Pular para conteúdo

Pular para sumário

 Os Jovens Perguntam

Como posso lidar com o estresse na escola?

Como posso lidar com o estresse na escola?

“O estresse na escola não diminui quando você fica mais velho — o que muda são os motivos.” — James, Nova Zelândia. *

“Eu sentia tanta pressão na escola que muitas vezes tinha vontade de chorar e gritar ao mesmo tempo.” — Sharon, Estados Unidos.

TEM a impressão de que seus pais não entendem que você está sob muito estresse na escola? É verdade que eles talvez lhe digam que você não tem dívidas para pagar, uma família para sustentar ou um patrão para agradar. No entanto, você provavelmente acha que, na escola, enfrenta tanta pressão quanto eles — ou até mais.

O trajeto de ida e volta da escola, por si só, pode ser estressante. “Quase sempre acontecia uma briga no ônibus da escola”, diz Tara, que mora nos Estados Unidos. “O motorista parava e todos tínhamos de descer do ônibus. Isso significava um atraso de meia hora ou mais.”

Será que o estresse diminui quando você chega à escola? Dificilmente! Talvez você se identifique com os comentários a seguir.

Estresse causado pelos professores.

“Meus professores querem que eu me sobressaia e tire as melhores notas, e eu me sinto pressionada a agradá-los.” — Sandra, Fiji.

“Os professores pressionam os alunos a ter sucesso acadêmico, principalmente se o aluno tem alguma habilidade. Eles nos inundam de cobranças para que sejamos bem-sucedidos.” — Ana, Estados Unidos.

“Mesmo que você tenha bons alvos na vida, alguns professores fazem você se sentir como lixo se não se empenhar pelos objetivos acadêmicos que eles acham ser os melhores para você.” — Naomi, Estados Unidos.

Como o estresse causado pelos professores afeta você?

․․․․․

  Estresse causado pelos colegas.

“No ensino médio, os jovens têm mais liberdade e são mais rebeldes. Se você não age como eles, então é excluído.” — Kevin, Estados Unidos.

“Todo dia, enfrento a tentação para beber e fazer sexo. Às vezes é difícil resistir ao desejo de fazer essas coisas.” — Aaron, Nova Zelândia.

“Agora que tenho 12 anos, o que me causa mais estresse é a pressão para namorar. Todo mundo na escola me pergunta: ‘Até quando você vai ficar sem namorado?’” — Alexandra, Estados Unidos.

“Eu era pressionada para sair com um garoto. Quando recusei, fui taxada de lésbica. E isso quando eu tinha apenas 10 anos!” — Christina, Austrália.

Como o estresse causado pelos colegas afeta você?

․․․․․

Estresse por causa da reação de seus colegas ao saber das suas crenças religiosas.

“É difícil falar aos colegas de classe sobre suas crenças visto que não se sabe o que eles vão pensar de você depois. Você tem medo de que eles pensem que você é esquisito.” — Carol, Havaí.

“Tanto no ensino fundamental como no médio, os adolescentes se envolvem com drogas, sexo e bebidas alcoólicas. Isso é muito estressante. Você é diferente por ter um modo de vida guiado pela Bíblia, e não quer ser zombado por isso.” — Susan, Estados Unidos.

Como as questões envolvendo suas crenças religiosas afetam você?

․․․․․

Outras causas de estresse.

Marque ou escreva o que mais estressa você.

  • Época de provas

  • Dever de casa

  • Expectativas elevadas dos pais

  • Corresponder às suas próprias expectativas elevadas

  • Intimidações ou assédio sexual

  • Outra․․․․․

Cinco passos para reduzir o estresse

Não é realista pensar que é possível concluir os estudos sem ter de lidar com algum tipo de estresse. Por outro lado, deve-se admitir que estresse em excesso pode ser opressivo. O sábio Rei Salomão escreveu: “A mera opressão pode fazer o sábio agir como doido.” (Eclesiastes 7:7) Mas não é preciso deixar o estresse enlouquecer você. O segredo é aprender a controlá-lo de forma eficaz.

Lidar com o estresse é como levantar pesos. Para ser bem-sucedido, um halterofilista deve se preparar adequadamente. Precisa levantar os pesos da forma correta e evitar exagerar no peso. Se fizer isso, ele fortalecerá os músculos sem prejudicar o corpo. Do contrário, ele pode romper um músculo ou até quebrar um osso.

