Ir para conteúdo

Como é que as Testemunhas de Jeová encaram os funerais?

Como é que as Testemunhas de Jeová encaram os funerais?

O modo como encaramos e realizamos funerais é baseado na Bíblia. Veja o que a Bíblia diz sobre este assunto:

  • É normal ficarmos tristes quando alguém que amamos morre. Os discípulos de Jesus, por exemplo, choraram e ficaram muito tristes com a morte de pessoas que eles amavam. (João 11: 33-35, 38; Atos 8:2; 9:39) Por isso, para nós, um funeral não é uma ocasião para nos divertirmos. (Eclesiastes 3:1, 4; 7:1-4) Pelo contrário, encaramo-lo como uma oportunidade para mostrar empatia, ou seja, mostrar amor e consolar outros. — Romanos 12:15.

  • Os mortos estão inconscientes, ou seja, não sabem nada do que se passa. Não importa a nossa cultura ou origem, não praticamos nenhum costume que se baseie na crença de que os mortos estão conscientes e podem influenciar-nos. (Eclesiastes 9:5, 6, 10) Isto inclui celebrações para homenagear a pessoa que morreu, sacrifícios pelos mortos, conversar com eles ou fazer-lhes pedidos e participar em rituais de viuvez. Nós não realizamos nenhum destes costumes porque obedecemos à seguinte ordem da Bíblia: “Separem-se e parem de tocar em coisas impuras.” —  2 Coríntios 6:17.

  • Existe uma esperança para os mortos. A Bíblia ensina que haverá uma ressurreição e que um dia a morte deixará de existir. (Atos 24:15; Apocalipse 21:4) Assim como ajudou os cristãos no passado, esta esperança também nos ajuda a não ficarmos excessivamente tristes nem praticarmos rituais que desagradam a Deus. — 1 Tessalonicenses 4:13.

  • A Bíblia recomenda a modéstia. (Provérbios 11:2) Não achamos que os funerais sejam uma oportunidade de alguém mostrar que tem dinheiro. (1 João 2:16) Por isso, não organizamos funerais muito luxuosos, que têm como objetivo entreter as pessoas. Também, não compramos caixões muito caros nem usamos roupas muito chiques só para impressionar os presentes.

  • Não forçamos ninguém a aceitar as nossas crenças sobre funerais. Na verdade, seguimos o seguinte princípio: “Cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus.” (Romanos 14:12) No entanto, quando surge uma oportunidade, tentamos explicar as nossas crenças “com brandura e profundo respeito”. — 1 Pedro 3:15.

Como são os funerais das Testemunhas de Jeová?

Local: Se a família decidir fazer um funeral, pode realizá-lo onde achar mais apropriado. Por exemplo, pode ser num Salão do Reino, numa casa mortuária, numa casa particular, num crematório ou no próprio cemitério.

Cerimónia: Para consolar os amigos e familiares, é feito um discurso que explica o que a Bíblia diz sobre a morte e sobre a esperança da ressurreição. (João 11:25; Romanos 5:12; 2 Pedro 3:13) Durante o discurso podem destacar-se algumas qualidades da pessoa que morreu e talvez mostrar o que aprendemos do seu exemplo de fé. — 2 Samuel 1:17-27.

Pode cantar-se um cântico baseado na Bíblia. (Colossenses 3:16) No final, faz-se uma oração para consolar os presentes. —  Filipenses 4:6, 7.

Taxas ou coletas: Não cobramos nada por nenhum serviço religioso, o que inclui os funerais. Também não fazemos coletas nas nossas reuniões. — Mateus 10:8.

Assistência: Pessoas que não são Testemunhas de Jeová também podem ir a um funeral realizado num Salão do Reino. Assim como as nossas outras reuniões, os funerais são abertos ao público.

Será que as Testemunhas de Jeová assistem a funerais organizados por outras religiões?

Cada Testemunha de Jeová decide o que vai fazer com base na sua consciência treinada pela Bíblia. (1 Timóteo 1:19) No entanto, não participamos em nenhuma cerimónia que não esteja de acordo com a Bíblia. —  2 Coríntios 6:14-17.