Pular para conteúdo

Pular para sumário

Sobre a adoração verdadeira

Sobre a adoração verdadeira

 O Que Aprendemos de Jesus

Sobre a adoração verdadeira

Será que Deus aprova todas as formas de adoração?

▪ Jesus sentia pena das pessoas que eram enganadas pela religião falsa. Ele alertou contra “falsos profetas que se chegam . . . em pele de ovelha, mas que por dentro são lobos vorazes”. (Mateus 7:15) Já notou que há pessoas que usam a religião com más intenções?

Ao orar a Deus, Jesus disse: “A tua palavra é a verdade.” (João 17:17) Assim, Deus desaprova qualquer tipo de adoração que contradiz a verdade da Bíblia. Por isso, Jesus aplicou as seguintes palavras de Deus a alguns religiosos hipócritas: “É em vão que persistem em adorar-me, porque ensinam por doutrinas os mandados de homens.” — Mateus 15:9.

Existe uma religião verdadeira?

▪ Quando Jesus encontrou uma mulher em Samaria que tinha sido enganada pela religião falsa, ele disse: “Adorais o que não conheceis . . . Os verdadeiros adoradores adorarão o Pai com espírito e verdade, pois, deveras, o Pai está procurando a tais para o adorarem.” (João 4:22, 23) Fica claro que é possível achar a verdadeira forma de adoração.

Jesus disse: “Não faço nada de minha própria iniciativa; mas assim como o Pai me ensinou, estas coisas eu falo.” Por isso Jesus sabia que a religião que ele ensinava era a única verdadeira. (João 8:28) Sendo assim, ele disse: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim.” (João 14:6) Visto que os adoradores verdadeiros estão unidos na forma como se aproximam do Pai, com certeza estão unidos numa só religião verdadeira.

 Como você pode identificar os adoradores verdadeiros?

▪ Um cristão é alguém que segue a Jesus Cristo. Considere quatro maneiras de imitar o exemplo de Jesus que identificam claramente seus seguidores.

1. Jesus Cristo disse em oração a Jeová: “Tenho dado a conhecer o teu nome.” (João 17:26) Os cristãos verdadeiros fazem o mesmo.

2. Jesus pregou sobre o Reino de Jeová e enviou seus discípulos de casa em casa para fazer a mesma coisa. Ele disse: “Em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, procurai nela quem é merecedor.” Mais tarde, ele disse a seus seguidores: “Ide, portanto, e fazei discípulos de pessoas de todas as nações.” (Mateus 10:7, 11; 28:19) Você pode facilmente identificar os verdadeiros cristãos hoje pois continuam a fazer essa mesma obra.

3. Jesus se recusou a tomar partido em questões políticas. Por isso, disse a respeito de seus seguidores: “Não fazem parte do mundo, assim como eu não faço parte do mundo.” (João 17:14) Os adoradores verdadeiros devem ser bem conhecidos por sua neutralidade política.

4. O amor que Jesus sentia pelas pessoas era um amor abnegado. Ele disse: “Por meio disso saberão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor entre vós.” (João 13:35) Os verdadeiros cristãos se preocupam uns com os outros e não participam nas guerras.

Como a adoração verdadeira pode beneficiá-lo?

▪ Para praticar a adoração verdadeira, primeiro você precisa conhecer bem a Jeová. O conhecimento de Deus permitirá que você siga o melhor modo de vida e fará com que sinta um grande amor por Deus. Jeová prometeu vida infindável aos que o amam. Jesus disse: “Isto significa vida eterna, que absorvam conhecimento de ti, o único Deus verdadeiro.” — João 17:3.

Para mais informações, veja o capítulo 15 deste livro, publicado pelas Testemunhas de Jeová.

[Foto na página 16]

“Vigiai-vos dos falsos profetas que se chegam a vós em pele de ovelha, mas que por dentro são lobos vorazes.” — Mateus 7:15