seus sentimentos e a manter sua amizade com Deus. “À noite, quando tudo está muito quieto, minha ansiedade fala mais alto. Para mim, essa é a hora mais difícil. Ler a Bíblia e orar me ajuda a dormir. Uma das minhas passagens bíblicas preferidas é Filipenses 4:6, 7: ‘Não estejais ansiosos de coisa alguma, mas em tudo, por oração e súplica, junto com agradecimento, fazei conhecer as vossas petições a Deus; e a paz de Deus, que excede todo pensamento, guardará os vossos corações e as vossas faculdades mentais.’ Já passei noites inteiras orando e toda vez senti a paz de Jeová me acalmar.”

As consoladoras palavras de Jesus sobre a oração, em seu Sermão do Monte, se aplicam a todos os tipos de ansiedade: “Deus, vosso Pai, sabe de que coisas necessitais antes de lhe pedirdes.” (Mateus 6:8) Mesmo assim, precisamos pedir. A oração é o meio principal  de ‘nos chegar a Deus’. Qual será o resultado? ‘Ele se chegará a nós.’ — Tiago 4:8.

No entanto, a oração é mais do que um meio de desabafar a ansiedade para nos sentir melhor. Jeová, o “Ouvinte de oração”, também age em benefício de quem o busca com fé. (Salmo 65:2) É por isso que Jesus ensinou seus seguidores a ‘sempre orar e nunca desistir’. (Lucas 18:1) Precisamos continuar pedindo a orientação e ajuda de Deus, confiantes de que ele recompensará nossa fé. Não temos motivos para duvidar de sua capacidade ou desejo de agir. Por ‘orar incessantemente’, mostraremos que temos verdadeira fé. — 1 Tessalonicenses 5:17.

O QUE REALMENTE SIGNIFICA TER FÉ

O que está envolvido em ter fé? Fé envolve conhecer a Deus como pessoa. (João 17:3, nota) O primeiro passo para isso é entender os pensamentos de Deus por meio da Bíblia. Dessa forma, aprendemos que ele se importa com cada um de nós e quer nos ajudar. Mas a verdadeira fé envolve mais do que apenas saber algo sobre Deus. Também significa ter uma amizade respeitosa com ele. Assim como acontece com qualquer amigo, não podemos ter uma amizade com Deus da noite para o dia. Nossa fé aumenta à medida que aprendemos mais sobre ele, ‘fazemos sempre as coisas que lhe agradam’ e recebemos sua ajuda. (2 Coríntios 10:15; João 8:29) Esse é o tipo de fé que ajuda Janet a lidar com a ansiedade.

“O que realmente ajudou a fortalecer minha fé foi ver a mão de Jeová em cada passo que eu dava”, diz Janet. “Muitas vezes, passamos por injustiças que pareciam impossíveis de lidar. Em resposta às minhas orações, Jeová provia uma saída que eu jamais teria imaginado. Quando agradeço a ele, me lembro de tudo o que ele tem feito por mim. Ele sempre nos ajudou quando precisávamos, muitas vezes nos socorrendo bem na hora certa. E ele me deu verdadeiros amigos e amigas que são cristãos de verdade. Eles sempre me dão apoio e são bons exemplos para meus filhos. *

“Eu sei por que, em Malaquias 2:16, Jeová diz que ‘odeia o divórcio’. Para o cônjuge inocente, é a pior traição. Já se passaram anos desde que meu marido foi embora, mas às vezes ainda sinto um vazio dentro de mim. Quando isso acontece, tento fazer algo para ajudar outra pessoa, e isso sempre acaba me ajudando também.” Por aplicar o princípio bíblico de não se isolar, Janet consegue controlar sua ansiedade. * — Provérbios 18:1.

Deus é “pai de meninos órfãos de pai e juiz de viúvas”. — Salmo 68:5

“Meu maior consolo”, diz Janet, “é saber que Deus é ‘pai de meninos órfãos de pai e juiz de viúvas’. Jeová nunca vai fazer o que meu marido fez, Ele nunca vai nos abandonar.” (Salmo 68:5) Janet sabe que Deus não nos prova com “coisas más”. Pelo contrário, ele ‘dá sabedoria a todos generosamente’ e “poder além do normal” para nos ajudar a lidar com as ansiedades. — Tiago 1:5, 13; 2 Coríntios 4:7.

Mas e se estivermos ansiosos porque nossa vida está em perigo?

^ parágrafo 10 Para conhecer outras formas de lidar com a ansiedade, veja a série de capa “Como recuperar o controle de sua vida”, da revista Despertai! de julho de 2015, disponível on-line no site www.jw.org.