Pular para conteúdo

Pular para sumário

 CAPÍTULO 52

Ele alimenta multidões com alguns pães e peixes

Ele alimenta multidões com alguns pães e peixes

Os 12 apóstolos ficaram felizes em participar na pregação em toda a Galileia e contam a Jesus ‘tudo o que fizeram e ensinaram’. Como é de esperar, eles estão cansados. Mas não têm tempo nem para comer, pois muitas pessoas estão vindo para vê-los. Então Jesus diz: “Venham comigo, vamos sozinhos a um lugar isolado para descansar um pouco.” — Marcos 6:30, 31.

Eles entram num barco, provavelmente perto de Cafarnaum, e vão para um lugar afastado ao leste do rio Jordão, do outro lado de Betsaida. Mas muitas pessoas os veem saindo, e outros ficam sabendo disso. Então todos correm pela margem e chegam lá antes deles.

Quando Jesus desce do barco, vê a multidão e sente pena dela, pois são como ovelhas sem pastor. Então começa “a lhes ensinar muitas coisas” sobre o Reino. (Marcos 6:34) Jesus também cura os doentes. (Lucas 9:11) Depois de um tempo, os discípulos lhe dizem: “O lugar é isolado, e já é tarde. Dispense as multidões, para que possam ir às aldeias comprar alimento.” — Mateus 14:15.

Em resposta, Jesus diz: “Eles não precisam ir embora; deem-lhes vocês algo para comer.” (Mateus 14:16) Jesus já sabe o que vai fazer, mas testa Filipe, dizendo: “Onde vamos comprar pão para eles comerem?” Com certeza, Filipe sabe, pois morava ali perto, em Betsaida. Mas comprar pão não vai resolver o problema. Há uns 5 mil homens ali. E, contando as mulheres e as crianças, o número talvez seja o dobro. Por isso, Filipe responde: “Pães no valor de 200 denários [um denário é o salário de um dia de trabalho] não são suficientes nem para que cada um coma um pouco.” — João 6:5-7.

Talvez para mostrar que seria impossível alimentar tantas pessoas, André diz: “Há aqui um menino que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos. Mas o que é isso para tanta gente?” — João 6:9.

Visto que é primavera, pouco antes da Páscoa de 32 EC, a encosta está coberta de grama verde. Jesus pede a seus discípulos que mandem o povo se sentar na grama em grupos de 50 e 100. Pega os cinco pães e os dois peixes e faz uma oração de agradecimento a Deus. Depois parte os pães e divide os peixes, então os entrega aos discípulos para que distribuam ao povo. E todos comem até ficar satisfeitos.

Depois de comerem, Jesus diz aos seus discípulos: “Juntem os pedaços que sobraram, para que nada se desperdice.” (João 6:12) E eles conseguem encher 12 cestos com o que sobrou.