Gênesis 30:1-43

  • Bila dá à luz Dã e Naftali (1-8)

  • Zilpa dá à luz Gade e Aser (9-13)

  • Leia dá à luz Issacar e Zebulão (14-21)

  • Raquel dá à luz José (22-24)

  • Os rebanhos de Jacó aumentam (25-43)

30  Quando Raquel viu que não tinha dado filhos a Jacó, ficou com ciúme de sua irmã e começou a dizer a Jacó: “Dê-me filhos, senão eu morrerei.”  Com isso, a ira de Jacó se acendeu contra Raquel, e ele disse: “Por acaso estou no lugar de Deus, que a impediu de ter filhos?”*  De modo que ela disse: “Aqui está a minha escrava Bila.+ Tenha relações com ela, para que ela tenha filhos para mim* e assim, por meio dela, eu também tenha filhos.”  Com isso ela lhe deu Bila, sua serva, como esposa, e Jacó teve relações com ela.+  Bila ficou grávida e deu um filho a Jacó.  Raquel disse então: “Deus agiu como meu juiz e também escutou a minha voz, de modo que me deu um filho.” É por isso que lhe deu o nome de Dã.*+  Bila, serva de Raquel, ficou grávida mais uma vez e deu um segundo filho a Jacó.  Raquel disse então: “Em lutas árduas lutei com a minha irmã e saí vencedora!” De modo que lhe deu o nome de Naftali.*+  Quando Leia viu que havia parado de ter filhos, tomou Zilpa, sua serva, e a deu a Jacó como esposa.+ 10  E Zilpa, serva de Leia, deu um filho a Jacó. 11  Leia disse então: “Que sorte!” De modo que lhe deu o nome de Gade.*+ 12  Depois disso, Zilpa, serva de Leia deu um segundo filho a Jacó. 13  Leia disse então: “Como sou feliz! As mulheres* certamente dirão que eu sou feliz.”+ De modo que lhe deu o nome de Aser.*+ 14  Nos dias da colheita do trigo, Rubem+ estava passeando pelo campo quando achou mandrágoras. Levou-as então a Leia, sua mãe. Com isso Raquel disse a Leia: “Dê-me, por favor, algumas mandrágoras do seu filho.” 15  Mas Leia respondeu: “Acha pouco você me ter tomado o marido?+ Agora quer tomar também as mandrágoras do meu filho?” Raquel disse então: “Pois bem, ele se deitará com você hoje à noite em troca das mandrágoras do seu filho.” 16  Quando Jacó estava voltando do campo, ao anoitecer, Leia saiu ao encontro dele e disse: “É comigo que terá relações, pois eu comprei esse direito com as mandrágoras do meu filho.” Assim, ele se deitou com ela naquela noite. 17  E Deus ouviu e atendeu Leia: ela ficou grávida e deu um quinto filho a Jacó. 18  Então Leia disse: “Deus me deu meu salário,* porque dei minha serva a meu marido.” De modo que lhe deu o nome de Issacar.*+ 19  Leia ficou grávida mais uma vez e deu um sexto filho a Jacó.+ 20  Leia disse então: “Deus me deu, sim, deu a mim, um bom presente. Finalmente meu marido vai me tolerar,+ pois lhe dei seis filhos.”+ De modo que lhe deu o nome de Zebulão.*+ 21  Depois ela teve uma filha e lhe deu o nome de Diná.+ 22  Finalmente Deus se lembrou de Raquel, e Deus a ouviu e atendeu, tornando possível que ela ficasse grávida.*+ 23  Ela ficou grávida e teve um filho. Disse então: “Deus tirou a minha desonra!”+ 24  De modo que lhe deu o nome de José,*+ dizendo: “Jeová me acrescentou outro filho.” 25  Depois que Raquel deu à luz José, Jacó disse imediatamente a Labão: “Deixe-me partir, a fim de que eu volte para o meu lugar e para a minha terra.+ 26  Dê-me as minhas esposas e os meus filhos, pelos quais o servi, para que eu vá; pois o senhor sabe muito bem como eu o servi.”