Pular para conteúdo

Pular para sumário

‘Lembra-te de mim, ó meu Deus, para o bem’

‘Lembra-te de mim, ó meu Deus, para o bem’

 Achegue-se a Deus

‘Lembra-te de mim, ó meu Deus, para o bem’

“EU ACHAVA que Jeová, por saber tudo a meu respeito, nunca poderia me amar ou me aprovar.” Assim escreveu uma cristã fiel que luta contra a baixa autoestima. Já se sentiu atormentado por sentimentos similares, achando que não merece a atenção nem a aprovação de Deus? Em caso afirmativo, as palavras em Neemias 13:31 podem animar você.

Neemias, governador dos judeus no quinto século AEC, fez seu melhor para agradar a Deus. Ele liderou a reconstrução das muralhas de Jerusalém apesar da oposição de inimigos. Fez vigorar a Lei de Deus, cuidou dos oprimidos e se esforçou em edificar a fé de seus compatriotas israelitas. Será que Deus viu as boas coisas que esse homem fiel realizou? Será que ele tinha a aprovação de Deus? As palavras finais do livro que leva o seu nome vão nos ajudar a descobrir as respostas.

Neemias orou: “Lembra-te deveras de mim, ó meu Deus, para o bem.” * Será que ele estava com medo de que as suas boas obras passassem despercebidas a Deus ou que Deus se esquecesse dele? Não. Sem dúvida, Neemias sabia o que outros escritores bíblicos haviam dito sobre o profundo interesse de Jeová em seus adoradores fiéis e em suas boas ações. (Êxodo 32:32, 33; Salmo 56:8) Então, o que ele estava pedindo a Deus? Uma obra de referência observa que o termo hebraico traduzido “lembra-te” indica “a afeição mental e a ação que acompanha a lembrança”. Com plena fé no poder da oração, Neemias estava pedindo a Deus que se lembrasse dele com afeição e que o abençoasse. — Neemias 2:4.

Será que Jeová respondeu à oração de Neemias pedindo para ser lembrado? De certa forma sim. Só o fato de Jeová ter achado apropriado registrar permanentemente a oração de Neemias, tornando-a parte das Escrituras, prova que ele se lembrou de Neemias com afeição. Mas o “Ouvinte de oração” fará ainda mais para atender o pedido sincero de Neemias. — Salmo 65:2.

Deus também vai recompensar Neemias por tudo o que ele fez de bom a favor da adoração pura. (Hebreus 11:6) No vindouro novo mundo justo que Jeová prometeu, ele abençoará Neemias por ressuscitá-lo dos mortos. * (2 Pedro 3:13; Revelação [Apocalipse] 21:3, 4) Ali, tendo a perspectiva de viver para sempre num paraíso na Terra, Neemias verá que Jeová realmente se lembrou dele para o bem.

A oração de Neemias confirma a veracidade das palavras do Rei Davi: ‘Tu mesmo abençoarás ao justo, ó Jeová; tu o cercarás de aprovação como que com um escudo grande.’ (Salmo 5:12) De fato, Deus observa nossos esforços sinceros de agradá-lo e dá valor a eles. Se fizer o seu melhor para servi-lo, poderá ter certeza de que ele se lembrará de você com afeição e o abençoará ricamente.

Sugestão de leitura da Bíblia para fevereiro:

Neemias 1-13

[Nota(s) de rodapé]

^ parágrafo 5 Esta é a última das quatro ocorrências nesse livro bíblico em que Neemias orou a Deus pedindo que seus atos fiéis fossem recompensados. — Neemias 5:19; 13:14, 22, 31.

^ parágrafo 7 Para obter mais informações sobre o propósito de Deus para os humanos fiéis na Terra, veja os capítulos 3 e 7 do livro O Que a Bíblia Realmente Ensina?, publicado pelas Testemunhas de Jeová.