Pular para conteúdo

Pular para sumário

Como a tecnologia afeta seus filhos?

Como a tecnologia afeta seus filhos?

As crianças usam a tecnologia com tanta facilidade que é como se elas já tivessem nascido com um tablet ou um celular na mão. Já para muitos adultos, usar a tecnologia não é tão fácil assim.

Por outro lado, alguns observaram que os jovens que passam muito tempo na internet têm a tendência de . . .

  • ficar dependentes dos seus dispositivos eletrônicos.

  • se envolver com cyberbullying, ou bullying virtual.

  • ver pornografia, mesmo que não tenham a intenção de fazer isso.

 O QUE VOCÊ PRECISA SABER?

DEPENDÊNCIA

Algumas atividades na internet podem ser bem viciantes, como por exemplo os jogos online. Isso não é por acaso. Um livro diz: “Os aplicativos de celular foram feitos para nos manter grudados no aparelho. Quanto mais usamos um aplicativo que traz uma propaganda, mais dinheiro ganha quem fez o anúncio.”

PARA VOCÊ PENSAR: Será que seus filhos parecem não conseguir viver sem o celular? Como você pode ajudá-los a usar melhor o tempo? — EFÉSIOS 5:15, 16.

BULLYING VIRTUAL

Quando estão online, algumas pessoas ficam mais agressivas e imorais, e não se importam com os sentimentos dos outros. Tudo isso pode levar ao bullying.

Algumas pessoas agem assim nas redes sociais porque estão desesperadas para receber atenção, para serem populares. Já outras acham que estão sofrendo bullying quando se sentem excluídas. Isso pode acontecer, por exemplo, quando elas descobrem que não foram convidadas para uma festa.

PARA VOCÊ PENSAR: Será que seus filhos são grosseiros na internet? (Efésios 4:31) Como eles se sentem quando acham que foram excluídos?

PORNOGRAFIA

Ver pornografia na internet é muito fácil. É verdade que existem meios de os pais controlarem o que os filhos acessam, mas isso não é cem por cento garantido.

Enviar ou receber imagens sexualmente explícitas por meio do celular, o chamado sexting ou nude, pode ter consequências jurídicas. Em alguns casos, dependendo das leis locais e da idade dos envolvidos, as pessoas que enviam mensagens desse tipo podem ser acusadas de divulgar pornografia infantil.

PARA VOCÊ PENSAR: Como você pode ajudar seus filhos a não cair na armadilha de ver ou enviar imagens sexualmente explícitas? — EFÉSIOS 5:3, 4.

 O QUE VOCÊ PODE FAZER?

TREINE SEUS FILHOS

Embora os jovens tenham muita facilidade para usar a tecnologia, eles ainda precisam de orientações. Certo livro diz que deixar uma criança usar um celular ou a internet sem ensiná-la como fazer isso de modo seguro é “tão perigoso quanto deixá-la se jogar numa piscina sem saber nadar”.

PRINCÍPIO DA BÍBLIA: ‘Eduque o jovem no caminho em que ele deve andar; mesmo quando ele envelhecer, não se desviará dele.’ — PROVÉRBIOS 22:6, NOTA.

Veja as sugestões que você gostaria de colocar em prática, ou escreva as suas próprias ideias.

  • Conversar com meu filho sobre como agir na internet

  • Ajudar meu filho a lidar com os seus sentimentos quando ele se sentir excluído

  • Bloquear sites impróprios

  • Verificar o celular do meu filho de vez em quando

  • Estabelecer um limite diário de tempo para ele usar o celular

  • Não deixar meu filho ter dispositivos eletrônicos no quarto quando for a hora de dormir

  • Proibir o celular durante as refeições