Jeremias 37:1-21

37  E o Rei Zedequias,+ filho de Josias,+ começou a reinar em lugar de Conias,*+ filho de Jeoiaquim,+ a quem Nabucodorosor, rei de Babilônia, fizera rei na terra de Judá.+  E nem ele mesmo, nem os seus servos, nem o povo da terra* escutaram as palavras de Jeová,+ que ele falou por meio de Jeremias, o profeta.+  E o Rei Zedequias passou a enviar Jeucal,+ filho de Selemias,* e Sofonias,*+ filho de Maaséias,*+ o sacerdote, a Jeremias, o profeta, dizendo: “Por favor, ora por nós a Jeová, nosso Deus.”+  E Jeremias entrava e saía no meio do povo,+ visto que não o puseram na casa de detenção.  E havia uma força militar de Faraó saindo do Egito;+ e os caldeus que sitiavam Jerusalém chegaram a ouvir a notícia a respeito deles. Retiraram-se, pois, de Jerusalém.+  Então veio a haver a palavra de Jeová para Jeremias, o profeta, dizendo:  “Assim disse Jeová, o Deus de Israel: ‘Isto é o que deveis dizer ao rei de Judá, aquele que vos enviou a mim para consultar-me:+ “Eis que a força militar de Faraó, que está saindo a vós com o fim de prestar auxílio, terá de voltar à sua terra, o Egito.+  E os caldeus certamente retornarão e lutarão contra esta cidade, e a capturarão e a queimarão com fogo.”+  Assim disse Jeová: “Não enganeis as vossas almas,+ dizendo: ‘Os caldeus, sem falta, se retirarão de nós’, porque não se retirarão. 10  Pois, se vós tivésseis golpeado toda a força militar dos caldeus que lutam contra vós+ e restassem entre eles [apenas] homens* traspassados,+ levantar-se-iam, cada um deles na sua tenda, e realmente queimariam esta cidade com fogo.”’” 11  E aconteceu que, quando a própria força militar dos caldeus se tinha retirado de Jerusalém,+ por causa da força militar de Faraó,+ 12  Jeremias começou a sair de Jerusalém para ir à terra de Benjamim+ e obter [seu] quinhão ali no meio do povo. 13  Sucedeu, pois, quando estava no Portão de Benjamim,+ que estava ali o oficial que tinha a supervisão, cujo nome era Irijá, filho de Selemias, filho de Hananias. Ele pegou imediatamente Jeremias, o profeta, dizendo: “É para os caldeus que te estás bandeando!”* 14  Mas Jeremias disse: “É falso!+ Não me estou bandeando para os caldeus.” Mas ele não o escutou. Portanto, Irijá pegou Jeremias e o levou aos príncipes. 15  E os príncipes+ começaram a ficar indignados com Jeremias,+ e golpearam-no+ e puseram-no na casa dos grilhões,+ na casa de Jeonatã,+ o secretário, pois fora desta que fizeram a casa de detenção.+ 16  Quando Jeremias entrou na casa da cisterna+ e nos compartimentos abobadados, então Jeremias ficou morando ali por muitos dias. 17  E o Rei Zedequias passou a mandar trazê-lo, e o rei começou a fazer-lhe perguntas na sua casa, num esconderijo.+ E prosseguiu, dizendo: “Há alguma palavra da parte de Jeová?” A isto Jeremias disse: “Há!” E disse mais: “Serás entregue na mão do rei de Babilônia!”+ 18  Jeremias disse então ao Rei Zedequias: “De que modo pequei contra ti, e contra os teus servos, e contra este povo,+ que me pusestes na casa de detenção? 19  Onde é que estão os vossos profetas que vos profetizaram, dizendo: ‘O rei de Babilônia não virá contra vós e contra esta terra’?+ 20  E agora escuta, por favor, ó meu senhor, o rei. Por favor, lance-se diante de ti meu pedido de favor,+ e não me mandes de volta à casa de Jeonatã,+ o secretário, para que eu não morra ali.”+ 21  Por conseguinte, o Rei Zedequias deu ordens e eles puseram então Jeremias sob custódia no Pátio da Guarda;+ e ali se lhe deu diariamente um pão redondo da rua dos padeiros+ até que todo o pão se esgotou na cidade.+ E Jeremias continuou a morar no Pátio da Guarda.+

Notas de rodapé

Veja 22:24 n.
Veja 34:19 n.
Hebr.: She·lem·yáh. Veja 36:14 n.: “Selemias”.
Significando “Jeová Escondeu [ou: Entesourou]”. Hebr.: Tsefan·yá·hu.
Hebr.: Ma·‛ase·yáh. Veja 35:4 n.: “Maaséias”.
“Homens.” Hebr.: ’ana·shím, pl. de ’ish.
Ou “desertando”.