Pular para conteúdo

Pular para sumário

Deus sente arrependimento?

Deus sente arrependimento?

 Achegue-se a Deus

Deus sente arrependimento?

JUÍZES 2:11-18

COMO humanos imperfeitos, às vezes nos arrependemos de coisas que fazemos. Por exemplo, podemos lamentar um erro que cometemos. É interessante que a Bíblia diz que Jeová deplora, ou lamenta. ‘Mas Deus é perfeito’, você talvez diga. ‘Ele não comete erros!’ Então, em que sentido Deus lamenta alguma coisa? A resposta pode nos ajudar a entender algo maravilhoso: Jeová tem sentimentos, e nossas ações podem afetar os sentimentos dele. Veja as palavras registradas em Juízes 2:11-18.

O livro bíblico de Juízes fala sobre um período turbulento na história de Israel. A nação estava estabelecida em Canaã, a terra que Deus havia prometido a Abraão. Durante os vários séculos seguintes, a conduta de Israel pode ser resumida num ciclo repetitivo de quatro fases: rebelião, opressão, súplica e livramento. *

Rebelião. Influenciados pelos cananeus, os israelitas “abandonaram a Jeová” e começaram a seguir outros deuses. Eles “passaram a servir a Baal e às imagens de Astorete”. * Essa rebelião nada mais era do que apostasia. Não é de admirar que os israelitas tenham ‘ofendido a Jeová’, o Deus que os tinha libertado do Egito. — Versículos 11-13; Juízes 2:1.

Opressão. Levado a sentir ira justa, Jeová tirava a proteção do povo, que havia voltado as costas para ele. Então, os israelitas caíam “à mão dos seus inimigos”, que invadiam e saqueavam a terra. — Versículo 14.

Súplica. No meio de tanta aflição, os israelitas lamentavam seu proceder e imploravam a ajuda de Deus. Essa súplica talvez fique evidente na expressão “gemido por causa dos seus opressores”. (Versículo 18) Suplicar a Deus fazia parte do ciclo repetitivo. (Juízes 3:9, 15; 4:3; 6:6, 7; 10:10) Como Deus reagia?

Livramento. Jeová ouvia e “deplorava” os gemidos de Israel. A palavra hebraica traduzida por “deplorava” pode significar “alguém mudar de ideia ou intenção”. Uma obra de referência diz: “Jeová, movido por seus gemidos, mudava sua intenção de punir para uma intenção de livrar.” Misericordiosamente, Jeová ‘suscitava juízes’ para livrar o povo de seus inimigos. — Versículo 18.

Notou o que levou Deus a deplorar, ou seja, a mudar de ideia? Foi a mudança de atitude do seu povo. É como um pai amoroso que disciplina seu filho por ter feito algo errado, talvez proibindo-o de fazer uma coisa que ele gosta. Ao ver que o filho está realmente arrependido, o pai decide pôr fim ao castigo.

O que esse relato nos ensina sobre Jeová? Ao passo que o pecado deliberado provoca sua ira, corações arrependidos o movem a mostrar misericórdia. Saber que nossas ações afetam os sentimentos de Deus dá o que pensar. O que acha de aprender como você pode ‘alegrar o coração’ de Jeová? (Provérbios 27:11) Você nunca se arrependerá disso.

[Nota(s) de rodapé]

^ parágrafo 5 Juízes 2:11-18 faz parte de um resumo introdutório que dá uma visão geral do padrão de conduta de Israel, que é registrado em detalhes nos capítulos seguintes.

^ parágrafo 6 Baal era o deus mais importante dos cananeus, e Astorete era uma deusa considerada esposa de Baal.