Pular para conteúdo

Pular para sumário

 CAPÍTULO 8

Eles escapam de um governante cruel

Eles escapam de um governante cruel

MATEUS 2:13-23

  • A FAMÍLIA DE JESUS FOGE PARA O EGITO

  • JOSÉ LEVA SUA FAMÍLIA PARA NAZARÉ

José acorda Maria para dar uma notícia urgente. O anjo de Jeová acaba de aparecer a ele num sonho, dizendo: “Levante-se, pegue a criancinha e a mãe dela, fuja para o Egito e fique ali até eu avisá-lo, porque Herodes está prestes a procurar a criancinha para matá-la.” — Mateus 2:13.

José, Maria e seu filho fogem depressa durante a noite. Fazem isso na hora certa, pois o rei Herodes descobriu que os astrólogos não fizeram o que ele tinha pedido. Eles saíram do país sem contar a Herodes onde Jesus estava. O rei ficou furioso. Assim, na tentativa de matar Jesus, ele ordenou que fossem mortos todos os meninos de 2 anos ou menos que viviam em Belém e na região. Ele calculou a idade com base no que os astrólogos que vieram do Oriente disseram.

A matança de todos os meninos é algo horrível! Não se sabe quantos meninos foram mortos, mas o grande choro e lamento das mães que perderam seus filhos cumpre uma profecia bíblica do profeta de Deus, Jeremias. — Jeremias 31:15.

Enquanto isso, José e sua família fogem para o Egito e ficam morando ali. Então certa noite o anjo de Jeová aparece novamente a José num sonho. O anjo diz: “Levante-se, pegue a criancinha e a mãe dela, e vá para a terra de Israel, porque os que procuravam tirar a vida da criancinha já morreram.” (Mateus 2:20) Assim, José entende que já pode voltar com sua família para sua terra natal. Desse modo se cumpre outra profecia bíblica que predisse que o Filho de Deus seria chamado do Egito. — Oseias 11:1.

Pelo visto, José pretende morar com sua família na Judeia, talvez perto da cidade de Belém, onde viviam antes de fugirem para o Egito. Mas ele fica sabendo que o perverso filho de Herodes, Arquelau, agora é o rei da Judeia. Em outro sonho, Deus avisa José do perigo. Então José e sua família viajam para o norte e passam a morar na cidade de Nazaré, na região da Galileia, longe do centro da vida religiosa judaica. Jesus é criado nessa cidade, cumprindo assim outra profecia: “Ele será chamado Nazareno.” — Mateus 2:23.