Pular para conteúdo

Pular para sumário

Qual o papel das mulheres no propósito de Jeová?

Qual o papel das mulheres no propósito de Jeová?

“As mulheres que anunciam boas novas são um grande exército.” — SAL. 68:11.

1, 2. (a) Que coisas maravilhosas Adão recebeu de Deus? (b) Por que Deus deu uma esposa a Adão? (Veja a gravura no início do artigo.)

JEOVÁ criou a Terra com um objetivo. Ele “a formou . . . para ser habitada”. (Isa. 45:18) Adão, sua primeira criação humana, era perfeito, e Deus lhe deu um belo lar — o jardim do Éden. Imagine como Adão devia gostar das árvores majestosas, dos riachos de águas tranquilas e dos animais brincalhões que havia ali! Mas faltava algo muito importante. Jeová indicou o que era ao dizer: “Não é bom que o homem continue só. Vou fazer-lhe uma ajudadora como complemento dele.” Então Deus fez Adão cair num sono profundo, lhe tirou uma costela e dela “passou a construir uma mulher”. Como Adão deve ter ficado feliz quando acordou! “Esta, por fim, é osso dos meus ossos e carne da minha carne”, disse ele. “Esta será chamada Mulher, porque do homem foi esta tomada.” — Gên. 2:18-23.

2 Essa dádiva que o homem recebeu de Deus, a mulher, era sem igual, porque ela seria a ajudadora perfeita dele. Ela também teria o privilégio especial de dar à luz filhos. Tanto é assim que “Adão chamou a sua esposa pelo nome de Eva, porque ela havia de tornar-se a mãe de todos os viventes”. (Gên. 3:20; nota) Que dádiva maravilhosa Deus deu àquele primeiro casal humano!  Eles podiam gerar outros humanos perfeitos. Dessa forma, a Terra com o tempo se tornaria um paraíso habitado por pessoas perfeitas que teriam outras criaturas em sujeição. — Gên. 1:27, 28.

3. (a) O que Adão e Eva tinham de fazer para ser abençoados por Deus, mas o que aconteceu? (b) Que perguntas consideraremos?

3 Para receberem as bênçãos que tinham diante de si, Adão e Eva precisariam obedecer a Jeová e reconhecer que Ele tinha o direito de governá-los. (Gên. 2:15-17) Somente assim poderiam cumprir o propósito de Deus para eles. Mas, infelizmente, eles foram influenciados pela “serpente original”, Satanás, e pecaram contra Deus. (Rev. 12:9; Gên. 3:1-6) Como essa rebelião afetou as mulheres? O que foi realizado por mulheres fiéis do passado? Por que as mulheres cristãs da atualidade podem ser descritas como “um grande exército”? — Sal. 68:11.

RESULTADOS DA REBELIÃO

4. Quem foi responsabilizado pelo pecado do primeiro casal humano?

4 Quando foi chamado para explicar sua rebeldia, Adão deu esta desculpa incoerente: “A mulher que me deste para estar comigo, ela me deu do fruto da árvore e por isso comi.” (Gên. 3:12) Além de não assumir a responsabilidade pelo seu pecado, Adão tentou colocar a culpa na mulher — bem como Naquele que amorosamente havia lhe dado aquela dádiva. Tanto Adão como Eva pecaram, mas Adão foi responsabilizado pelo que fizeram. Por isso, o apóstolo Paulo escreveu que “por intermédio de um só homem [Adão] entrou o pecado no mundo, e a morte por intermédio do pecado”. — Rom. 5:12.

5. O fato de Deus permitir por um tempo um governo independente tem provado o quê?

5 O primeiro casal humano foi levado a achar que não precisava de Jeová como seu Governante. Isso levantou uma questão de máxima importância: quem tem o direito de governar, ou seja, de exercer soberania? Para dar uma resposta definitiva, Deus permitiu que, por um tempo, a humanidade governasse a si mesma de modo independente. Deus sabia que isso provaria que qualquer governo independente dele fracassaria. Ao longo dos séculos, essa forma de governo tem lançado a sociedade humana numa calamidade após outra. Só nos últimos cem anos, cerca de 100 milhões de pessoas morreram em guerras, incluindo milhões de inocentes: homens, mulheres e crianças. Assim, não faltam provas de que “não é do homem que anda o dirigir o seu passo”. (Jer. 10:23) Reconhecendo isso, aceitamos Jeová como nosso Governante. — Leia Provérbios 3:5, 6.

