Pular para conteúdo

Pular para sumário

Alguém ouve nossas orações?

Alguém ouve nossas orações?

 Alguém ouve nossas orações?

“Eu tinha dúvidas sobre a existência de Deus. Mesmo assim, às vezes eu orava. Não sabia se estava sendo ouvida, mas confesso que esperava que alguém lá em cima estivesse me ouvindo. Eu era infeliz e não tinha objetivo na vida. Não queria acreditar em Deus porque achava que só pessoas fracas acreditam nele.” — PATRICIA, * IRLANDA.

VOCÊ já se sentiu como Patricia? Faz orações mesmo sem ter certeza de que Deus existe? Se esse for o seu caso, você não está sozinho. Considere o seguinte:

▪ Uma pesquisa feita com 2.200 britânicos revelou que apenas 22% acreditavam que existe um Deus que criou o mundo e que ouve orações. Ainda assim, 55% oravam pelo menos de vez em quando.

▪ Um estudo realizado com 10 mil pessoas em quatro continentes mostrou que, dos entrevistados que se diziam ateus, quase 30% oravam.

Por que eles têm dúvidas?

Allan, da Inglaterra, diz: “Eu dizia que não acreditava em Deus porque achava que a religião havia sido inventada para controlar as pessoas e para ganhar dinheiro. Além disso, eu pensava que, se Deus existisse, não haveria tanta injustiça. Ainda assim, às vezes eu ia para um lugar tranquilo e falava com ‘alguém’. Eu me perguntava: ‘Como é que viemos parar aqui?’”

Cada pessoa que se sente assim tem seus motivos para duvidar que alguém ouve as orações. Em muitos casos, essas dúvidas podem ser alimentadas por perguntas não respondidas, como as seguintes:

▪ Existe um Criador?

▪ Por que a religião muitas vezes é uma influência para o mal?

▪ Por que Deus permite o sofrimento?

Você se sentiria mais confiante para orar se soubesse a resposta a essas perguntas?

[Nota(s) de rodapé]

^ parágrafo 2 Alguns nomes nesta série de artigos foram mudados.