Da mesma forma, é possível lidar com o estresse e ser bem-sucedido ao realizar algo que você precisa fazer sem causar dano a si próprio. Como? Siga os seguintes passos:

  1. Identifique as causas. “Argucioso é aquele que tem visto a calamidade e passa a esconder-se”, diz um provérbio sábio. (Provérbios 22:3) Mas você não pode ‘se esconder’ do estresse opressivo a menos que primeiro identifique a causa. Sendo assim, leia os comentários que você escreveu neste artigo. Qual daqueles pontos mais estressa você?

  2. Pesquise. Por exemplo, se estiver estressado por causa de uma grande quantidade de dever de casa, pesquise as sugestões  apresentadas no artigo “Os Jovens Perguntam — Como encontrar tempo para fazer o dever de casa?”, na Despertai! de 22 de janeiro de 2004. Caso esteja se sentindo pressionado a se envolver em imoralidade sexual com algum colega de classe, poderá encontrar conselhos úteis no artigo “Os Jovens Perguntam — E se alguém pedir para ‘ficar’ comigo?”, na Despertai! de março de 2007.

  3. Planeje sua resposta. Se o que estressa você é pensar em qual será a reação de seus colegas ao saber das suas crenças religiosas, planeje sua resposta. Não espere alguém perguntar sobre suas crenças para então pensar no que vai dizer ou em como vai reagir. (Provérbios 29:25) “O que me ajudou”, diz Kelsey, de 18 anos, “foi estar preparada antes de surgir essa situação. Eu já havia decidido como explicaria minhas crenças”. Alan, de 18 anos e que mora na Bélgica, fez o mesmo. “Procurei imaginar que perguntas me fariam e daí preparei respostas a essas perguntas”, diz Alan. “Se eu não tivesse feito isso, não teria tido coragem para falar sobre minhas crenças.”

  4. Não adie. Ignorar os problemas não necessariamente vai resolvê-los. Pelo contrário, eles tendem a piorar, aumentando assim seu estresse. Por exemplo, se você é Testemunha de Jeová, identificar-se logo como tal pode protegê-lo. Michele, agora com 20 anos, diz: “Logo no início de cada ano escolar, eu iniciava uma conversa sobre algum assunto que com certeza me daria a oportunidade de explicar minha postura baseada na Bíblia. Descobri que quanto mais eu demorava a me identificar como Testemunha de Jeová, mais difícil ficava fazer isso depois. Foi de muita ajuda deixar clara minha posição e daí viver de acordo com meus princípios no restante do ano.”

  5. Peça ajuda. Mesmo o mais forte dos halterofilistas tem limites. Você também tem. Mas não é preciso carregar esse fardo sozinho. (Gálatas 6:2) Por que não conversa com seus pais ou outros cristãos maduros? Mostre a eles as respostas que você escreveu neste artigo. Converse com eles sobre como podem ajudar você a lidar com algumas dessas pressões. Liz, na Irlanda, contou a seu pai sobre o medo de ser ridicularizada por causa de suas crenças religiosas. Ela diz: “Todo dia, meu pai orava comigo antes de me deixar na escola. Isso me dava uma sensação de segurança.”

Existe estresse bom?

Por incrível que pareça, sentir um pouco de estresse na realidade é algo bom. Por quê? Pode indicar que você é esforçado e que sua consciência não se tornou preguiçosa. Veja como a Bíblia descreve uma pessoa que parecia que nada a estressava: “Preguiçoso, até quando você vai ficar deitado? Quando vai se levantar? Então o preguiçoso diz: ‘Eu vou dormir somente um pouquinho, vou cruzar os braços e descansar mais um pouco.’ Mas, enquanto ele dorme, a pobreza o atacará como um ladrão armado.” — Provérbios 6:9-11, Bíblia na Linguagem de Hoje.

Helen, de 16 anos, resume bem o assunto: “A escola pode parecer um lugar muito ruim, mas as pressões que você enfrenta ali são as mesmas que enfrentará quando começar a trabalhar.” É verdade que não é fácil lidar com o estresse. Mas, se for controlado de forma apropriada, ele não vai prejudicar você. Na realidade, fará de você uma pessoa mais forte.

 

^ parágrafo 3 Alguns nomes neste artigo foram mudados.

PARA VOCÊ PENSAR

  • Que sinais podem indicar que você está estressado?

  • Por que ser perfeccionista só vai aumentar seu estresse?

  • Com quem você pode conversar se estiver se sentindo dominado pelo estresse?