Jeremias 22:1-30

22  Assim diz Jeová: “Desça até a casa* do rei de Judá e transmita esta mensagem.  Diga: ‘Ouça a palavra de Jeová, ó rei de Judá, que se senta no trono de Davi, sim, o senhor, os seus servos e o seu povo, que entram por estes portões.  Assim diz Jeová: “Defendam a justiça e a retidão. Livrem das mãos dos exploradores* os que estão sendo roubados. Não maltratem nenhum residente estrangeiro, nem prejudiquem nenhum órfão* ou viúva.+ E não derramem sangue inocente neste lugar.+  Pois, se vocês cumprirem cuidadosamente essas palavras, então os reis que se sentam no trono de Davi+ entrarão pelos portões desta casa andando em carros e montando cavalos — eles com seus servos e seu povo.”’+  “‘Mas, se vocês não obedecerem a essas palavras, juro por mim mesmo’, diz Jeová, ‘que esta casa se tornará um lugar devastado’.+  “Pois assim diz Jeová sobre a casa do rei de Judá:‘Você é para mim como Gileade,Como o cume do Líbano. No entanto, farei de você um deserto;Todas as suas cidades ficarão desabitadas.+   E vou designar* destruidores contra você,Cada um com as suas armas.+ Eles derrubarão os seus melhores cedrosE os lançarão no fogo.+  “‘E muitas nações passarão por esta cidade, e as pessoas perguntarão umas às outras: “Por que Jeová fez isso com esta grande cidade?”+  E a resposta será: “Porque eles abandonaram o pacto de Jeová, seu Deus, e se curvaram diante de outros deuses e os serviram.”’+ 10  Não chorem por aquele que morreu,Nem sintam pena dele. Em vez disso, chorem muito por aquele que está indo embora,Pois ele nunca mais voltará para ver a sua terra natal. 11  “Pois assim diz Jeová a respeito de Salum,*+ filho de Josias e rei de Judá, que reina no lugar de Josias,+ seu pai, e que foi embora deste lugar: ‘Ele nunca mais voltará. 12  Pois ele morrerá no lugar para onde o exilaram e nunca mais verá esta terra.’+ 13  Ai daquele que constrói a sua casa com injustiçaE os seus aposentos superiores com desonestidade,*Que faz o seu próximo trabalhar para ele de graça,Que se recusa a pagar o seu salário.+ 14  Ele diz: ‘Vou construir para mim uma casa espaçosa,Com aposentos superiores amplos. Vou colocar-lhe janelas,Revesti-la de cedro e pintá-la de vermelhão.’ 15  Será que você continuará a reinar porque usa mais cedro do que os outros? Seu pai também comia e bebia,Mas defendia a justiça e a retidão,+E tudo ia bem com ele. 16  Ele defendia a causa do necessitado e do pobre,De modo que tudo ia bem. ‘Não é isso que significa conhecer-me?’ diz Jeová. 17  ‘Mas os seus olhos e o seu coração só querem obter lucro desonesto,Derramar sangue inocenteE cometer fraude e extorsão.’ 18  “Portanto, assim diz Jeová a respeito de Jeoiaquim,+ filho de Josias e rei de Judá:‘Ninguém o lamentará: “Ai, meu irmão! Ai, minha irmã!” Ninguém o lamentará: “Ai, senhor! Ai, sua majestade!” 19  Seu enterro será como o enterro de um jumento:+Ele será arrastado e lançado para longe,Fora dos portões de Jerusalém.’+ 20  Suba* ao Líbano e clame,Erga a sua voz em Basã,E grite de Abarim,+Pois todos os seus amantes foram esmagados.+ 21  Eu falei com você quando você se sentia segura. Mas você disse: ‘Não obedecerei.’+ Você tem agido assim desde a sua juventude,Pois nunca obedeceu à minha voz.+ 22  Um vento pastoreará* todos os seus pastores,+E os seus amantes irão para o cativeiro. Então você será envergonhada e humilhada por causa de toda a sua calamidade. 23  Ó moradora do Líbano,+Que faz o seu ninho entre os cedros,+Você vai gemer muito quando lhe sobrevierem dores,Uma angústia como a* da mulher que está dando à luz.”+ 24  “‘Tão certo como eu vivo’, diz Jeová, ‘mesmo se você, Conias,*+ filho de Jeoiaquim+ e rei de Judá, fosse um anel de selar na minha mão direita, eu o arrancaria! 25  Vou entregar-lhe nas mãos dos que procuram tirar a sua vida,* nas mãos daqueles de quem você tem medo, nas mãos de Nabucodonosor,* rei de Babilônia, e nas mãos dos caldeus.+ 26  E vou lançar você e sua mãe, aquela que o deu à luz, numa outra terra, onde vocês não nasceram, e lá vocês morrerão. 27  Não voltarão à terra da qual sentirão saudade.*+ 28  Será que esse homem Conias não passa de um pote desprezado e quebrado,Um vaso que ninguém quer? Por que ele e os seus descendentes foram lançados para baixoE jogados numa terra que não conhecem?’+ 29  Ó terra,* terra, terra, ouça a palavra de Jeová! 30  Assim diz Jeová: ‘Registrem esse homem como alguém sem filhos,Como alguém que não será bem-sucedido na vida,*Pois nenhum dos seus descendentes será bem-sucedidoEm se sentar no trono de Davi e governar novamente em Judá.’”+

Notas de rodapé

Ou: “o palácio”.
Ou: “defraudadores”.
Ou: “órfão de pai”.
Lit.: “santificar”.
Também chamado de Jeoacaz.
Ou: “sem retidão”.
Esta ordem parece ser dirigida a Jerusalém.
Ou: “levará para longe”.
Lit.: “Dores de parto como as”.
Também chamado de Joaquim e de Jeconias.
Ou: “procuram a sua alma”.
Lit.: “Nabucodorosor”, grafia variante.
Ou: “à terra à qual elevam a sua alma”.
Ou: “país”.
Lit.: “nos seus dias”.

Notas de estudo

Mídia