Jeremias 1:1-19

1  As palavras de Jeremias,*+ filho de Hilquias,* um dos sacerdotes que estavam em Anatote,+ na terra de Benjamim;+  para quem veio a haver a palavra de Jeová nos dias de Josias,+ filho de Amom,+ rei de Judá, no décimo terceiro ano do seu reinado.+  E continuou a ocorrer nos dias de Jeoiaquim,+ filho de Josias, rei de Judá, até o término do décimo primeiro ano de Zedequias,*+ filho de Josias, rei de Judá, até que Jerusalém foi ao exílio, no quinto mês.+  E começou a vir a haver para mim a palavra de Jeová, dizendo:  “Antes de formar-te no ventre,+ eu te conheci,+ e antes de saíres da madre, eu te santifiquei.+ Eu te constituí profeta para as nações.”  Mas eu disse: “Ai! Soberano Senhor Jeová! Eis que realmente nem sei falar,+ pois sou apenas rapaz.”*+  E Jeová prosseguiu, dizendo-me: “Não digas: ‘Sou apenas rapaz.’ Mas, deves ir a todos a quem eu te enviar; e deves falar tudo o que eu te ordenar.+  Não tenhas medo das suas faces,+ pois ‘eu estou contigo para te livrar’,+ é a pronunciação de Jeová.”  Então, Jeová estendeu a sua mão e fez que me tocasse na boca.+ Jeová disse-me então: “Eis que pus as minhas palavras na tua boca.+ 10  Vê, comissionei-te no dia de hoje para estares sobre as nações e sobre os reinos,+ para desarraigares, e para demolires, e para destruíres, e para derrubares,+ para construíres e para plantares.”+ 11  E continuou a vir a haver para mim a palavra de Jeová, dizendo: “Que estás vendo, Jeremias?” De modo que eu disse: “A vergôntea* duma amendoeira* é o que estou vendo.” 12  E Jeová prosseguiu, dizendo-me: “Viste bem, pois mantenho-me alerta* quanto à minha palavra, a fim de cumpri-la.”+ 13  E passou a vir a haver para mim a palavra de Jeová pela segunda vez, dizendo: “Que estás vendo?” De modo que eu disse: “Uma panela de boca larga sobre a qual se sopra* é o que estou vendo, e sua boca* está afastada do norte.” 14  Portanto, Jeová me disse: “Do norte será solta a calamidade contra todos os habitantes da terra.+ 15  Pois ‘eis que convoco todas as famílias dos reinos do norte’, é a pronunciação de Jeová;+ ‘e certamente virão e colocarão cada um o seu trono à entrada dos portões de Jerusalém,+ e contra todas as suas muralhas ao redor e contra todas as cidades de Judá.+ 16  E eu vou proferir-lhes meus julgamentos por toda a sua maldade,+ visto que me abandonaram+ e continuam a fazer fumaça sacrificial a outros deuses*+ e a curvar-se diante dos trabalhos das suas próprias mãos.’+ 17  “E quanto a ti, deves cingir teus quadris,+ e tens de levantar-te e falar-lhes tudo o que eu mesmo te ordeno. Não fiques aterrorizado por causa deles,+ para que eu não te aterrorize diante deles. 18  Mas, quanto a mim, eis que te fiz hoje uma cidade fortificada, e uma coluna de ferro, e muralhas de cobre+ contra toda a terra,+ para com os reis de Judá, para com os príncipes dela, para com os sacerdotes dela e para com o povo da terra.*+ 19  E por certo lutarão contra ti, mas não prevalecerão contra ti,+ pois ‘eu estou contigo’,+ é a pronunciação de Jeová, ‘para te livrar’.”+

Notas de rodapé

Significando “Jeová Solta [a madre]”; ou: “Jeová Exalta”. Hebr.: Yir·meyá·hu.
Significando “Meu Quinhão É Jeová”. Hebr.: Hhil·qi·yá·hu.
“De Zedequias.” Hebr.: leTsidh·qi·yá·hu, significando “Jeová É Justiça”.
Ou “pessoa jovem”. Hebr.: ná·‛ar.
Ou “bastão; vara”. Veja 1Sa 17:40, 43.
“Amendoeira.” Hebr.: sha·qédh, “acordador”; uma das primeiras árvores a florescer na primavera.
“Mantenho-me alerta.” Hebr.: sho·qédh, correspondendo a sha·qédh no v. 11.
“Sobre a qual se sopra”, com respeito ao fogo por baixo. Ou “acesa”, sugerindo uma fornalha.
Mediante uma correção; M: “face”. Veja Za 5:8.
“A . . . deuses.” Hebr.: le’·lo·hím.
“E para com o povo da terra.” Hebr.: u·le‛ám ha·’á·rets. Posteriormente usado em sentido depreciativo. Veja Jo 7:47-49.