6. Em muitos países, como mulheres e meninas são tratadas?

6 Homens e mulheres têm sido maltratados neste mundo sob o poder de Satanás. (Ecl. 8:9; 1 João 5:19) Algumas das piores atrocidades envolvem maus-tratos contra mulheres. No mundo todo, cerca de 30% das mulheres dizem ter sido agredidas ou abusadas por seu parceiro. No caso de crianças, em algumas sociedades, os meninos são favorecidos porque se acredita que, quando crescerem, perpetuarão o nome da família e cuidarão de seus pais e avós idosos. Em alguns países, as meninas são consideradas indesejadas, e abortam-se muito mais bebês meninas do que bebês meninos.

7. Que começo Deus deu tanto para os homens como para as mulheres?

7 Os maus-tratos contra as mulheres com certeza não agradam a Deus. Ele trata as mulheres com justiça e as respeita. A consideração de Jeová pelas mulheres fica evidente no fato de Eva ter sido criada perfeita e com características que faziam dela não  uma escrava, mas um complemento maravilhoso de Adão. Esse é um motivo pelo qual Deus, no fim do sexto dia criativo, “viu tudo o que tinha feito, e eis que era muito bom”. (Gên. 1:31) Sem dúvida, “tudo” que Jeová fez era “muito bom”. Ele deu um excelente começo tanto para os homens como para as mulheres.

MULHERES QUE TINHAM O APOIO DE JEOVÁ

8. (a) Descreva o comportamento das pessoas em geral. (b) Em toda a história humana, a quem Deus tem mostrado favor?

8 O comportamento de homens e mulheres em geral se deteriorou depois da rebelião no Éden e, ao longo dos últimos cem anos, piorou como nunca antes. A Bíblia predisse que a maioria das pessoas teria uma conduta ruim “nos últimos dias”. As práticas erradas se tornaram tão comuns que não há dúvida de que estamos vivendo em “tempos críticos”. (2 Tim. 3:1-5) Mas, em toda a história da humanidade, o “Soberano Senhor Jeová” tem mostrado favor a homens e mulheres que confiam nele, obedecem às Suas leis e o aceitam como seu governante. — Leia Salmo 71:5.

9. Quantas pessoas sobreviveram ao Dilúvio, e por quê?

9 Nos dias de Noé, quando Deus usou o Dilúvio para destruir aquele mundo violento, bem poucos humanos sobreviveram. Se os irmãos e as irmãs de Noé ainda estavam vivos naquela época, isso significa que eles também morreram no Dilúvio. (Gên. 5:30) Dentre os poucos que sobreviveram, o número de mulheres foi o mesmo que o de homens. Os sobreviventes foram Noé, sua esposa, seus três filhos e as esposas deles. Eles foram salvos porque temiam a Deus e faziam a Sua vontade. Os bilhões de humanos na Terra hoje são descendentes daquelas oito pessoas que tinham o apoio de Jeová. — Gên. 7:7; 1 Ped. 3:20.

10. Por que as esposas de patriarcas fiéis tinham o apoio de Jeová?

10 Anos mais tarde, as esposas de patriarcas fiéis também tinham o apoio de Deus. Isso não teria acontecido se elas tivessem sido ‘queixosas de sua sorte na vida’. (Judas 16) É difícil imaginar Sara, a respeitosa esposa de Abraão, com uma atitude ‘queixosa’ quando eles deixaram os confortos de Ur e se tornaram residentes temporários vivendo em tendas em outro país. Em vez disso, “Sara costumava obedecer a Abraão, chamando-o de ‘senhor’”. (1 Ped. 3:6) Pense também em Rebeca, que era uma bênção da parte de Jeová e se tornou uma excelente esposa. Não é de surpreender que seu marido, Isaque, tenha ‘se enamorado dela e encontrado consolo depois da perda de sua mãe’. (Gên. 24:67) E como é bom ter hoje em nosso meio mulheres fiéis que são como Sara e Rebeca!

