Pular para conteúdo

Pular para sumário

 CAPÍTULO 11

João Batista prepara o caminho

João Batista prepara o caminho

MATEUS 3:1-12 MARCOS 1:1-8 LUCAS 3:1-18 JOÃO 1:6-8, 15-28

  • JOÃO PREGA E BATIZA

  • MUITOS SÃO BATIZADOS, MAS NEM TODOS

Já se passaram 17 anos desde que Jesus fez perguntas aos instrutores no templo. Agora é primavera de 29 EC. Muitos falam sobre João, o parente de Jesus que está pregando em toda a região ao oeste do rio Jordão.

A aparência e o modo de falar de João impressionam as pessoas. Sua roupa é de pelo de camelo, e ele usa um cinto de couro. Seu alimento são gafanhotos e mel silvestre. E qual é sua mensagem? “Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo.” — Mateus 3:2.

Essa mensagem deixa os que vieram ouvir João bem animados. Muitos se dão conta da necessidade de realmente se arrependerem, isto é, de mudarem de atitude e abandonarem a má conduta. Eles vêm “de Jerusalém, de toda a Judeia e de toda a região em volta do Jordão”. (Mateus 3:5) Muitos dos que vêm até João se arrependem, e ele os batiza, mergulhando-os nas águas do Jordão. Por quê?

João batiza as pessoas em símbolo, ou reconhecimento, do sincero arrependimento de pecados contra o pacto da Lei de Deus. (Atos 19:4) Mas nem todos mostram verdadeiro arrependimento. Quando alguns líderes religiosos, fariseus e saduceus, chegam a João, ele os chama de “descendência de víboras”. Ele diz: “Produzam fruto próprio do arrependimento. Não se atrevam a dizer a si mesmos: ‘Temos Abraão como pai.’ Pois eu lhes digo que Deus pode fazer surgir destas pedras filhos a Abraão. O machado já está posto à raiz das árvores. Portanto, toda árvore que não produz bom fruto será cortada e lançada no fogo.” — Mateus 3:7-10.

Por causa de toda a atenção que João recebe, de sua poderosa mensagem e das muitas pessoas que ele batiza, os sacerdotes e levitas são enviados para lhe perguntar: “Quem é você?”

“Eu não sou o Cristo”, declara João.

“Então, quem é você? Elias?”, perguntam eles.

“Não sou”, responde ele.

“Você é o Profeta?”, perguntam eles, referindo-se ao grande Profeta que Moisés tinha predito que viria. — Deuteronômio 18:15, 18.

“Não!”, responde João.

Mas eles insistem: “Quem é você? Diga-nos, para que possamos dar uma resposta aos que nos enviaram. O que você diz a respeito de si mesmo?” João diz: “Eu sou a voz de alguém clamando no deserto: ‘Endireitem o caminho para Jeová’, conforme disse Isaías, o profeta.” — João 1:19-23.

Eles perguntam: “Então, por que você batiza, se você não é o Cristo, nem Elias, nem o Profeta?” João dá uma resposta significativa: “Eu batizo em água. Entre vocês há alguém que vocês não conhecem, aquele que vem atrás de mim.” — João 1:25-27.

João sabe que está preparando o caminho por levar as pessoas a uma condição correta de coração, para que aceitem o prometido Messias, que se tornará Rei. A respeito dele, João diz: “Aquele que vem depois de mim é mais forte do que eu, e não sou digno de tirar as suas sandálias.” (Mateus 3:11) Ele também diz: “Aquele que vem atrás de mim avançou na minha frente, pois existia antes de mim.” — João 1:15.

Assim, a mensagem de João, “arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo”, é mesmo apropriada. (Mateus 3:2) É um aviso público de que o ministério do futuro Rei de Jeová, Jesus Cristo, está prestes a começar.