Gênesis 27:1-46

27  Quando Isaque já era idoso e seus olhos estavam fracos demais para enxergar, ele chamou Esaú,+ seu filho mais velho, e disse-lhe: “Meu filho!” Ele respondeu: “Estou aqui!”  E Isaque disse: “Já estou velho. Não sei o dia da minha morte.  Portanto, por favor, pegue agora as suas armas, sua aljava e seu arco, e vá ao campo caçar um animal para mim.+  Depois faça um prato saboroso, como eu gosto, e traga-o para mim. Então eu comerei, e assim eu abençoarei* você antes de morrer.”  Rebeca, no entanto, estava escutando enquanto Isaque falava com Esaú, seu filho. Quando Esaú saiu para o campo, à procura de caça para trazer,+  Rebeca disse a Jacó, seu filho:+ “Acabo de ouvir seu pai dizer a Esaú, seu irmão:  ‘Traga-me uma caça e faça para mim um prato saboroso. Então eu comerei, e assim eu abençoarei você perante Jeová antes da minha morte.’+  Agora, meu filho, escute bem e faça o que lhe digo.+  Vá, por favor, ao rebanho e traga-me de lá dois dos melhores cabritos, para que eu prepare com eles um prato saboroso para o seu pai, como ele gosta. 10  Então leve-o para o seu pai comer, a fim de que ele abençoe você antes de morrer.” 11  Jacó disse a Rebeca, sua mãe: “Mas Esaú, meu irmão, é um homem peludo,+ e a minha pele é lisa. 12  E se meu pai me apalpar?+ Então certamente parecerá que eu estou zombando dele, e eu trarei sobre mim uma maldição em vez de uma bênção.” 13  Sua mãe lhe respondeu: “Venha sobre mim a maldição proferida contra você, meu filho. Apenas faça o que eu digo e vá, traga-os para mim.”+ 14  Portanto, ele foi apanhá-los e os levou à sua mãe, e sua mãe preparou um prato saboroso, como seu pai gostava. 15  Depois, Rebeca pegou roupas de Esaú, seu filho mais velho, as melhores que ela tinha na casa, e vestiu com elas Jacó, seu filho mais novo.+ 16  Ela também lhe cobriu as mãos e a parte sem pelos do pescoço com as peles dos cabritos.+ 17  E entregou a Jacó, seu filho, o prato saboroso e o pão que tinha preparado.+ 18  Então ele entrou onde estava seu pai e disse: “Pai!” E Isaque disse: “Estou aqui! Quem é você, meu filho?” 19  Jacó respondeu a seu pai: “Sou Esaú, seu primogênito.+ Fiz exatamente como o senhor me falou. Por favor, sente-se e coma da minha caça, para que o senhor* me abençoe.”+ 20  Nisto Isaque disse a seu filho: “Como você a achou tão rápido, meu filho?” Ele respondeu: “É que Jeová, seu Deus, a trouxe a mim.” 21  Isaque disse então a Jacó: “Aproxime-se, por favor, para que eu o apalpe, meu filho, para saber se você realmente é meu filho Esaú, ou não.”+ 22  Jacó se aproximou então de Isaque, seu pai, que o apalpou e depois disse: “A voz é a voz de Jacó, mas as mãos são as mãos de Esaú.”+ 23  Ele não o reconheceu porque as mãos dele estavam peludas como as mãos de Esaú, seu irmão. Assim, ele o abençoou.+ 24  Depois Isaque perguntou: “Você é realmente meu filho Esaú?” Ele respondeu: “Sou.” 25  Isaque lhe disse: “Traga um pouco da caça para eu comer, meu filho, e então eu abençoarei* você.” E Jacó o serviu, e ele comeu; levou-lhe vinho, e ele bebeu. 26  Isaque, seu pai, disse-lhe então: “Aproxime-se, por favor, e beije-me, meu filho.”+ 27  Ele se aproximou e o beijou, e o pai sentiu o cheiro de suas roupas.+ E ele o abençoou, dizendo: “Ah, o cheiro do meu filho é como o cheiro do campo que Jeová abençoou. 