Pular para conteúdo

Pular para sumário

Será que Deus é o culpado por nosso sofrimento?

Será que Deus é o culpado por nosso sofrimento?

LUZIA TEM DIFICULDADES PARA ANDAR. Quando era criança, ela teve poliomielite, uma doença muito contagiosa que ataca o sistema nervoso. A doença afetou sua perna esquerda e ela passou a mancar. Quando Luzia tinha 16 anos, a mulher para quem ela trabalhava disse: “Deus te castigou com paralisia porque você foi desobediente e má com sua mãe.” Anos depois, Luzia ainda lembra de como se sentiu arrasada ao ouvir isso.

QUANDO DAMARIS DESCOBRIU QUE TINHA CÂNCER NO CÉREBRO, o pai dela disse: “O que você fez? Você deve ter feito algo muito errado para isso estar acontecendo. Deus deve estar te castigando.” Essas palavras acabaram com Damaris.

Não é de hoje que as pessoas pensam que as doenças são castigos de Deus. O livro Hábitos e Costumes das Terras Bíblicas, em inglês, fala sobre como as pessoas pensavam na época de Cristo. Muitos acreditavam que “as doenças eram consequências de erros cometidos pelo próprio doente ou pelos parentes dele. As pessoas achavam que as doenças eram castigos pelo pecado”. E o livro Medicina Medieval e a Peste, em inglês, diz que centenas de anos depois de Cristo “as pessoas achavam que Deus usava pestes para puni-las por seus pecados”. Então, mais de 600 anos atrás, quando milhões de pessoas em toda a Europa morreram por causa da Peste Negra, será que isso foi um castigo de Deus para os maus? Ou a Peste Negra foi causada apenas por bactérias, como pesquisadores disseram mais tarde? Alguns podem se perguntar: Será que Deus realmente usa doenças para fazer as pessoas pagarem por seus erros? *

PARE E PENSE: Se Deus usasse as doenças e o sofrimento para castigar as pessoas que merecem, será que Jesus teria curado tantos doentes quando esteve na Terra? Não acha que, ao curar as pessoas, Jesus estaria desfazendo os julgamentos justos de Deus? (Mateus 4:23, 24) Mas Jesus nunca agiria desse jeito, ficando contra os julgamentos de Deus. Ele disse: ‘Faço sempre o que agrada a Deus’ e “faço assim como o Pai me ordenou”. — João 8:29; 14:31.

A Bíblia deixa bem claro que Jeová Deus “nunca é injusto”. (Deuteronômio 32:4) Por exemplo, Jeová nunca iria causar um acidente de avião, matando centenas de pessoas inocentes, para punir um passageiro! Alguém que conhecia bem a justiça de Deus era um servo fiel dele, chamado Abraão. Abraão disse que Jeová nunca destruiria “os justos junto com os maus” e que estava “longe” dele agir assim. (Gênesis 18:23, 25) A Bíblia também diz que “Deus jamais faria o que é mau” ou “o que é errado”. — Jó 34:10-12.

O QUE A BÍBLIA ENSINA

Quando sofremos, não devemos achar que Deus está nos castigando por algum erro que cometemos. O próprio Jesus deixou isso bem claro quando ele e seus discípulos viram um homem que tinha nascido cego. “Seus discípulos lhe perguntaram: ‘Rabi, quem pecou, este homem ou os seus pais, para ele ter nascido cego?’ Jesus respondeu: ‘Nem este homem pecou, nem os seus pais, mas é para que se mostrem as obras de Deus no caso dele.’” — João 9:1-3.

Naquela época, muitos achavam que Deus usava doenças e sofrimento para castigar as pessoas. Então, quando Jesus falou que nem o homem nem os pais dele tinham culpa, os discípulos devem ter ficado surpresos. Jesus fez mais do que curar aquele homem cego. Ele mostrou que Deus não castiga as pessoas com doenças e sofrimento. (João 9:6, 7) Para aqueles que estão passando por graves problemas de saúde, é muito consolador saber que Deus não é o culpado pelo sofrimento deles.

Se Deus usasse as doenças e o sofrimento para castigar as pessoas por seus erros, será que Jesus teria curado os doentes quando esteve na Terra?

O que a Bíblia nos garante

  • “Com coisas más, Deus não pode ser provado, nem prova a ninguém.” (TIAGO 1:13) Isso quer dizer que Deus não usa coisas ruins para testar as pessoas. Na verdade, em breve Deus vai acabar com todas as “coisas más” que vêm atormentando a humanidade há centenas de anos. Essas coisas incluem as doenças, o sofrimento e a morte.

  • Jesus Cristo “curou todos os que estavam doentes”. (MATEUS 8:16) Assim, Jesus nos deu uma ideia do que vai fazer pelos doentes na Terra inteira quando ele for o Rei do Reino de Deus.

  • Deus “enxugará dos seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem haverá mais tristeza, nem choro, nem dor. As coisas anteriores já passaram.” — APOCALIPSE 21:3-5.

 DE QUEM É A CULPA?

Então, por que passamos por tanto sofrimento? Faz muito tempo que as pessoas tentam achar a resposta para essa pergunta. Se Deus não é o culpado pelo sofrimento, então quem é? Vamos descobrir as respostas no próximo artigo.

^ parágrafo 4 É verdade que no passado Deus puniu pessoas por pecados específicos algumas vezes. Mas a Bíblia não diz que hoje em dia Jeová está usando doenças ou tragédias para punir as pessoas por seus pecados.