Pular para conteúdo

Pular para sumário

 CAPÍTULO 116

Uma lição de humildade na última Páscoa

Uma lição de humildade na última Páscoa

MATEUS 26:20 MARCOS 14:17 LUCAS 22:14-18 JOÃO 13:1-17

  • JESUS CELEBRA SUA ÚLTIMA PÁSCOA COM OS APÓSTOLOS

  • ELE ENSINA UMA LIÇÃO AO LAVAR OS PÉS DOS APÓSTOLOS

Pedro e João já estão em Jerusalém para fazer os preparativos para a Páscoa, seguindo as instruções de Jesus. Mais tarde, Jesus e os outros dez apóstolos também vão para lá. Ele e seus discípulos descem o monte das Oliveiras com o sol se pondo. Jesus só verá a cidade à luz do dia novamente depois da sua ressurreição.

Em pouco tempo, Jesus e os que o acompanham chegam à cidade e vão para a casa onde terão a refeição da Páscoa. Eles sobem as escadas até a grande sala no andar de cima. Lá encontram tudo preparado para a refeição. Jesus aguarda com expectativa essa ocasião, pois ele diz: “Desejei muito comer esta refeição pascoal com vocês antes de sofrer.” — Lucas 22:15.

Muitos anos antes, teve início o costume de passar alguns cálices de vinho entre os participantes da Páscoa. Agora, depois de receber um dos cálices, Jesus dá graças e diz: “Peguem este cálice e passem-no de um para o outro, pois eu lhes digo: De agora em diante não beberei de novo do produto da videira até que venha o Reino de Deus.” (Lucas 22:17, 18) Isso devia deixar claro que a morte dele está próxima.

Em certo momento durante a refeição pascoal, algo notável acontece. Jesus se levanta, tira sua capa, pega uma toalha e coloca água numa bacia. Normalmente, um anfitrião se certifica de que os pés dos convidados sejam lavados, talvez por um empregado. (Lucas 7:44) Mas nessa ocasião não há nenhum anfitrião presente, então Jesus faz esse serviço. Qualquer um dos apóstolos podia fazer isso, mas nenhum deles faz. Será que é porque ainda existe alguma rivalidade entre eles? Qualquer que seja o caso, eles estão envergonhados por Jesus estar lavando os pés deles.

Quando chega a vez de Pedro, ele protesta: “O senhor nunca lavará os meus pés.” Jesus responde: “Se eu não lavar você, você não tem parte comigo.” Pedro diz animado: “Senhor, então lave não só os meus pés, mas também as minhas mãos e a minha cabeça.” A resposta de Jesus certamente o surpreende: “Quem se banhou está completamente limpo e não precisa lavar nada, só os pés. E vocês estão limpos, mas nem todos.” — João 13:8-10.

Jesus lava os pés dos 12 apóstolos, incluindo os pés de Judas Iscariotes. Depois de colocar novamente sua capa e de se recostar à mesa, Jesus diz: “Vocês entendem o que eu lhes fiz? Vocês me chamam de ‘Instrutor’ e ‘Senhor’, e estão certos, pois eu sou mesmo. Portanto, se eu, o Senhor e Instrutor, lavei os seus pés, vocês também devem lavar os pés uns dos outros. Pois estabeleci o modelo para vocês, a fim de que, assim como eu lhes fiz, vocês também façam. Digo-lhes com toda a certeza: O escravo não é maior do que o seu senhor, nem o enviado é maior do que aquele que o enviou. Se vocês sabem essas coisas, felizes serão se as praticarem.” — João 13:12-17.

Que belo exemplo de humildade! Os seguidores de Jesus não devem buscar o primeiro lugar, achando que são importantes e que devem ser servidos. Antes, devem seguir o exemplo de Jesus, não por realizar um ritual de lavar os pés dos outros, mas por estar dispostos a servir com humildade e sem parcialidade.