28  Que o verdadeiro Deus lhe dê o orvalho dos céus,+ e os solos férteis da terra,+ e fartura de cereais e de vinho novo.+ 29  Que povos o sirvam, e nações se curvem diante de você. Torne-se senhor sobre os seus irmãos, e que os filhos de sua mãe se curvem diante de você.+ Maldito seja todo aquele que o amaldiçoar e bendito seja todo aquele que o abençoar.”+ 30  Assim que Isaque acabou de abençoar Jacó, mal tendo Jacó saído da presença de seu pai Isaque, seu irmão Esaú voltou da caçada.+ 31  Ele também preparou um prato saboroso e o levou a seu pai, e disse a seu pai: “Levante-se, meu pai, e coma da caça do seu filho, para que o senhor* me abençoe.” 32  Diante disso, Isaque, seu pai, lhe disse: “Quem é você?” Esaú respondeu: “Sou seu filho, seu primogênito, Esaú.”+ 33  E Isaque começou a tremer violentamente, e disse: “Então quem foi à procura de caça e a trouxe para mim? Eu comi antes de você chegar, e eu o abençoei. Abençoado ele certamente ficará!” 34  Ao ouvir as palavras de seu pai, Esaú começou a clamar de maneira extremamente alta e amargurada, e disse a seu pai: “Abençoe-me, abençoe a mim também, meu pai!”+ 35  Mas ele disse: “Seu irmão veio e me enganou, para obter a bênção destinada a você.” 36  Nisto Esaú disse: “É com razão que o nome dele é Jacó,* pois me suplantou duas vezes!+ Já tomou o meu direito da primogenitura,+ e agora tomou a minha bênção!”+ Acrescentou então: “O senhor não reservou uma bênção para mim?” 37  Mas Isaque respondeu a Esaú: “Eu o constituí senhor sobre você,+ dei a ele todos os seus irmãos como servos e lhe concedi cereais e vinho novo para o seu sustento.+ O que ainda posso fazer por você, meu filho?” 38  Esaú disse a seu pai: “O senhor tem somente uma bênção, meu pai? Abençoe-me, abençoe a mim também, meu pai!” Com isso, Esaú começou a chorar alto.+ 39  Então Isaque, seu pai, lhe respondeu: “Veja, a sua morada será longe dos solos férteis da terra e longe do orvalho dos céus acima.+ 40  E você viverá pela espada+ e servirá o seu irmão.+ Mas, quando você não puder mais suportar,* certamente romperá o jugo dele de cima do seu pescoço.”+ 41  No entanto, Esaú guardou rancor de Jacó, por causa da bênção que seu pai lhe tinha dado,+ e Esaú dizia no coração: “Os dias de luto por meu pai estão chegando.+ Depois disso vou matar Jacó, meu irmão.” 42  Quando Rebeca foi informada das palavras de Esaú, seu filho mais velho, ela imediatamente mandou chamar Jacó, seu filho mais novo, e disse-lhe: “Olhe, seu irmão Esaú está planejando matar você para se vingar.* 43  Então, meu filho, faça o que eu digo: fuja depressa para a casa de Labão, meu irmão, em Harã.+ 44  More com ele por um tempo, até que o furor de seu irmão se acalme, 45  até que diminua a raiva que seu irmão tem de você e ele esqueça o que você lhe fez. Então eu mandarei um aviso para que volte. Por que eu deveria perder vocês dois num só dia?” 46  Depois, Rebeca disse a Isaque: “Odeio a minha vida por causa das filhas de Hete.+ Se Jacó tomar uma esposa dentre as filhas de Hete, como essas filhas desta terra, de que me adianta viver?”+

Notas de rodapé

Ou: “minha alma abençoará”.
Ou: “a sua alma”.
Ou: “minha alma abençoará”.
Ou: “a sua alma”.
Que significa “aquele que agarra o calcanhar; suplantador”.
Ou: “quando você ficar impaciente”.
Ou: “está consolando a si mesmo com a ideia de matar você”.

Notas de estudo

Mídia