Ir para conteúdo

TEXTOS BÍBLICOS EXPLICADOS

Romanos 10:13: “Invocar o nome do Senhor”

Romanos 10:13: “Invocar o nome do Senhor”

“Todo aquele que invocar o nome de Jeová será salvo.” — Romanos 10:13, Tradução do Novo Mundo.

“Todo o que invocar o nome do Senhor será salvo!” — Romanos 10:13, Missionários Capuchinhos.

Significado de Romanos 10:13

Deus é imparcial. Ele dá a todas as pessoas a oportunidade de se salvarem e de terem vida eterna, não importa a sua nacionalidade, raça ou condição social. No entanto, para isso, temos de invocar o nome de Jeová, o nome pessoal do Deus Todo-Poderoso. * — Salmo 83:18.

Na Bíblia, a expressão “invocar o nome de Jeová” significa mais do que apenas saber o nome de Deus e usá-lo na adoração. (Salmo 116:12-14) Inclui confiar em Deus e recorrer a Ele em busca de ajuda. — Salmo 20:7; 99:6.

O nome de Deus era importante para Jesus. As primeiras palavras da sua oração-modelo foram: “Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome” – isto é, seja tratado como sagrado. (Mateus 6:9) Jesus também mostrou que, se quisermos ganhar a vida eterna, temos de conhecer, obedecer e amar a Pessoa por trás desse nome. — João 17:3, 6, 26.

Porque é que podemos concluir que Jeová é “o Senhor” referido em Romanos 10:13, na tradução dos Missionários Capuchinhos? Porque este versículo cita Joel 2:32, onde, no texto original em hebraico, aparece o nome de Deus, não o título “Senhor”. *

Contexto de Romanos 10:13

Em Romanos, capítulo 10, a Bíblia mostra que uma boa relação com Deus depende da fé que cada pessoa tem em Jesus Cristo. (Romanos 10:9) Esta ideia é apoiada por várias citações do que é conhecido como o Velho Testamento. Uma pessoa demonstra que tem fé através da “declaração pública”, que inclui pregar as boas novas da salvação aos descrentes. Em resultado disso, outros recebem a oportunidade de desenvolver a fé que conduz à vida. — Romanos 10:10, 14, 15, 17.

Leia Romanos, capítulo 10, e aceda a notas de rodapé e a referências cruzadas.

^ par. 3 O nome de Deus aparece cerca de 7000 vezes nos antigos manuscritos bíblicos. Em hebraico, o nome divino é composto por um conjunto de quatro letras, conhecido como o Tetragrama. Em português, o nome de Deus é, normalmente, traduzido como “Jeová”; no entanto, alguns estudiosos preferem a forma “Iavé”.

^ par. 6 É provável que os escritores cristãos da Bíblia usassem o nome de Deus quando citavam textos do chamado “Velho Testamento” que continham esse nome. A obra The Anchor Bible Dictionary (Dicionário Bíblico Anchor) afirma: “Há evidências de que o Tetragrama, o Nome Divino, Yahweh, aparecia no N[ovo] T[estamento] em algumas ou em todas as citações do V[elho] T[estamento] quando os documentos do NT foram originalmente escritos.” (Volume 6, página 392) Para mais informações, veja “O Nome Divino nas Escrituras Gregas Cristãs”, no Apêndice A5 da edição revista da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada. Está também disponível, em inglês, no apêndice C2 da edição de estudo da New World Translation of the Holy Scriptures, uma lista de traduções da Bíblia que usam o nome divino em Romanos 10:13.