Pular para conteúdo

Pular para sumário

Achegue-se ao “Ouvinte de oração”

Achegue-se ao “Ouvinte de oração”

 Achegue-se ao “Ouvinte de oração”

MUITOS que afirmam acreditar em Deus não conseguem apresentar uma base sólida para sua fé. Nem conseguem explicar por que a religião muitas vezes faz coisas más ou por que Deus permite o sofrimento. Na melhor das hipóteses, oram a um Deus que não entendem.

No entanto, você pode ir bem além disso e se achegar mais a Deus. Pode aumentar sua fé por adquirir um entendimento sobre ele que leve você a amá-lo e admirá-lo. A fé verdadeira se baseia em evidências. (Hebreus 11:1) Se você aprender a verdade sobre Deus, poderá conhecê-lo e falar com ele como um amigo. Veja o caso de algumas pessoas que oravam mesmo tendo dúvidas quanto à existência de Deus.

Patricia, mencionada no primeiro artigo. “Um dia, eu estava com um grupo de amigos, e eles começaram a falar sobre religião. Eu tinha comentado que havia saído de casa para escapar de uma conversa entre meu pai, que era ateu, e uma Testemunha de Jeová que bateu na nossa porta. Um de meus amigos disse: ‘Quem sabe as Testemunhas de Jeová não estão certas?’

“‘Por que não vamos a uma reunião delas para descobrir?’, disse outro. E foi exatamente isso o que fizemos. Embora estivéssemos meio descrentes, alguns de nós continuamos a ir às reuniões porque as Testemunhas de Jeová nos tratavam muito bem.

“Mas num domingo ouvi algo que mudou minha atitude. O orador explicou por que as pessoas sofrem. Ele mostrou que o ser humano foi criado perfeito e que o pecado e a morte começaram com um só homem e se espalharam por toda a humanidade. Eu nunca tinha parado para pensar nisso. Ele também explicou por que a morte de Jesus foi necessária para devolver à humanidade o que o primeiro homem perdeu. * (Romanos 5:12, 18, 19) De repente, tudo passou a fazer sentido. ‘Existe mesmo um Deus que se importa conosco’, pensei. Continuei a estudar a Bíblia e em pouco tempo, pela primeira vez na vida, senti que podia orar a alguém real.”

Allan, também mencionado no primeiro artigo. “Certo dia, as Testemunhas de Jeová bateram em nossa porta, e minha esposa as convidou a entrar porque estava interessada no que elas diziam sobre viver para sempre na Terra. Não gostei nada disso. Então, chamei minha esposa à cozinha e disse: ‘Não seja ingênua.  Não é possível que você esteja acreditando nessas coisas!’

“‘Ah é? Então vá até lá e prove que elas estão erradas’, respondeu ela.

“É claro que eu não consegui provar nada. Mas elas foram muito gentis e me deram um livro que falava sobre se a vida tinha se originado pela criação ou pela evolução. O livro era tão lógico e bem documentado que eu decidi que precisava aprender mais sobre Deus. Comecei a estudar a Bíblia com as Testemunhas de Jeová e em pouco tempo percebi que o que ela diz é bem diferente de tudo o que eu pensava sobre religião. Ao aprender sobre Jeová, passei a fazer orações mais específicas a ele. Algumas de minhas atitudes não eram muito boas, e orei pedindo ajuda. Tenho certeza de que Jeová respondeu às minhas orações.”

Andrew, que mora na Inglaterra. “Embora eu fosse uma pessoa de opiniões fortes e tivesse muito interesse na ciência, só acreditava na teoria da evolução porque outros diziam que ela era comprovada. Eu me recusava a  acreditar em Deus por causa de todas as coisas ruins que acontecem.

“Mas de vez em quando eu pensava: ‘Se existe mesmo um Deus, eu quero saber qual é o objetivo da vida. Por que há tanto crime e guerra?’ Quando eu passava por dificuldades, às vezes orava pedindo ajuda, mas não sabia com quem estava falando.