+ 27  Labão lhe disse então: “Se eu achei favor aos seus olhos, . . . Entendi pelos presságios* que Jeová está me abençoando por sua causa.” 28  E acrescentou: “Estipule o seu salário, e o darei a você.”+ 29  De modo que Jacó lhe disse: “O senhor sabe como eu o servi e como os seus rebanhos têm prosperado comigo;+ 30  antes de eu vir, era pouco o que o senhor tinha, mas seus rebanhos aumentaram e se multiplicaram, e Jeová tem abençoado o senhor desde que cheguei. Agora, quando farei algo para a minha própria família?”+ 31  Ele perguntou então: “O que lhe devo dar?” E Jacó respondeu: “Não me dará absolutamente nada! Voltarei a pastorear o seu rebanho e a cuidar dele+ se o senhor fizer o seguinte para mim: 32  vou passar hoje por todo o seu rebanho. Separe dele toda ovelha pintada ou malhada, todo carneirinho marrom-escuro e toda cabra malhada ou pintada. De agora em diante, esses serão o meu salário.+ 33  E minha retidão* falará por mim no futuro, no dia em que o senhor vier para inspecionar o meu salário. Se houver comigo alguma cabra que não seja pintada ou malhada, e algum carneirinho que não seja marrom-escuro, será considerado furtado.” 34  Diante disso Labão disse: “Isso é excelente! Aconteça segundo a sua palavra.”+ 35  Então, naquele dia Labão separou os bodes listrados e os malhados e todas as cabras pintadas e as malhadas, todo aquele em que havia algo de branco e todo carneirinho marrom-escuro, e os entregou aos cuidados de seus filhos. 36  Depois ele estabeleceu uma distância de três dias de viagem entre si e Jacó. E Jacó pastoreava o restante dos rebanhos de Labão. 37  Jacó pegou então varas ainda verdes de estoraque, de amendoeira e de plátano, e fez nelas manchas brancas, descascando as varas e deixando exposta a sua parte branca. 38  Depois colocou as varas descascadas diante do rebanho, nas calhas, nos bebedouros, onde os rebanhos iam beber água, para que se acasalassem* diante delas quando fossem beber. 39  Assim, os rebanhos se acasalavam* diante das varas, e os rebanhos produziam crias listradas, pintadas e malhadas. 40  Então Jacó separou esses carneirinhos e virou os rebanhos de forma que os animais dos rebanhos de Labão ficassem de frente para os listrados e todos os marrom-escuros. Depois separou os seus próprios rebanhos e não os misturou com os rebanhos de Labão. 41  E, sempre que os animais robustos entravam no cio, Jacó colocava as varas nos bebedouros, diante dos olhos dos rebanhos, para que se acasalassem* perto das varas. 42  Mas, quando os animais eram fracos, não colocava as varas ali. De modo que os fracos sempre ficavam para Labão, mas os robustos para Jacó.+ 43  Desse modo o homem prosperou muito, e passou a ter grandes rebanhos, servas e servos, camelos e jumentos.+

Notas de rodapé

Ou: “que lhe negou o fruto do ventre”.
Lit.: “dê à luz sobre os meus joelhos”.
Que significa “juiz”.
Que significa “minhas lutas”.
Que significa “boa sorte”.
Lit.: “filhas”, referindo-se às mulheres daquela terra.
Que significa “feliz; felicidade”.
Ou: “o salário de um contratado”.
Que significa “ele é salário”.
Que significa “tolerância”.
Lit.: “e Deus a escutou e lhe abriu o ventre”.
Forma reduzida de Josifias, que significa “que Jah acrescente (aumente)”.
Ou: “pelos sinais; pelas evidências”.
Ou: “honestidade”.
Ou: “entrassem no cio”.
Ou: “entravam no cio”.
Ou: “entrassem no cio”.