Pular para conteúdo

Pular para sumário

 CAPÍTULO 72

Jesus envia 70 discípulos para pregar

Jesus envia 70 discípulos para pregar

LUCAS 10:1-24

  • JESUS ESCOLHE 70 DISCÍPULOS E OS ENVIA PARA PREGAR

É quase o fim de 32 EC, e faz uns três anos que Jesus foi batizado. Ele e seus discípulos estiveram na Festividade das Tendas em Jerusalém há pouco tempo. Pelo visto, ainda estão na região. (Lucas 10:38; João 11:1) Jesus passou a maior parte dos últimos seis meses de seu ministério na Judeia ou no outro lado do rio Jordão, no distrito da Pereia. Ainda é necessário pregar nessas regiões.

Depois da Páscoa de 30 EC, Jesus passou alguns meses pregando na Judeia e viajando por Samaria. Então, perto da Páscoa de 31 EC, os judeus em Jerusalém tentaram matá-lo. Depois, Jesus ensinou principalmente na Galileia, ao norte da Judeia, por um ano e meio. Durante esse período, muitos se tornaram seus seguidores. Na Galileia, ele treinou seus apóstolos e os enviou com a seguinte instrução: “Preguem, dizendo: ‘O Reino dos céus está próximo.’” (Mateus 10:5-7) Agora ele organiza uma campanha de pregação na Judeia.

Para iniciar essa campanha, Jesus escolhe 70 discípulos e os envia de dois em dois. Assim, há 35 pares de pregadores do Reino no território, onde ‘a colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos’. (Lucas 10:2) Eles devem ir aos lugares para onde Jesus talvez viaje mais tarde. Os 70 discípulos devem curar os doentes e divulgar a mesma mensagem que ele está divulgando.

Os discípulos não devem se concentrar em ensinar nas sinagogas. Jesus os instrui a ir às casas das pessoas: “Em qualquer casa onde entrarem, digam primeiro: ‘Haja paz nesta casa.’ E, se ali houver um amigo da paz, a paz de vocês descansará sobre ele.” Qual será a mensagem? Jesus diz: “Digam-lhes: ‘O Reino de Deus está próximo de vocês.’” — Lucas 10:5-9.

Jesus dá aos 70 discípulos instruções parecidas às que deu aos 12 apóstolos quando os enviou cerca de um ano antes. Ele os avisa que nem todos os receberão bem. Mas seus esforços vão preparar pessoas receptivas à mensagem para quando Jesus chegar um pouco depois. Assim, muitas delas estarão ansiosas para conhecer o Senhor e aprender com ele.

Não demorou muito para os 35 pares de pregadores voltarem até Jesus. Eles dizem com muita alegria: “Senhor, até mesmo os demônios nos obedecem pelo uso do seu nome.” Jesus fica muito animado com a boa notícia, pois diz: “Vejo Satanás já caído como relâmpago do céu. Escutem: Eu dei a vocês autoridade para pisar serpentes e escorpiões.” — Lucas 10:17-19.

Assim, Jesus garante aos seus seguidores que vão superar situações difíceis, como que pisando serpentes e escorpiões. E podem estar certos de que no futuro Satanás cairá do céu. Jesus também ajuda os 70 a ver o que é realmente importante a longo prazo: “Não se alegrem porque os espíritos estão sendo sujeitos a vocês, mas alegrem-se porque os nomes de vocês foram escritos nos céus.” — Lucas 10:20.

Ele está muito feliz e louva publicamente seu Pai por usar seus servos humildes de forma tão poderosa. Então diz a seus discípulos: “Felizes são os olhos que veem as coisas que vocês estão vendo. Pois eu lhes digo: Muitos profetas e reis desejaram ver as coisas que vocês estão observando, mas não as viram, e ouvir as coisas que vocês estão ouvindo, mas não as ouviram.” — Lucas 10:23, 24.