Pular para conteúdo

Pular para sumário

 CAPÍTULO 45

Jesus tem poder sobre os demônios

Jesus tem poder sobre os demônios

MATEUS 8:28-34 MARCOS 5:1-20 LUCAS 8:26-39

  • JESUS EXPULSA MUITOS DEMÔNIOS

  • OS DEMÔNIOS ENTRAM NOS PORCOS

Depois de passarem por uma situação terrível no mar, os discípulos saem do barco e ficam muito chocados com o que acontece. Dois homens muito perigosos, endemoninhados, saem correndo de um cemitério próximo e vão em direção a Jesus. Os Evangelhos descrevem o que acontece com um deles, possivelmente por ser mais violento e estar sob o controle dos demônios há mais tempo.

O homem nessa situação deplorável anda nu. Noite e dia, ele ‘grita nos túmulos e nos montes, e se corta com pedras’. (Marcos 5:5) Ele é tão feroz que as pessoas têm medo de passar por aquele trecho da estrada. Alguns tentam prendê-lo, mas ele arrebenta as correntes das mãos e dos pés. Ninguém tem força para dominá-lo.

Quando o homem se aproxima de Jesus e cai aos seus pés, os demônios que o controlam fazem com que ele grite: “O que você quer comigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Jure por Deus que não me atormentará.” Jesus mostra que tem autoridade sobre os demônios, ao ordenar: “Saia do homem, espírito impuro!” — Marcos 5:7, 8.

Na verdade, o homem está possuído por muitos demônios. Jesus pergunta: “Qual é o seu nome?” E a resposta é: “Meu nome é Legião, porque há muitos de nós.” (Marcos 5:9) Uma legião romana é formada por milhares de soldados. Assim, muitos demônios atormentam esse homem, divertindo-se com o sofrimento dele. Eles imploram a Jesus ‘que não os mande para o abismo’. Pelo visto, percebem o que vai acontecer com eles e o seu líder, Satanás. — Lucas 8:31.

Pastando ali perto, há uma manada de cerca de 2 mil porcos, animais que são impuros segundo a Lei e que os judeus nem mesmo devem possuir. Os demônios dizem: “Mande-nos para os porcos, para que entremos neles.” (Marcos 5:12) Jesus diz que podem ir, e eles entram nos porcos. Com isso, todos os 2 mil porcos saem correndo e se jogam de um penhasco, afogando-se no mar.

Quando os que cuidavam dos porcos veem isso, correm para contar na cidade e na zona rural o que aconteceu, e as pessoas vão ver. Ao chegar, elas veem que agora o homem de quem os demônios saíram está bem e agindo normalmente. Até está vestido e sentado aos pés de Jesus!

Os que veem o homem ou ficam sabendo do que aconteceu se assustam por não entender o que isso pode significar para eles. Então pedem que Jesus saia da região. Enquanto Jesus entra no barco, o homem que não está mais endemoninhado implora que o deixe ir junto. Mas Jesus diz a ele: “Vá para casa, para seus parentes, e conte-lhes tudo o que Jeová fez por você e a misericórdia que ele lhe demonstrou.” — Marcos 5:19.

Normalmente, Jesus orienta os que são curados por ele para que não falem nada a ninguém porque não quer que as pessoas tirem conclusões a seu respeito, baseadas em relatos sensacionalistas. Mas, nesse caso, o homem que não está mais endemoninhado é uma prova do poder de Jesus e pode dar testemunho às pessoas com quem Jesus não pode falar pessoalmente. O que esse homem diz também pode acabar com qualquer comentário negativo sobre a perda de tantos porcos. Por isso, o homem começa a declarar em toda a Decápolis o que Jesus fez por ele.