11. Como duas parteiras hebreias mostraram coragem?

11 Durante os anos em que foram escravos no Egito, os israelitas aumentaram bastante em número, e Faraó decretou que todos os meninos hebreus fossem mortos no momento em que nascessem. Mas pense nas parteiras hebreias Sifrá e Puá, que provavelmente eram as responsáveis pelas outras parteiras. De modo corajoso, elas se recusaram a matar os bebês porque tinham temor reverente de Jeová. Ele, por sua vez, as recompensou com suas próprias famílias. — Êxo. 1:15-21.

12. O que é notável sobre Débora e Jael?

12 Nos dias dos juízes de Israel, uma mulher que teve o apoio de Deus foi a profetisa Débora. Ela fortaleceu o Juiz Baraque e desempenhou um papel importante em ajudar os israelitas a se libertar da opressão. Mas ela predisse que a glória pela vitória sobre os cananeus não seria de Baraque. Em vez disso, seria “à mão de uma mulher” que  Deus entregaria Sísera, chefe do exército cananeu. Foi isso que aconteceu quando Jael, uma mulher não israelita, o matou. — Juí. 4:4-9, 17-22.

13. O que a Bíblia nos diz sobre Abigail?

13 Abigail foi uma mulher notável que viveu no século 11 AEC. Ela tinha discernimento, ao passo que seu marido, Nabal, era duro, imprestável e insensato. (1 Sam. 25:2, 3, 25) Davi e seus homens protegeram os bens de Nabal por um tempo, mas, quando lhe pediram provisões, Nabal os insultou e não lhes deu nada. Davi ficou tão furioso que quis matar Nabal e seus homens. Quando ficou sabendo disso, Abigail levou alimento e bebida para Davi e seus homens, evitando assim uma matança. (1 Sam. 25:8-18) Então, Davi disse a ela: “Bendito seja Jeová, o Deus de Israel, que te enviou neste dia ao meu encontro!” (1 Sam. 25:32) Após a morte de Nabal, Davi se casou com Abigail. — 1 Sam. 25:37-42.

14. As filhas de Salum fizeram que tipo de trabalho, e como mulheres cristãs hoje estão fazendo algo similar?

14 Muitos homens, mulheres e crianças morreram quando as forças babilônicas destruíram Jerusalém e seu templo em 607 AEC. As muralhas da cidade foram reconstruídas em 455 AEC sob a supervisão de Neemias. Dentre os que ajudaram na reconstrução estavam as filhas de Salum, que era “príncipe de metade do distrito de Jerusalém”. (Nee. 3:12) Elas realizaram de bom grado trabalho humilde. Como valorizamos hoje as muitas mulheres cristãs que com alegria apoiam construções teocráticas de várias maneiras!

MULHERES FIÉIS DO PRIMEIRO SÉCULO

15. Que privilégio Deus deu a uma mulher chamada Maria?

15 No primeiro século EC, Jeová abençoou várias mulheres com excelentes privilégios. Dentre elas estava uma virgem chamada Maria. Pouco antes do início do primeiro século, enquanto era noiva de José, ela ficou grávida de modo milagroso pela atuação do espírito santo. Por que Deus a escolheu para ser a mãe de Jesus? Sem dúvida porque ela tinha as qualidades espirituais necessárias para criar seu filho perfeito até a vida adulta. De fato, foi um grande privilégio ser mãe do maior homem que já viveu na Terra! — Mat. 1:18-25.

16. Cite um exemplo que mostra a atitude de Jesus em relação às mulheres.

16 Jesus tratava muito bem as mulheres. Por exemplo, considere o caso de uma mulher que tinha um fluxo de sangue por 12 anos. Vindo por trás de Jesus, ela se aproximou dele no meio de uma multidão e tocou em sua roupa. Em vez de repreendê-la, Jesus disse com tato: “Filha, a tua fé te fez ficar boa. Vai em paz e fica curada da tua doença penosa.” — Mar. 5:25-34.

