Ir para conteúdo

Uma “grande realização” na Estónia

Uma “grande realização” na Estónia

A Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas em estoniano foi indicada para o Prémio de Obra Linguística do Ano, de 2014, na Estónia. Ficou em terceiro lugar entre as 18 obras indicadas para o prémio.

Esta nova tradução da Bíblia foi lançada no dia 8 de agosto de 2014 e foi indicada para o prémio pela linguista Kristiina Ross, do Instituto da Língua Estoniana. Kristiina disse que a Tradução do Novo Mundo é “fácil e agradável de ler”. Ela também disse: “Com esta obra, demos um grande passo no campo da tradução em estoniano.” Rein Veidemann, professor universitário de literatura e cultura estoniana, disse que a nova tradução foi uma “grande realização”.

A primeira Bíblia completa em estoniano foi publicada em 1739, e, desde aquele ano, outras traduções foram lançadas. Então, porque é que a Tradução do Novo Mundo é uma “grande realização”?

Exatidão. Uma Bíblia popular em estoniano, publicada em 1988, traduziu o nome de Deus, “Jehoova” (Jeová), mais de 6800 vezes nas Escrituras Hebraicas (Velho Testamento). * A Tradução do Novo Mundo fez o mesmo, mas foi mais além. Esta tradução usou o nome de Deus também nas Escrituras Gregas Cristãs (Novo Testamento), onde havia razão válida para isso.

Clareza. Produzir uma tradução que seja ao mesmo tempo exata e fácil de ler é um grande desafio. Será que a Tradução do Novo Mundo conseguiu isso? Toomas Paul, um respeitado tradutor da Bíblia, escreveu sobre a Tradução do Novo Mundo no jornal Eesti Kirik (Igreja da Estónia): “[Esta Bíblia] certamente alcançou o objetivo de ser traduzida em estoniano fluente.” Ele acrescentou: “Posso garantir que é a primeira vez que se atinge este objetivo.”

A assistência usa a tradução estoniana

A reação dos estonianos à Tradução do Novo Mundo foi impressionante. Uma estação nacional de rádio apresentou um programa de 40 minutos sobre a nova Bíblia. Líderes religiosos e membros de igrejas pediram exemplares da Bíblia às Testemunhas de Jeová. Uma prestigiada escola em Tallinn solicitou 20 exemplares da Tradução do Novo Mundo para usar numa aula. Os estonianos gostam muito de livros, e as Testemunhas de Jeová estão felizes por produzirem uma tradução exata e clara do melhor livro já alguma vez escrito.

^ par. 5 Ain Riistan, professor de Estudos do Novo Testamento, da Universidade de Tartu, explicou a origem da pronúncia estoniana do nome de Deus, “Jehoova”. Ain concluiu: “Penso que o termo Jehoova é muito apropriado hoje. Não importa qual seja a sua origem, o nome tem [...] um significado vital e muito profundo para muitas gerações – Jehoova é o nome do Deus que enviou o seu Filho para resgatar a humanidade.”