Ir para conteúdo

Qual era a aparência de Jesus?

Qual era a aparência de Jesus?

A resposta da Bíblia

Ninguém sabe, exatamente. A Bíblia não descreve a aparência de Jesus. Isso indica que a aparência dele não é a coisa mais importante. No entanto, a Bíblia dá-nos uma ideia de como Jesus era.

  • Características: Jesus era judeu e provavelmente tinha as características do povo da sua mãe. (Hebreus 7:14) Pelos vistos, Jesus não era muito diferente dos outros, tanto é que em certa ocasião ele viajou secretamente da Galileia para Jerusalém e não foi reconhecido. (João 7:10, 11) A aparência de Jesus não se destacava nem entre os seus discípulos. Prova disso é que Judas Iscariotes teve de identificar Jesus no meio de uma multidão, o que mostra que ele era parecido com as outras pessoas. — Mateus 26:47-49.

  • Cabelo: É pouco provável que Jesus tivesse cabelo comprido porque a Bíblia diz que “ter cabelo comprido é uma desonra para o homem”. — 1 Coríntios 11:14.

  • Barba: Jesus tinha barba. Ele seguia a lei judaica, que proibia os homens de ‘aparar a barba de forma a desfigurá-la’. (Levítico 19:27; Gálatas 4:4) Além disso, a Bíblia também menciona a barba de Jesus numa profecia sobre o sofrimento pelo qual ele passaria. — Isaías 50:6.

  • Corpo: Tudo indica que Jesus era forte fisicamente. Durante o seu ministério, ele viajou vários quilómetros a pé. (Mateus 9:35) Em duas ocasiões, ele foi até ao templo e derrubou as mesas dos vendedores. Numa dessas ocasiões, ele expulsou, com um chicote de cordas, os animais que estavam a ser vendidos ali. (Lucas 19:45, 46; João 2:14, 15) Uma enciclopédia * diz: “A inteira narrativa dos Evangelhos indica que [Jesus] era forte e tinha uma boa saúde física.” — Volume IV, página 884.

  • Expressões faciais: Jesus era amoroso e importava-se com as pessoas. Sem dúvida, as expressões faciais dele mostravam isso. (Mateus 11:28, 29) Todo o tipo de pessoas procuravam Jesus em busca de consolo e ajuda. (Lucas 5:12, 13; 7:37, 38) Até as crianças se sentiam à vontade ao pé de Jesus. — Mateus 19:13-15; Marcos 9:35-37.

Mitos sobre a aparência de Jesus

Mito: Alguns acreditam que Jesus tinha características do povo africano porque o livro de Apocalipse compara o cabelo dele à lã e os seus pés ao “bronze fundido”. — Apocalipse 1:14, 15, A Bíblia Para Todos.

Facto: O livro de Apocalipse usa uma linguagem simbólica. (Apocalipse 1:1) Ao descrever o cabelo e os pés de Jesus, o livro não está a falar sobre a aparência dele quando estava na Terra, mas sim sobre algumas qualidades que Jesus teria depois de ser ressuscitado. Apocalipse 1:14 diz que a “cabeça [de Jesus] e os seus cabelos eram brancos como lã branca, como neve”. A comparação é com a cor do cabelo de Jesus, não com o tipo de cabelo dele. Essa comparação destaca que Jesus era sábio, assim como uma pessoa que tem cabelos brancos geralmente é. — Apocalipse 3:14.

Os pés de Jesus são “semelhantes a cobre refinado, quando reluz na fornalha”. (Apocalipse 1:15) O rosto de Jesus também é descrito “como o sol a brilhar com toda a sua força”. (Apocalipse 1:16) Nenhum povo, no mundo, tem este tipo de características físicas. Isso indica que esta descrição é apenas simbólica, e significa que, depois de ser ressuscitado, Jesus passou a ‘morar em luz inacessível’, ou seja, nenhum humano pode vê-lo. — 1 Timóteo 6:16.

Mito: Jesus era fraco e frágil.

Facto: Muito pelo contrário, Jesus era forte e corajoso. Por exemplo, quando pessoas armadas foram prendê-lo, ele identificou-se corajosamente. (João 18:4-8) Jesus também devia ser forte, já que trabalhava como carpinteiro, que é um trabalho braçal. — Marcos 6:3.

Então, porque é que Jesus precisou de ajuda para carregar a estaca na qual foi morto? E porque é que ele morreu antes dos outros homens que foram executados junto com ele? (Lucas 23:26; João 19:31-33) Pouco antes de ser morto, Jesus ficou extremamente debilitado. Ele tinha passado a noite toda em claro, em parte devido às preocupações que tinha. (Lucas 22:42-44) Durante a noite, ele foi maltratado pelos judeus, e na manhã seguinte foi torturado pelos romanos. (Mateus 26:67, 68; João 19:1-3) Tudo isto fez com que Jesus acabasse por morrer mais depressa.

Mito: Jesus era uma pessoa séria e triste.

Facto: Jesus refletia de forma perfeita as qualidades do seu Pai, Jeová, a quem a Bíblia descreve como “Deus feliz”. (1 Timóteo 1:11; João 14:9) Na verdade, Jesus ensinou o que as pessoas precisam de fazer para serem felizes. (Mateus 5:3-9; Lucas 11:28) Isso mostra que Jesus era uma pessoa feliz, e as expressões faciais dele refletiam isso.

^ par. 7 Título da enciclopédia: Cyclopedia of Biblical, Theological, and Ecclesiastical Literature, de McClintock e Strong.