Ir para conteúdo

O irmão Viktor Stashevskiy

30 DE MARÇO DE 2021
NOTÍCIAS MUNDIAIS

Tribunal da Crimeia condena o irmão Viktor Stashevskiy a seis anos e meio de prisão

Tribunal da Crimeia condena o irmão Viktor Stashevskiy a seis anos e meio de prisão

Leitura da sentença

No dia 29 de Março de 2021, o Tribunal da Comarca de Gagarinskiy da Cidade de Sevastopol, na Crimeia, condenou o irmão Viktor Stashevskiy e sentenciou-o a seis anos e meio de prisão. Viktor foi imediatamente detido e levado para uma prisão. Ele vai apelar da decisão.

Perfil

Viktor Stashevskiy

  • Nascimento: 1966, em Kansk, no território de Krasnoyarsk, na Rússia

  • Dados biográficos: Mudou-se para Sevastopol, na Crimeia, em 1983. Reformou-se da marinha em 1993. Casou-se com Larisa em 2002. Eles têm duas filhas. Sempre se sentiu impressionado com a complexidade e a ordem do Universo, e queria conhecer o Criador. Estudar a Bíblia tem dado significado à vida dele. Batizou-se como Testemunha de Jeová em 2004.

Síntese do caso

No dia 4 de junho de 2019, agentes do Serviço Federal de Segurança (FSB) fizeram buscas em dez casas de Testemunhas de Jeová em Sevastopol. Algumas rusgas chegaram a durar até quatro horas. Durante esse tempo, os agentes do FSB não permitiram que os irmãos e as suas famílias bebessem água ou usassem a casa de banho. Os agentes também tentaram intimidar os irmãos, ameaçando danificar as suas propriedades e esconder drogas ilegais nas suas casas para que parecessem culpados.

Em resultado das rusgas, o irmão Viktor Stashevskiy foi preso e detido durante a noite. Ele está a ser acusado de “ser o líder de uma organização extremista”. Na realidade, ele está a ser julgado por causa das suas crenças religiosas, o que é uma violação clara dos seus direitos constitucionais.

Viktor diz que a sua rotina de ler a Bíblia regularmente e meditar nela tem-no ajudado a ser corajoso e a perseverar com alegria. Ele tem encontrado forças, em especial, nas palavras do Rei David, registadas no Salmo 62:5-8. Durante todas estas provações, Viktor diz: “A minha relação com Jeová tornou-se mais forte porque ele tem estado sempre ao meu lado e tornou-se mais próximo de mim do que qualquer outra pessoa. Eu nunca tive qualquer dúvida de que Jeová vê a minha aflição e o meu desejo de permanecer fiel a ele e que, no momento certo, ele viria em minha defesa por causa do seu grande nome.”

Nós sabemos que Jeová irá apoiar e abençoar Viktor, a sua família, e todos os nossos irmãos e irmãs que sofrem perseguição. Jeová vai continuar a ser o seu refúgio e a sua fortaleza. — Salmo 91:2.