Pular para conteúdo

Pular para sumário

 CAPÍTULO 26

Por que é difícil fazer o que é bom

Por que é difícil fazer o que é bom

QUANDO Saulo fazia coisas ruins, quem ficava contente? — Satanás, o Diabo. E os líderes religiosos dos judeus também ficavam contentes. Daí, quando Saulo se tornou discípulo do Grande Instrutor e ficou conhecido como Paulo, aqueles líderes religiosos passaram a odiá-lo. Entende, então, por que é difícil para um discípulo de Jesus fazer o que é bom? —

O que Paulo sofreu por fazer o que é bom?

O Sumo Sacerdote Ananias certa vez mandou homens baterem no rosto de Paulo. Ananias até tentou mandar Paulo para a prisão. Paulo sofreu muito quando se tornou discípulo de Jesus. Por exemplo, pessoas más bateram nele e tentaram matá-lo, jogando pedras grandes nele. — Atos 23:1, 2; 2 Coríntios 11:24, 25.

Muitas pessoas vão tentar nos levar a fazer coisas que desagradam a Deus. Então, a questão é: Você ama mesmo o que é bom?  Ama tanto que está disposto a fazer o que é bom mesmo que outros o odeiem por isso? É preciso coragem para fazer isso, não é mesmo? —

Mas talvez você se pergunte: “Por que alguém ia me odiar por eu fazer o que é bom? As pessoas não deviam ficar contentes com isso?” É, pela lógica elas deviam ficar, sim. Muitas vezes as pessoas gostavam de Jesus por causa das coisas boas que ele fazia. Numa ocasião, todas as pessoas de uma cidade se reuniram à porta da casa onde ele estava. Foram lá porque Jesus estava curando as pessoas. — Marcos 1:33.

 Mas às vezes as pessoas não gostavam do que Jesus ensinava. Ele sempre ensinava o que era certo, mas alguns o odiavam porque ele falava a verdade. Foi isso o que aconteceu um dia em Nazaré, a cidade onde Jesus foi criado. Ele foi à sinagoga, o local onde os judeus se reuniam para adorar a Deus.

Ali, Jesus fez um ótimo discurso baseado nas Escrituras. De início, as pessoas gostaram. Ficaram surpresas com as palavras bonitas que ele usou. Mal podiam acreditar que aquele jovem havia crescido ali mesmo, na cidade deles.

Mas daí Jesus falou algo mais. Falou das vezes em que Deus tinha mostrado favor especial a pessoas que não eram da nação dos judeus. Quando Jesus disse isso, os que estavam na sinagoga ficaram furiosos. Sabe por quê? — Eles achavam que eram os únicos que tinham o favor especial de Deus. Eles se achavam melhores do que os outros. Por isso, odiaram a Jesus por causa daquilo que ele disse. E sabe o que tentaram fazer com ele? —

A Bíblia diz: ‘Agarraram Jesus e o levaram depressa para fora da cidade. Levaram-no para a beirada de um monte e queriam jogá-lo do precipício para matá-lo! Mas Jesus fugiu deles.’ — Lucas 4:16-30.

Por que estas pessoas tentaram matar Jesus?

Se isso tivesse acontecido com você, voltaria para falar com aquelas pessoas sobre Deus? — Precisaria de coragem para fazer isso, não acha? — Bem, cerca de um ano depois, Jesus voltou a Nazaré. A Bíblia diz: “Começou a ensiná-los nas sinagogas deles.” Jesus não parou de falar a verdade. Ele não tinha medo de homens que não amavam a Deus. — Mateus 13:54.

Em outro dia, num sábado, Jesus conheceu um homem com a mão ressequida, ou, defeituosa. Jesus tinha o poder de Deus para curar aquele homem. Mas alguns homens que estavam por perto  tentaram causar problemas para Jesus. O que faria o Grande Instrutor? — Primeiro ele perguntou: ‘Se tivessem uma ovelha e, no sábado, ela caísse num buraco, vocês a tirariam de lá?’

Sim, eles fariam isso, mesmo no sábado, o dia em que deveriam descansar. Então, Jesus disse: ‘É mais correto ainda ajudar um homem no sábado, porque um homem vale mais do que uma ovelha!’ Era óbvio que Jesus devia ajudar aquele homem, curando-o.

Jesus mandou o homem estender a mão. Ele foi curado na hora. Como o homem ficou contente! Mas e aqueles outros homens? Ficaram felizes? — Não. Ficaram com mais ódio ainda de Jesus. Saíram e fizeram planos para matá-lo! — Mateus 12:9-14.

Hoje acontece o mesmo. Nunca vamos conseguir agradar a todo mundo, não importa o que a gente faça. Por isso, precisamos decidir a quem realmente queremos agradar. Se for a Jeová Deus e a seu Filho, Jesus Cristo, então sempre devemos fazer o que eles ensinam. Mas se fizermos isso, quem vai nos odiar? Quem vai tornar mais difícil para nós fazer o que é bom? —

Satanás, o Diabo. E quem mais? — As pessoas que o Diabo enganou e que, por isso, acreditam em coisas erradas. Jesus disse aos líderes religiosos do seu tempo: ‘O Diabo é o pai de vocês e vocês querem fazer a vontade do seu pai.’ — João 8:44.

Quando falou sobre aqueles de quem o Diabo gosta, Jesus usou a expressão “o mundo”. O que você acha que é esse “mundo” de que Jesus falou? — Bem, vamos descobrir lendo João, capítulo 15, versículo 19. Ali, encontramos as palavras de Jesus: “Se vós fizésseis parte do mundo, o mundo estaria afeiçoado ao que é seu. Agora, porque não fazeis parte do mundo, mas eu vos escolhi do mundo, por esta razão o mundo vos odeia.”

 Assim, o mundo que odeia os discípulos de Jesus é composto de todos aqueles que não são Seus seguidores. Por que o mundo odeia os discípulos de Jesus? — Pense no seguinte: Quem é o governante do mundo? — A Bíblia diz: ‘O mundo inteiro está no poder do iníquo.’ O iníquo é Satanás, o Diabo. — 1 João 5:19.

Entende agora por que é tão difícil fazer o que é bom? — Satanás e o seu mundo é que tornam isso difícil. Mas há outra razão. Lembra qual é? — No Capítulo 23 deste livro, aprendemos que todos nós nascemos com pecado. Vai ser maravilhoso quando o pecado, o Diabo e o mundo dele desaparecerem, não acha? —

Quando este mundo deixar de existir, o que vai acontecer com quem faz o que é bom?

A Bíblia promete: “O mundo está passando.” Isso quer dizer que todo mundo que não é seguidor do Grande Instrutor vai deixar de existir. Eles não vão poder viver para sempre. Sabe quem vai viver para sempre? — A Bíblia responde: “Aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.” (1 João 2:17) Por isso, só quem faz o que é bom, quem faz “a vontade de Deus”, vai viver para sempre no novo mundo Dele. Então, mesmo que seja difícil, vamos fazer o que é bom, não concorda? —

Vamos ler juntos estes textos que mostram por que não é fácil fazer o que é bom: Mateus 7:13, 14; Lucas 13:23, 24 e Atos 14:21, 22.