Pular para conteúdo

Pular para sumário

Um mundo sem violência: é possível?

Um mundo sem violência: é possível?

Você ou alguém da sua família já sofreu um ato violento? Tem medo de um dia ser vítima de violência? A violência já foi chamada de “problema crescente de saúde pública no mundo”. Veja alguns exemplos:

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA OU SEXUAL: Um relatório da ONU diz: “Uma em cada três mulheres já foi vítima de violência doméstica ou sexual por parte do seu companheiro em algum momento da vida.” E o pior: “Acredita-se que, em todo o mundo, 1 em cada 5 mulheres será vítima de estupro ou de tentativa de estupro.”

ASSALTOS: De acordo com fontes oficiais, existem mais de 30 mil gangues violentas nos Estados Unidos. Na América Latina, praticamente 1 em cada 3 pessoas já foi vítima de um crime violento.

ASSASSINATOS: Estima-se que quase meio milhão de pessoas foram vítimas de assassinato apenas em 2012. Isso é mais do que o número de pessoas mortas em guerras. As taxas mais altas de assassinatos são da América Central e do sudeste da África, mais de quatro vezes a média mundial. Em um ano, mais de 100 mil pessoas foram assassinadas na América Latina, só no Brasil foram cerca de 50 mil. Será que existe uma solução definitiva para a violência?

É POSSÍVEL ACABAR COM A VIOLÊNCIA?

A violência está generalizada e muitos fatores contribuem para isso. Por exemplo: a desigualdade social e econômica, o abuso de álcool e de drogas e a exposição de crianças ao comportamento violento de adultos. Além disso, existe uma crescente falta de respeito pela vida. Também, muitas vezes criminosos violentos não são punidos.

É verdade que, em algumas partes do mundo, os esforços para diminuir a violência estão dando certo. Em São Paulo, Brasil, as pesquisas revelaram que o número de assassinatos diminuiu cerca de 80 por cento nos últimos dez anos. Mesmo assim, os crimes violentos continuam a assolar essa cidade. A taxa de assassinatos é de cerca de 10 a cada 100 mil habitantes. O que é preciso fazer para acabar de uma vez por todas com a violência?

A raiz do problema está na atitude e no comportamento das pessoas. Para alguém deixar de ser violento, é preciso substituir o orgulho, a ambição e o egoísmo por amor, respeito e preocupação com os outros.

O que pode ajudar uma pessoa a fazer mudanças tão profundas? Veja o que a Bíblia diz:

  • “O amor de Deus significa o seguinte: que obedeçamos aos seus mandamentos.” — 1 João 5:3.

  • “O temor de Jeová significa odiar o mal.” * — Provérbios 8:13.

Quando uma pessoa violenta passa a amar a Deus e a ter medo de desagradá-lo, ela ganha força e determinação  para fazer mudanças na vida. E ela não muda apenas por fora, mas transforma totalmente sua personalidade. Será que isso acontece mesmo?

Veja o caso de Alex, do Brasil. * Ele praticou vários assaltos e passou os últimos 19 anos preso. Em 2000, depois de estudar a Bíblia, ele se tornou Testemunha de Jeová. Será que ele conseguiu mesmo mudar seu comportamento violento? Sim, Alex mudou e se arrepende sinceramente de todas as coisas más que fez. Ele diz: “Passei a amar a Deus quando senti que ele me perdoou de verdade. A gratidão e o amor a Jeová é que me levaram a fazer mudanças tão profundas.”

Por cerca de 15 anos, César, também do Brasil, participava em assalto à mão armada. O que fez com que ele mudasse? Enquanto estava na prisão, ele foi contatado pelas Testemunhas de Jeová e estudou a Bíblia. Ele conta: “Pela primeira vez na vida, eu achei um rumo e um objetivo. Aprendi a amar e temer a Deus. Eu passei a ter medo de voltar a fazer coisas erradas e entristecer a Jeová. Ele foi tão bondoso comigo que eu não queria ser ingrato. Foi o amor e o temor que me motivaram a mudar.”

Descubra o que você precisa fazer para viver em um mundo livre de violência

O que esses exemplos revelam? Que a Bíblia tem o poder de transformar a vida das pessoas, de mudar até o modo como elas pensam. (Efésios 4:23) Alex, já mencionado, diz: “O que aprendi da Bíblia foi como uma água limpa, sendo derramada no meu íntimo, limpando pouco a pouco a minha mente. Eu achava que nunca poderia me livrar de pensamentos e desejos errados.” É um fato: quando enchemos a mente com a mensagem pura da Bíblia, conseguimos acabar com pensamentos maus. A palavra de Deus tem o poder de purificar. (Efésios 5:26) Assim, pessoas más, que só pensam em si mesmas, podem mudar e se tornar pessoas pacíficas, que fazem o bem. (Romanos 12:18) Quando a pessoa aplica o que a Bíblia ensina, ela sente verdadeira paz. — Isaías 48:18.

Mais de oito milhões de Testemunhas de Jeová em 240 terras descobriram o segredo para acabar com a violência. Elas aprenderam a amar e temer a Deus, independentemente de raça, condição social e histórico de vida. Também aprenderam a mostrar amor uns pelos outros e a viver em paz, como uma família mundial. (1 Pedro 4:8) Elas são uma prova viva de que um mundo sem violência não é um sonho.

ESTÁ PRÓXIMO UM MUNDO SEM VIOLÊNCIA!

A Bíblia diz que em breve Deus vai acabar com a violência. O mundo violento de hoje aguarda “o dia do julgamento e da destruição das pessoas ímpias”. (2 Pedro 3:5-7) Não haverá mais pessoas violentas causando sofrimento a outros. Por que podemos ter certeza de que Deus quer fazer alguma coisa para eliminar de vez a violência?

A Bíblia diz que Deus “odeia quem ama a violência”. (Salmo 11:5) Ele ama a paz e a justiça. (Salmo 33:5; 37:28) Por isso, ele não vai tolerar para sempre as pessoas violentas.

Está próximo um mundo de paz, em que a violência será coisa do passado! (Salmo 37:11; 72:14) O que você acha de descobrir o que precisa fazer para viver nesse novo mundo?

^ parágrafo 14 Os nomes foram mudados.