Pular para conteúdo

Pular para sumário

 Motivos para confiar na Bíblia

5. Profecias cumpridas

5. Profecias cumpridas

Pense num meteorologista que tem um longo registro de previsões exatas — sem nunca ter errado. Se ele dissesse que há previsão de chuva, você levaria um guarda-chuva ao sair de casa?

A BÍBLIA está repleta de previsões, ou profecias. * Como comprovado pela história, o registro da Bíblia é impecável. Suas profecias estão sempre certas.

Características distintivas.

As profecias bíblicas são geralmente específicas e se cumprem nos mínimos detalhes. Costumam envolver assuntos de grande importância e predizer o oposto do que as pessoas da época em que foram escritas talvez estivessem esperando.

Um exemplo notável.

Construída estrategicamente nas margens do rio Eufrates, a antiga Babilônia tem sido chamada de “centro político, religioso e cultural do Oriente antigo”. Por volta de 732 AEC, o profeta Isaías escreveu uma profecia funesta: Babilônia cairia. Isaías deu detalhes específicos: ela seria conquistada por um líder chamado “Ciro”, as águas protetoras do Eufrates ‘secariam’ e os portões da cidade ‘não seriam fechados’. (Isaías 44:27-45:3) Uns 200 anos mais tarde, em 5 de outubro de 539 AEC, a profecia se cumpriu em todos os detalhes. O historiador grego Heródoto (quinto século AEC) confirmou o modo em que Babilônia caiu. *

Um detalhe audacioso.

Isaías fez mais uma previsão surpreendente a respeito de Babilônia: “Nunca mais será habitada.” (Isaías 13:19, 20) Não se pode negar que exigiu coragem predizer a desolação permanente de uma cidade enorme situada num lugar estratégico. Se uma cidade assim fosse destruída, seria normal esperar que fosse reconstruída. Embora Babilônia tenha durado ainda algum tempo após sua conquista, as palavras de Isaías por fim se cumpriram. Hoje em dia, o local em que ficava a antiga Babilônia é “plano, quente, desabitado e poeirento”, relata a revista Smithsonian.

Ficamos impressionados ao refletir na magnitude da profecia de Isaías. O que ele predisse equivale a prever o modo exato em que uma cidade moderna, como Nova York ou Londres, seria destruída daqui a 200 anos e depois afirmar enfaticamente que ela nunca mais seria habitada. É claro que o mais notável de tudo isso é que a profecia de Isaías se cumpriu. *

Nesta série de artigos, consideramos algumas evidências que convenceram milhões de pessoas que a Bíblia é confiável. Por isso, essas pessoas recorrem a ela como guia seguro para orientar seus passos. Que tal aprender mais sobre a Bíblia e decidir por si mesmo se pode ou não confiar nela?

^ parágrafo 4 Previsões do tempo são probabilidades. A profecia bíblica é inspirada por Deus, que pode manobrar os eventos caso decida fazer isso.

^ parágrafo 6 Para mais detalhes sobre o cumprimento dessa profecia de Isaías, veja as páginas 27-9 da brochura Um Livro para Todas as Pessoas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.

^ parágrafo 8 Para mais exemplos de profecias bíblicas, bem como fatos históricos que comprovam seu cumprimento, veja as páginas 117-33 do livro A Bíblia — Palavra de Deus ou de Homem?, publicado pelas Testemunhas de Jeová.