Pular para conteúdo

Pular para sumário

 CAPÍTULO 61

Jesus expulsa o demônio de um menino

Jesus expulsa o demônio de um menino

MATEUS 17:14-20 MARCOS 9:14-29 LUCAS 9:37-43

  • É NECESSÁRIO FORTE FÉ PARA EXPULSAR O DEMÔNIO DE UM MENINO

Quando Jesus, Pedro, Tiago e João descem do monte, encontram uma multidão. Algo está errado. Os escribas estão reunidos em volta dos discípulos, discutindo com eles. As pessoas ficam animadas de ver Jesus e correm para cumprimentá-lo. Ele pergunta: “Sobre o que vocês estão discutindo com eles?” — Marcos 9:16

Um homem se ajoelha diante de Jesus e explica: “Instrutor, eu trouxe meu filho para o senhor, porque ele tem um espírito mudo. Onde quer que esse espírito o apanhe, lança-o no chão, e ele espuma pela boca, range os dentes e perde a força. Eu pedi aos seus discípulos que expulsassem o espírito, mas eles não foram capazes de fazer isso.” — Marcos 9:17, 18.

Pelo visto, os escribas estão criticando os discípulos por não conseguirem curar o menino, talvez zombando de seus esforços. Então, em vez de responder ao pai, que está desesperado, Jesus diz à multidão: “Ó geração sem fé e pervertida, até quando terei de continuar com vocês? Até quando terei de suportá-los?” Com certeza, essas fortes palavras se aplicam aos escribas, que estão causando problemas aos discípulos de Jesus enquanto ele está fora. Depois Jesus diz ao pai aflito: ‘Traga-o aqui.’ — Mateus 17:17.

Quando o menino se aproxima de Jesus, o demônio que está nele o joga no chão e o lança em fortes convulsões. O menino fica rolando no chão, espumando pela boca. Jesus pergunta ao pai: “Há quanto tempo isso acontece com ele?” O pai responde: “Desde a infância, e o espírito o lança muitas vezes no fogo e também na água, para matá-lo.” Então o homem implora: “Se o senhor puder fazer algo, tenha pena de nós e ajude-nos.” — Marcos 9:21, 22.

O pai está desesperado porque nem os discípulos de Jesus conseguiram ajudá-lo. Em resposta ao forte apelo do homem, Jesus dá uma garantia consoladora: “Esta expressão: ‘Se puder’! Ora, tudo é possível para quem tem fé.” E o pai imediatamente implora: “Eu tenho fé! Ajude-me onde preciso de fé!” — Marcos 9:23, 24.

Jesus percebe a multidão se aproximando dele. Na presença dessas pessoas, ele censura o demônio: “Espírito mudo e surdo, eu lhe ordeno que saia dele e não entre nele novamente!” Ao sair, o demônio faz o menino gritar e ter muitas convulsões. Agora o menino está deitado no chão, sem se mexer. Ao ver isso, muitas pessoas dizem: “Ele está morto!” (Marcos 9:25, 26) Mas, quando Jesus pega na mão do menino, ele se levanta e fica “curado daquele momento em diante”. (Mateus 17:18) Não nos surpreende que as pessoas fiquem impressionadas com o que Jesus faz.

Um pouco antes, quando Jesus enviou os discípulos para pregar, eles conseguiram expulsar demônios. Por isso, quando estão sozinhos em uma casa, eles lhe perguntam: “Por que nós não conseguimos expulsá-lo?” Jesus explica que foi por causa da falta de fé deles, dizendo: “Essa espécie só sai por oração.” (Marcos 9:28, 29) Era necessário ter forte fé e orar pela ajuda do poder de Deus para expulsar aquele demônio poderoso.

Jesus conclui, dizendo: “Se tiverem fé do tamanho de um grão de mostarda, vocês dirão a este monte: ‘Mova-se daqui para lá’, e ele se moverá, e nada lhes será impossível.” (Mateus 17:20) Como a fé pode ser poderosa!

Dificuldades e obstáculos que impedem nosso progresso no serviço de Jeová podem parecer insuperáveis, assim como uma montanha não pode ser movida nem facilmente escalada. Mas, se nós desenvolvermos fé, poderemos superar esses enormes obstáculos e dificuldades.