Gênesis 48:1-22

48  Depois disso, José foi informado: “Seu pai está ficando fraco.” Em vista disso, ele foi vê-lo e levou consigo seus dois filhos, Manassés e Efraim.+  Comunicou-se então a Jacó: “Seu filho José veio ver o senhor.” Então Israel reuniu forças e se sentou na sua cama.  Jacó disse a José: “O Deus Todo-Poderoso apareceu a mim em Luz, na terra de Canaã, e me abençoou.+  Ele me disse: ‘Eu lhe darei filhos, vou fazê-lo numeroso, vou transformá-lo numa congregação de povos+ e vou dar esta terra à sua descendência* como uma propriedade permanente.’+  Agora, seus dois filhos, que nasceram na terra do Egito antes de eu vir para o Egito, são meus.+ Efraim e Manassés se tornarão meus, assim como Rubem e Simeão são meus.+  Mas os filhos que você tiver depois deles serão seus, e eles receberão a herança+ sob o nome dos irmãos deles.  Quando eu vinha de Padã, Raquel morreu+ ao meu lado, na terra de Canaã, enquanto ainda havia um bom trecho de terra antes de chegar a Efrate.+ Eu a enterrei ali no caminho de Efrate, isto é, Belém.”+  Então Israel viu os filhos de José e perguntou: “Quem são estes?”  José respondeu a seu pai: “São meus filhos, que Deus me deu neste lugar.”+ Então ele disse: “Por favor, traga-os a mim, para que eu os abençoe.”+ 10  Os olhos de Israel estavam enfraquecidos por causa da idade, e ele mal podia enxergar. Por isso José os levou para perto dele, e seu pai os beijou e os abraçou. 11  Israel disse a José: “Eu nunca imaginei que veria o seu rosto,+ mas Deus me deixou ver também a sua descendência.”* 12  José os afastou então dos joelhos de Israel e se curvou com o rosto por terra. 13  Em seguida, José pegou os dois: Efraim,+ com a mão direita, para que ficasse à esquerda de Israel, e Manassés,+ com a mão esquerda, para que ficasse à direita de Israel, e os levou para perto dele. 14  No entanto, embora Efraim fosse o mais novo, Israel estendeu a mão direita e a pôs sobre a cabeça dele, e pôs a mão esquerda sobre a cabeça de Manassés. Pôs as mãos assim de propósito, embora Manassés fosse o primogênito.+ 15  Então ele abençoou José, e disse:+ “O verdadeiro Deus, diante de quem andaram meus pais,+ Abraão e Isaque,O verdadeiro Deus, que me pastoreou durante toda a minha vida até o dia de hoje,+ 16  O anjo que me tem livrado de toda calamidade,+ abençoe os rapazes.+ Que seja perpetuado por meio deles* o meu nome e o nome dos meus pais, Abraão e Isaque;Que eles aumentem até se tornarem uma multidão na terra.”+ 17  E José viu que seu pai mantinha a mão direita sobre a cabeça de Efraim, e não gostou disso, então ele tentou pegar a mão de seu pai a fim de mudá-la da cabeça de Efraim para a cabeça de Manassés. 18  José disse a seu pai: “Assim não, meu pai, porque o primogênito é este.+ Ponha a mão direita sobre a cabeça dele.” 19  Mas seu pai se recusava a fazer isso, e disse: “Eu sei, meu filho, eu sei. Ele também se tornará um povo e também se tornará grande. No entanto, seu irmão mais novo se tornará maior do que ele,+ e a descendência* de Efraim será numerosa o suficiente para formar nações inteiras.”*+ 20  Então, continuando a abençoá-los naquele dia,+ disse: “Que o povo de Israel mencione você quando proferir bênçãos, dizendo:‘Que Deus o torne como Efraim e como Manassés.’” Assim ele pôs Efraim na frente de Manassés. 21  Depois, Israel disse a José: “Veja, eu estou morrendo,+ mas Deus certamente continuará com vocês e os levará de volta à terra de seus antepassados.+ 22  Quanto a mim, eu lhe dou uma porção de terra* a mais do que a seus irmãos, a qual tomei das mãos dos amorreus com a minha espada e o meu arco.”

Notas de rodapé

Lit.: “semente”.
Lit.: “semente”.
Lit.: “Que seja invocado sobre eles”.
Lit.: “semente”.
Lit.: “será a plenitude das nações”.
Ou: “uma encosta de montanha”. Lit.: “um ombro”.

Notas de estudo

Mídia