Pular para conteúdo

Pular para sumário

 Os Jovens Perguntam

Por que meus pais não me entendem?

Por que meus pais não me entendem?

IMAGINE ESTA SITUAÇÃO:

É sexta-feira, 6 da tarde, e Edu sai correndo em direção à porta. “Tchau! Até mais”, diz o rapaz de 17 anos para os pais, torcendo para que eles esqueçam de fazer aquela pergunta de sempre.

Mas não adianta. Sua mãe pergunta:

“Que horas você vai voltar, Dudu?”

Edu para e responde gaguejando: “Hum . . . não precisam me esperar, tá?” Ele abre a porta e quase consegue escapar. Mas daí ouve a voz alta de seu pai: “Eduardo! Calma aí!”

Edu para de novo, e seu pai diz com firmeza: “Você conhece a regra: 10 horas em ponto — nem um segundo a mais!”

“Ah! pai”, reclama Edu, “você não faz ideia da vergonha que eu passo quando falo para meus amigos que preciso voltar tão cedo!”

Seu pai repete sem dor no coração: “Dez horas em ponto! Nem um segundo a mais!”

VOCÊ talvez já tenha passado por algo parecido. Pode ter sido por causa da hora de voltar para casa, música, amizades ou roupas. Não importa o motivo, seus pais impuseram as regras e foram eles que deram a última palavra. Por exemplo:

“Depois que se casou com minha mãe, meu padrasto começou a implicar com cada música que eu ouvia. Acabei tendo de jogar fora todos os meus CDs!” — Brandon. *

 “Minha mãe me critica por eu não ter amigos. Mas, quando pergunto se posso sair com alguém, ela não deixa porque não conhece a pessoa. Fico tão confusa!” — Carol.

“Meu pai e minha madrasta só querem que eu use aquelas camisetas enormes! E meu pai insiste que as bermudas têm de ser abaixo do joelho.” — Serena.

O que fazer se você e seus pais não se entendem? Que acha de conversar sobre isso com eles? “Geralmente, meus pais não querem me ouvir”, conta Joana, de 17 anos. Amy, de 15 anos, diz: “Quando acho que meus pais não estão me entendendo, eu apenas fico de boca fechada.”

Mas não desista logo! Talvez seus pais estejam mais dispostos a ouvi-lo do que você imagina!

Pense nisto: até mesmo Deus ouve quando humanos expressam seu ponto de vista. Por exemplo, Jeová ouviu Moisés quando ele falou em nome dos desobedientes israelitas. — Êxodo 32:7-14; Deuteronômio 9:14, 19.

Você talvez logo pense que não dá para comparar seus pais com Deus. E é claro que existe uma grande diferença entre Moisés conversar com Jeová sobre o futuro de uma nação inteira e você negociar com seus pais a hora de voltar para casa. Mas há um ponto em comum:

Se você tiver um ponto válido a dizer, as pessoas em autoridade — neste caso, seus pais — talvez queiram ouvi-lo.

Tudo é questão de como você se expressa! Os passos a seguir o ajudarão a fazer isso da melhor maneira:

  1. Identifique o problema. Escreva o problema sobre o qual você e seus pais discordam.

  2. Identifique o sentimento. A posição de seus pais sobre o problema deixa você se sentindo como? Ofendido,  triste, envergonhado? (Exemplo: na situação descrita no início do artigo, Edu diz que se sente envergonhado por causa do horário que seus pais querem que ele volte para casa.) Escreva abaixo uma palavra que expresse como você sente.

  3. Pense como um pai. Imagine que você tem um filho adolescente que está passando pelo mesmo problema que você identificou no primeiro passo. Qual seria sua maior preocupação, e por quê? (Exemplo: no caso de Edu, seus pais talvez se preocupem com sua segurança.)

  4. Reavalie o assunto. Responda às seguintes perguntas:

    Consegue ver algo positivo no conceito de seus pais?

    O que você pode fazer para não deixá-los preocupados?

  5. Converse com seus pais e pensem juntos em soluções. Se colocar em prática os passos anteriores — bem como as sugestões do quadro “Dicas para conversar” —, você provavelmente perceberá que consegue falar com seus pais de um modo mais adulto. Kellie tem esse tipo de relacionamento com seus pais. “Discutir não leva a nada, e você acaba sempre perdendo”, diz ela. “Meu segredo é conversar com meus pais até resolver a questão. As duas partes quase sempre cedem para que todos fiquem satisfeitos.”

 

^ parágrafo 12 Alguns nomes neste artigo foram mudados.