O primeiro dos Reis 12:1-33

12  Roboão foi a Siquém, pois todo o Israel tinha ido a Siquém+ para fazê-lo rei.+  E Jeroboão, filho de Nebate, ficou sabendo disso (ele ainda estava no Egito, pois havia fugido por causa do rei Salomão e estava morando no Egito).+  Então mandaram chamá-lo. Depois, Jeroboão e toda a congregação de Israel foram a Roboão e disseram:  “Seu pai tornou duro o nosso jugo.+ Mas, se o senhor aliviar o serviço duro e tornar mais leve o jugo pesado* que o seu pai colocou sobre nós, nós serviremos o senhor.”  Então ele lhes disse: “Vão embora, e voltem a mim dentro de três dias.” Portanto, o povo foi embora.+  O rei Roboão consultou então os homens mais velhos* que haviam servido como conselheiros de Salomão, seu pai, durante a sua vida. Ele perguntou: “O que aconselham que eu responda a este povo?”  Eles responderam: “Se hoje o senhor se tornar servo deste povo, atender ao seu pedido e lhes der uma resposta favorável, eles sempre serão seus servos.”  No entanto, ele rejeitou o conselho dos homens mais velhos* e consultou os jovens que haviam crescido com ele e que agora eram seus ajudantes.+  Ele lhes perguntou: “Que conselho vocês me dão? Como devemos responder a este povo que me disse: ‘Torne mais leve o jugo que o seu pai colocou sobre nós’?” 10  Os jovens que haviam crescido com ele responderam: “A este povo que lhe disse: ‘Seu pai tornou pesado o nosso jugo, mas o senhor deve torná-lo mais leve para nós’, o senhor deve dizer o seguinte: ‘Meu dedo mínimo será mais grosso do que a cintura do meu pai. 11  Meu pai lhes impôs um jugo pesado, mas eu o tornarei ainda mais pesado. Meu pai castigou vocês com chicotes, mas eu os castigarei com chicotes farpados.’” 12  Jeroboão e todo o povo foram a Roboão no terceiro dia, assim como o rei tinha dito: “Voltem a mim daqui a três dias.”+ 13  Mas o rei deu uma resposta dura ao povo, rejeitando o conselho dos homens mais velhos.* 14  Seguindo o conselho dos jovens, ele disse: “Meu pai tornou pesado o jugo de vocês, mas eu o tornarei ainda mais pesado. Meu pai castigou vocês com chicotes, mas eu os castigarei com chicotes farpados.” 15  Assim, o rei não escutou o povo, porque o que estava acontecendo era da parte de Jeová,+ a fim de que se cumprisse a palavra que Jeová tinha falado por meio de Aías,+ o silonita, a Jeroboão, filho de Nebate. 16  Quando todo o Israel viu que o rei não quis escutá-los, o povo disse ao rei: “Que parte nós temos com Davi? Não temos herança com o filho de Jessé! Vão para os seus deuses, ó Israel. Agora cuide da sua própria casa, ó Davi!” Com isso os israelitas voltaram para as suas casas.*+ 17  Mas Roboão continuou a reinar sobre os israelitas que moravam nas cidades de Judá.+ 18  Então o rei Roboão lhes enviou Adorão,+ que supervisionava os convocados para trabalho obrigatório, mas todo o Israel o apedrejou até a morte. O rei Roboão conseguiu subir no seu carro de guerra e fugiu para Jerusalém.+ 19  Assim os israelitas se rebelaram+ contra a casa de Davi e continuam assim até hoje. 20  Assim que todo o Israel ouviu que Jeroboão tinha voltado, mandaram chamá-lo à assembleia e o fizeram rei sobre todo o Israel.+ Ninguém apoiou a casa de Davi, a não ser a tribo de Judá.+ 21  Quando Roboão chegou a Jerusalém, reuniu imediatamente toda a casa de Judá e a tribo de Benjamim, 180.000 guerreiros treinados,* a fim de lutar contra a casa de Israel e restituir o reinado a Roboão, filho de Salomão.+ 22  Então Semaías,+ o homem do verdadeiro Deus, recebeu a seguinte palavra do verdadeiro Deus: 23  “Diga a Roboão, filho de Salomão e rei de Judá, bem como a toda a casa de Judá, de Benjamim e ao restante do povo: 24  ‘Assim diz Jeová: “Não vão à guerra contra os seus irmãos israelitas. Volte cada um para a sua casa, pois fui eu que fiz isso acontecer.”’”+ Eles obedeceram à palavra de Jeová e voltaram para casa, assim como Jeová lhes havia ordenado. 25  Então Jeroboão construiu* Siquém+ na região montanhosa de Efraim, e ficou morando ali. Depois saiu de Siquém e construiu* Penuel.+ 26  Jeroboão disse no seu coração: “Agora o reino voltará para a casa de Davi.+ 27  Se este povo continuar a subir a Jerusalém para oferecer sacrifícios na casa de Jeová,+ o coração deste povo voltará para o seu senhor, Roboão, rei de Judá. Sim, eles me matarão e voltarão para Roboão, rei de Judá.” 28  Depois de se aconselhar, o rei fez dois bezerros de ouro+ e disse ao povo: “É muito difícil para vocês subir a Jerusalém. Aqui está o seu Deus, ó Israel, que o tirou da terra do Egito.”+ 29  Então colocou um bezerro em Betel+ e o outro em Dã.+ 30  E isso fez o povo pecar;+ eles iam até Dã para adorar o bezerro que ficava lá. 31  Ele fez santuários nos altos sagrados e designou homens do povo que não eram levitas para ser sacerdotes.+ 32  Jeroboão também instituiu uma festividade no décimo quinto dia do oitavo mês, igual à festividade que se realizava em Judá.+ No altar que fez em Betel,+ ele oferecia sacrifícios aos bezerros que tinha feito; e em Betel ele designou sacerdotes para os altos sagrados que tinha feito. 33  E no décimo quinto dia do oitavo mês, no mês que ele mesmo tinha escolhido, começou a fazer ofertas sobre o altar que tinha feito em Betel. Ele instituiu uma festividade para o povo de Israel e subiu ao altar para fazer ofertas e fumaça sacrificial.

Notas de rodapé

Ou: “opressivo”.
Ou: “anciãos”.
Ou: “anciãos”.
Ou: “anciãos”.
Lit.: “tendas”.
Lit.: “escolhidos”.
Ou: “fortificou”.
Ou: “fortificou”.

Notas de estudo

Mídia