“Daí, alguém deu para minha esposa o tratado Pode Este Mundo Sobreviver?, publicado pelas Testemunhas de Jeová. Eu já tinha me feito essa mesma pergunta muitas vezes. O tratado me fez pensar: ‘Será que vale a pena analisar o que a Bíblia diz sobre isso?’ Depois, nas minhas férias, alguém me deu o livro A Bíblia — Palavra de Deus ou de Homem?. Quando vi que a Bíblia se harmoniza com a ciência verdadeira, percebi que precisava aprender mais sobre ela. Então, quando uma Testemunha de Jeová me ofereceu um estudo bíblico, eu aceitei. À medida que fui entendendo o propósito de Jeová, senti que ele era uma pessoa real, alguém com quem eu podia falar abertamente em oração.”

Jan, que foi criada como protestante em Londres. “Ver a hipocrisia religiosa e tanto sofrimento me levou a abandonar a religião. Também larguei a faculdade e comecei a cantar e a tocar violão para ganhar dinheiro. Foi nessa época que conheci Pat. Ele havia sido criado como católico e, assim como eu, tinha perdido a fé.

“Morávamos numa casa abandonada com outras pessoas que haviam largado os estudos. Elas tinham interesse nas religiões orientais, e ficávamos horas, até tarde da noite, conversando sobre o objetivo da vida. Embora eu e Pat não acreditássemos em Deus, achávamos que devia existir alguma ‘força superior’.

“Mais tarde, nos mudamos para o norte da Inglaterra em busca de trabalho como músicos. Ali, nós tivemos um filho. Certa noite, ele ficou doente, e no desespero orei ao Deus em quem eu dizia não acreditar. Pouco depois, eu e Pat tivemos graves problemas em nosso relacionamento. Então, peguei nosso filho e fui embora de casa. Mais uma vez orei pedindo ajuda, para o caso de alguém estar ouvindo. Sem eu saber, Pat fez a mesma coisa.

“Naquele mesmo dia, duas Testemunhas de Jeová visitaram Pat e lhe mostraram alguns conselhos práticos da Bíblia. Pat me ligou perguntando se eu aceitava estudar a Bíblia com as Testemunhas de Jeová junto com ele. Logo aprendemos que, para agradar a Deus, teríamos de legalizar nosso casamento. Isso parecia algo muito difícil porque ainda tínhamos problemas na nossa relação.

“Queríamos saber mais sobre o cumprimento de profecias bíblicas, o motivo de haver sofrimento e o significado do Reino de Deus. Aos poucos, percebemos que Deus realmente se importa conosco, e queríamos obedecer a ele. Assim, nós nos casamos. A sabedoria da Palavra de Deus tem nos ajudado a criar nossos três filhos. Temos certeza de que Jeová ouviu nossas orações.”

Examine as evidências por si mesmo

Assim como milhões de outras pessoas, as mencionadas neste artigo enxergaram além das mentiras da religião falsa e descobriram por que Deus permite o sofrimento. Você percebeu que em todos os casos foi o entendimento exato da Bíblia que as convenceu de que Jeová realmente ouve orações?

Gostaria de examinar as evidências de que Deus existe? As Testemunhas de Jeová terão prazer em ajudar você a aprender a verdade sobre Jeová e a saber como se achegar ao “Ouvinte de oração”. — Salmo 65:2.

[Nota(s) de rodapé]

^ parágrafo 6 Para mais informações sobre o valor resgatador da morte de Jesus, veja o capítulo 5 do livro O Que a Bíblia Realmente Ensina?, publicado pelas Testemunhas de Jeová.

[Destaque na página 10]

“À medida que entendi o propósito de Jeová, senti que ele era uma pessoa real, alguém com quem eu podia falar abertamente em oração”

[Foto na página 9]

A fé verdadeira se baseia em evidências e no desejo de saber a verdade sobre Deus