Ir para conteúdo

Diga-lhes que os ama

Diga-lhes que os ama

Ong-Li é Testemunha de Jeová e vive na Bulgária. Ela estudava a Bíblia com Zlatka, uma jovem mulher casada, mas o marido de Zlatka não participava no estudo. Ong-Li conta: “Quando falámos sobre vida familiar, eu salientei que é muito importante dizer aos nossos maridos e aos nossos filhos que os amamos. Zlatka olhou para mim com um ar triste, e confessou que nunca tinha dito nem ao seu marido nem à sua filha de nove anos que os amava!”

Zlatka disse-lhe: “Eu estou disposta a fazer tudo por eles, mas essas palavras eu não consigo dizer. A minha mãe nunca me disse que me amava e a minha avó também nunca lho disse.” Então, Ong-Li mostrou a Zlatka que Jeová disse claramente a Jesus que o amava. (Mateus 3:17) Ela incentivou Zlatka a orar a Jeová e a pedir ajuda para conseguir dizer ao seu marido e à sua filha que os amava.

Ong-Li relata: “Dois dias depois, Zlatka estava muito feliz. Contou-me que tinha orado a Jeová a pedir ajuda e que, quando o marido chegou a casa, lhe disse que tinha aprendido na Bíblia como era importante uma esposa amar e respeitar o seu marido. Depois, esperou um pouco, e disse-lhe que o amava muito! Quando a sua filha chegou a casa, Zlatka abraçou-a e também lhe disse que a amava! Zlatka confessou-me: ‘Agora sinto-me aliviada! Durante anos, não consegui expressar os meus sentimentos, mas, com a ajuda de Jeová, já sou capaz de dizer à minha família quanto os amo.’”

Ong-Li continua a oferecer cursos bíblicos na sua localidade

“Uma semana depois,” conta Ong-Li, “encontrei o marido de Zlatka e ele disse-me: ‘Muitas foram as pessoas que me disseram que a minha esposa não devia estudar a Bíblia convosco, mas não há dúvida de que esse estudo é muito bom para a nossa família. Agora, temos um relacionamento mais carinhoso e feliz.’”