17. Que milagre ocorreu no Pentecostes de 33 EC?

17 Dentre os discípulos de Jesus, havia algumas mulheres que ministravam a ele e seus apóstolos. (Luc. 8:1-3) E, no Pentecostes de 33 EC, cerca de 120 homens e mulheres receberam o espírito de Deus de uma forma especial. (Leia Atos 2:1-4.) Esse derramamento do espírito santo havia sido predito nas seguintes palavras de Jeová: “Derramarei meu espírito sobre toda sorte de carne, e vossos filhos e vossas filhas certamente profetizarão. . . . E até mesmo sobre os servos e sobre as servas derramarei . . . meu espírito.” (Joel 2:28, 29) Por meio desse milagre no dia de Pentecostes, Deus mostrou que sua bênção não estava mais sobre a apóstata nação de Israel, mas sobre “o Israel de Deus”, composto tanto por homens como por mulheres. (Gál. 3:28; 6:15, 16) Dentre as mulheres cristãs que pregavam no primeiro século estavam as quatro filhas de Filipe, o evangelizador. — Atos 21:8, 9.

 “UM GRANDE EXÉRCITO” DE MULHERES

18, 19. (a) Que privilégio Deus deu a homens e mulheres? (b) Como o salmista se refere a mulheres que declaram as boas novas?

18 Na década de 1870, alguns homens e mulheres mostraram interesse sincero na adoração verdadeira. Eles foram os precursores dos que hoje têm uma participação no cumprimento das palavras proféticas de Jesus: “Estas boas novas do reino serão pregadas em toda a terra habitada, em testemunho a todas as nações; e então virá o fim.” — Mat. 24:14.

19 O pequeno grupo de Estudantes da Bíblia aumentou para cerca de 8 milhões de Testemunhas de Jeová hoje. Além disso, em 2013, mais de 11 milhões de pessoas mostraram interesse na Bíblia e em nossa obra por assistir à Celebração anual da morte de Jesus. Na maioria dos países, grande parte dos presentes são mulheres. As mulheres também são a maioria dos mais de 1 milhão de proclamadores do Reino de tempo integral no mundo todo. Deus realmente tem concedido a mulheres fiéis o privilégio de participar no cumprimento das palavras do salmista: “O próprio Jeová dá a declaração; as mulheres que anunciam boas novas são um grande exército.” — Sal. 68:11.

As mulheres que declaram as boas novas realmente são “um grande exército” (Veja os parágrafos 18 e 19.)

GRANDIOSAS BÊNÇÃOS AGUARDAM MULHERES FIÉIS

20. Que projetos de estudo merecem nossa consideração?

20 Falta espaço neste artigo para estudarmos sobre as muitas mulheres fiéis mencionadas na Bíblia. Mas todos nós podemos ler sobre elas na Palavra de Deus e em nossas publicações. Por exemplo, podemos meditar na lealdade de Rute. (Rute 1:16, 17) Ler o livro bíblico que leva o nome da Rainha Ester e artigos sobre ela com certeza fortalecerá nossa fé. Podemos tirar proveito de projetos de estudo como esse, que podem ser programados para Noites de Adoração em Família. Caso moremos sozinhos, podemos fazer isso como parte de nosso estudo pessoal.

21. Como mulheres fiéis mostraram e ainda mostram sua devoção a Jeová em épocas difíceis?

21 Jeová sem dúvida abençoa a pregação de mulheres cristãs e as apoia em épocas de dificuldade. Com sua ajuda, por exemplo, mulheres fiéis mantiveram sua integridade sob os domínios nazista e comunista, quando muitas delas sofreram maus-tratos e algumas até perderam a vida por causa de sua obediência a Deus. (Atos 5:29) Hoje, como no passado, nossas irmãs e o restante de nossa fraternidade defendem a soberania de Deus. Assim como no caso dos israelitas, é como se Jeová segurasse a mão direita deles e dissesse: ‘Não tenham medo. Eu mesmo os ajudarei.’ — Isa. 41:10-13.

22. Que privilégios podemos aguardar com expectativa?

22 No futuro próximo, homens e mulheres fiéis transformarão a Terra num paraíso e ajudarão milhões de ressuscitados a aprender sobre os propósitos de Jeová. Até lá, quer sejamos homens, quer mulheres, que todos valorizemos o privilégio de servir a Deus “ombro a ombro”. — Sof. 3:9.