Ir para conteúdo

A irmã Anastasiya Guzeva e o marido, Konstantin

2 DE ABRIL DE 2021
RÚSSIA

A irmã Anastasiya Guzeva pode ser presa por causa da sua fé

A irmã Anastasiya Guzeva pode ser presa por causa da sua fé

Data da leitura da sentença

O Tribunal da Comarca de Birobidzhan, da Região Autónoma Judaica, anunciará em breve a sentença no caso que envolve a irmã Anastasiya Guzeva. *

Perfil

Anastasiya Guzeva

  • Nascimento: 1979, em Birobidzhan

  • Dados biográficos: Tal como os seus dois irmãos, Anastasiya foi criada apenas pela mãe. Em criança, ela gostava de ler, de praticar desporto e de danças de salão. Quando tinha dez anos, encontrou uma Bíblia na casa da avó. Isso motivou-a a querer aprender mais sobre Deus. Mais tarde, ela e a mãe estudaram a Bíblia com as Testemunhas de Jeová e ambas foram batizadas em 1995. Casou-se com Konstantin em 2001.

Síntese do caso

Em maio de 2018, autoridades russas fizeram uma rusga ao apartamento de Anastasiya e Konstantin. Konstantin foi formalmente acusado de “extremismo” em julho de 2019, e Anastasiya em fevereiro de 2020. No total, 19 processos criminais foram iniciados contra 23 Testemunhas, na Região Autónoma Judaica.

A investigação criminal afetou significativamente a rotina de Anastasiya e de Konstantin. Por terem sido considerados “extremistas”, ambos tiveram de se despedir da escola de música onde trabalhavam. Em fevereiro de 2021, Konstantin recebeu uma sentença de dois anos e meio de prisão com pena suspensa.

Anastasiya descreve o que a ajudou a perseverar: “O melhor é partir do princípio de que iremos enfrentar perseguição e ensaiar mentalmente como vamos agir em situações difíceis. Por exemplo, ao lermos sobre os eventos durante o último dia de Jesus na Terra, é evidente que ele tinha pensado sobre como agiria quando fosse preso, [...] quando devia falar, quando devia ficar calado e o que devia dizer se falasse.”

Anastasiya explica que as palavras registadas em Romanos 8:38, 39 passaram a ter um significado especial para ela: “Essas palavras dão-me uma razão para me sentir alegre. Afinal, elas mostram que as duas personagens mais poderosas de todo o universo me amam – e ninguém me pode tirar esse amor. Lembrar-me disso motiva-me a perseverar e a ser corajosa.”

^ par. 3 A data da leitura da sentença nem sempre é anunciada com antecedência.