Pular para conteúdo

Pular para sumário

 CAPÍTULO 27

Quem é o seu Deus?

Quem é o seu Deus?

POR QUE esta pergunta: “Quem é o seu Deus?” é importante? — Porque as pessoas adoram muitos deuses. (1 Coríntios 8:5) Quando o apóstolo Paulo recebeu poder de Jeová para curar um homem que nunca tinha andado, as pessoas disseram: “Os deuses tornaram-se iguais a humanos e desceram a nós!” Elas queriam adorar Paulo e seu amigo Barnabé. Chamaram Paulo de Hermes e Barnabé de Zeus, nomes de deuses falsos.

Mas Paulo e Barnabé não deixaram as pessoas adorá-los. Foram para o meio da multidão e disseram: ‘Desviem-se dessas coisas inúteis e sirvam o Deus vivente.’ (Atos 14:8-15) Quem é “o Deus vivente” que criou todas as coisas? — Isso mesmo, é Jeová, “o Altíssimo sobre toda a terra”. Jesus chamou Jeová de “o único Deus verdadeiro”. Então, quem é o único que merece ser adorado? — É Jeová! — Salmo 83:18; João 17:3; Revelação (Apocalipse) 4:11.

Por que Paulo e Barnabé não deixaram as pessoas se curvar diante deles?

A maioria das pessoas adora outros deuses em vez de o “único Deus verdadeiro”. Muitos adoram objetos feitos de madeira, pedra ou metal. (Êxodo 32:4-7; Levítico 26:1; Isaías 44:14-17) Até homens e mulheres famosos às vezes são chamados de deuses, astros ou ídolos. É certo dar glória a eles? —

Depois que Saulo se tornou o apóstolo Paulo, ele escreveu: “O deus deste sistema de coisas tem cegado as mentes dos incrédulos.” (2 Coríntios 4:4) Quem é esse deus? — Satanás, o Diabo! Ele conseguiu fazer com que muita gente adorasse pessoas e coisas.

 Quando Satanás tentou fazer Jesus se curvar e adorá-lo, o que Jesus lhe disse? — Ele disse: “É a Jeová, teu Deus, que tens de adorar e é somente a ele que tens de prestar serviço sagrado.” (Mateus 4:10) Jesus foi bem claro: só Jeová deve ser adorado. Vamos ouvir a história de alguns jovens que sabiam disso. Eles se chamavam Sadraque, Mesaque e Abednego.

Esses jovens eram hebreus, quer dizer, faziam parte da nação de Deus, Israel. Eles foram levados como prisioneiros para a terra de Babilônia. Um rei daquele país, chamado Nabucodonosor, construiu uma enorme imagem de ouro. Um dia ele mandou que todos se curvassem diante da imagem, quando fosse tocada uma música. ‘Quem não se curvar e não adorar a imagem vai ser jogado na fornalha ardente’, avisou ele. O que você teria feito? —

Por que esses jovens não se curvaram diante da imagem?

 Em geral, Sadraque, Mesaque e Abednego faziam tudo o que o rei mandava. Mas eles se recusaram a se curvar diante da imagem. Por que será? — É porque a lei de Deus dizia: ‘Você não deve ter nenhum outro deus além de mim. Não deve fazer para você uma imagem nem se curvar diante dela.’ (Êxodo 20:3-5) Assim, Sadraque, Mesaque e Abednego obedeceram à lei de Jeová em vez de à ordem do rei.

O rei ficou furioso e mandou que os três jovens hebreus fossem levados até ele imediatamente. Perguntou: ‘É verdade que vocês não adoram os meus deuses? Vou lhes dar mais uma chance. Desta vez, quando ouvirem a música, curvem-se e adorem a imagem que eu fiz. Se não fizerem isso, vou jogá-los na fornalha ardente. E que deus vai conseguir salvá-los das minhas mãos?’

O que fariam os jovens? O que você teria feito? — Eles disseram ao rei: ‘Nosso Deus a quem servimos pode nos salvar. Mas mesmo que ele não nos salve, nós não vamos servir aos seus deuses. Não vamos nos curvar diante da sua imagem de ouro.’

O rei ficou com muita raiva. Ordenou: ‘Aqueçam a fornalha sete vezes mais do que de costume.’ Daí, mandou que homens  fortes amarrassem Sadraque, Mesaque e Abednego e os jogassem na fornalha. Ela estava tão quente que os homens do rei morreram queimados! Mas e os três hebreus?

Sadraque, Mesaque e Abednego foram jogados bem no meio do fogo. Mas então se levantaram! Não estavam machucados. Nem estavam mais amarrados. Como isso era possível? — O rei olhou para dentro da fornalha e ficou com medo do que viu. ‘Não jogamos três homens no fogo?’, perguntou. Os servos dele responderam: “Sim, ó rei.”

Como Jeová salvou seus servos da fornalha ardente?

Daí, o rei disse: ‘Mas eu estou vendo quatro pessoas andando lá dentro e o fogo não queima nenhuma delas.’ Sabe quem era a quarta pessoa? — Era o anjo de Jeová. Ele protegeu os três hebreus e não deixou que se queimassem.

Bem, quando viu isso, o rei chegou perto da porta da fornalha e gritou: ‘Sadraque, Mesaque e Abednego, servos do Deus Altíssimo, saiam e venham para cá!’ Quando saíram, todos puderam ver que eles não  estavam queimados. A roupa deles nem ficou cheirando a fumaça. Então, o rei disse: ‘Bendito seja o Deus de Sadraque, Mesaque e Abednego, que enviou um anjo para salvar seus servos porque eles não adoraram nenhum outro deus, somente seu próprio Deus.’ — Daniel, capítulo 3.

Que ídolos as pessoas adoram hoje?

Podemos aprender uma lição do que aconteceu naquela ocasião. Até hoje as pessoas adoram imagens, ou ídolos. Uma enciclopédia diz: “A bandeira, como a cruz, é sagrada.” (The Encyclopedia Americana) Existem imagens feitas de madeira, pedra, metal ou pano. Os primeiros discípulos de Jesus não adoravam o imperador romano, o que, segundo o historiador Daniel P. Mannix, poderia ser comparado “a recusar-se a saudar a bandeira ou a repetir o juramento de lealdade”.

Então, acha que para Deus faz alguma diferença se uma imagem religiosa é feita de pano, madeira, pedra ou metal? — Seria correto um servo de Jeová adorar uma imagem dessas? — Sadraque, Mesaque e Abednego não fizeram isso, e Jeová ficou contente com a atitude deles. Como você pode imitar o exemplo deles? —

Quem serve a Jeová não pode adorar nenhuma outra pessoa ou coisa. Leia o que a Bíblia diz sobre isso em Josué 24:14, 15, 19-22; Isaías 42:8; 1 João 5:21 e Revelação 19:10.