Pular para conteúdo

Pular para sumário

 HISTÓRIA 53

A promessa de Jefté

A promessa de Jefté

JÁ FEZ alguma vez uma promessa e depois achou difícil cumpri-la? Isso aconteceu com o homem aqui no desenho, e por isso ele está tão triste. É um valente juiz de Israel, chamado Jefté.

Jefté vivia no tempo em que os israelitas não mais adoravam a Jeová. Faziam de novo o que era mau. Por isso, Jeová permitiu que o povo de Amom os ferisse. Então eles clamaram a Jeová: ‘Pecamos. Por favor, salve-nos!’

Eles lamentaram o mal que fizeram. Mostraram seu arrependimento por novamente adorarem a Jeová. E Ele passou a ajudá-los.

O povo escolheu Jefté para combater os maus amonitas. Jefté quis ter a ajuda de Jeová na luta. Por isso prometeu a Jeová: ‘Se me der a vitória sobre os amonitas, então a primeira pessoa que sair de minha casa ao meu encontro, na volta da vitória, eu vou lhe entregar.’

Jeová escutou a promessa de Jefté e lhe deu a vitória. Voltando para casa, sabe quem foi a primeira pessoa que Jefté encontrou? Sua filha única. ‘Oh! minha filha!’ clamou Jefté. ‘Quão triste você me faz. Mas fiz uma promessa a Jeová e não posso agora recuar.’

Quando a filha de Jefté soube da promessa, primeiro ela também ficou triste, porque teria de abandonar seu pai e suas amigas. Mas estava disposta a passar o resto da vida servindo a Jeová no tabernáculo em Silo. Ela disse ao pai: ‘Se fez uma promessa a Jeová, terá de cumpri-la.’

Assim, a filha de Jefté foi para Silo e passou a vida servindo a Jeová no Seu tabernáculo. As mulheres de Israel iam visitá-la, passando com ela quatro dias por ano. O povo amava a filha de Jefté por ser boa serva de Jeová.