Ir para conteúdo

“Eu quero morrer”: Será que a Bíblia me pode ajudar quando tenho pensamentos suicidas?

“Eu quero morrer”: Será que a Bíblia me pode ajudar quando tenho pensamentos suicidas?

A resposta da Bíblia

Sim! A Bíblia vem de “Deus, que consola os desanimados”. (2 Coríntios 7:6) Embora a Bíblia não seja um livro de saúde mental, já ajudou muitas pessoas a superar pensamentos suicidas. Os seus conselhos práticos também o podem ajudar a si.

 Que conselhos práticos é que a Bíblia dá?

  • Fale sobre os seus sentimentos.

    O que a Bíblia diz: “O verdadeiro amigo ama em todos os momentos e torna-se um irmão em tempos de aflição.” — Provérbios 17:17.

    Significado: Nós precisamos da ajuda dos outros quando lutamos contra pensamentos negativos.

    Se guardar os seus sentimentos para si mesmo, carregará um peso que se tornará insuportável. Mas, se partilhar os seus sentimentos com alguém, pode começar a sentir-se um pouco melhor e talvez até consiga ter um ponto de vista mais positivo da sua situação.

    Tente o seguinte: Converse com alguém hoje, talvez com um familiar ou um amigo de confiança. * Também pode escrever aquilo que sente.

  • Procure ajuda médica.

    O que a Bíblia diz: “As pessoas saudáveis não precisam de médico, mas sim os doentes.” — Mateus 9:12.

    Significado: Devemos procurar ajuda médica quando estamos doentes.

    Os pensamentos suicidas podem ser um sintoma de uma doença mental ou emocional. Se este for o caso, não precisamos de ter vergonha, tal como não nos envergonhamos de uma doença física. As doenças mentais e emocionais podem ser tratadas.

    Tente o seguinte: Procure a ajuda de um médico qualificado assim que possível.

  • Lembre-se de que Deus se importa consigo.

    O que a Bíblia diz: “Não se vendem cinco pardais por duas moedas de pequeno valor? Contudo, nem sequer um deles é esquecido por Deus. [...] Não tenham medo; vocês valem mais do que muitos pardais.” — Lucas 12:6, 7.

    Significado: Você é muito precioso para Deus.

    Talvez sinta que ninguém se importa com os seus sentimentos, mas Deus entende o seu sofrimento. Ele importa-se consigo, mesmo que tenha perdido a vontade de viver. O Salmo 51:17 diz: “Um coração quebrantado e esmagado, ó  Deus, não rejeitarás.” Deus ama-o e, por isso, quer que você viva.

    Tente o seguinte: Examine as provas que a Bíblia dá de que Deus o ama. Por exemplo, leia o capítulo  24 do livro Achegue-se a Jeová.

  • Ore a Deus.

    O que a Bíblia diz: “Ao passo que lançam sobre [Deus] toda a vossa ansiedade, porque ele cuida de vocês.” — 1 Pedro 5:7.

    Significado: Deus convida-o a contar-lhe abertamente como realmente se sente e o que o preocupa.

    Deus pode dar-lhe paz interior e forças para continuar. (Filipenses 4:6, 7, 13) É desta maneira que Deus ajuda aqueles que oram a Ele de coração. — Salmo 55:22.

    Tente o seguinte: Ore a Deus hoje. Use o seu nome, Jeová, e conte-lhe o que sente. (Salmo 83:18) Peça-lhe que ele o ajude a continuar a lutar.

  • Pense na esperança da Bíblia para o futuro.

    O que a Bíblia diz: “Temos esta esperança como uma âncora para a nossa vida, tanto segura como firme”. — Hebreus 6:19, nota.

    Significado: As suas emoções podem ter altos e baixos, assim como um navio que é sacudido pelas ondas durante uma tempestade. Mas a esperança que encontramos na Bíblia pode ajudá-lo a sentir-se mais estável.

    Esta esperança não é um sonho. É baseada na promessa de Deus de remover as causas do nosso sofrimento. — Apocalipse 21:4.

    Tente o seguinte: Aprenda mais sobre a esperança que a Bíblia dá. Leia a lição 5 da brochura Boas Notícias de Deus Para Si!

  • Faça algo de que goste.

    O que a Bíblia diz: “O coração alegre é um bom remédio.” — Provérbios 17:22.

    Significado: Fazer coisas que nos dão alegria pode melhorar a nossa saúde mental ou emocional.

    Tente o seguinte: Faça algo que, normalmente, o leva a sentir-se bem. Por exemplo, oiça música que o anime, leia algo encorajador ou dedique-se a um passatempo. Também vai sentir-se mais feliz se ajudar os outros, mesmo que seja em pequenas coisas. — Atos 20:35.

  • Cuide da sua saúde física.

    O que a Bíblia diz: “O exercício físico traz algum benefício.” — 1 Timóteo 4:8.

    Significado: Fazer exercício, dormir o suficiente e comer alimentos saudáveis é benéfico.

    Tente o seguinte: Faça uma caminhada rápida, nem que seja por 15 minutos.

  • Lembre-se de que os seus sentimentos e as suas circunstâncias mudam.

    O que a Bíblia diz: ‘Vocês nem sequer sabem como será a vossa vida amanhã.’ — Tiago 4:14.

    Significado: Um problema angustiante, mesmo que pareça não ter solução, pode ser temporário.

    Não importa quão desesperadora a sua situação possa parecer hoje, ela pode mudar amanhã. Por isso, procure maneiras de superar a situação. (2 Coríntios 4:8) É provável que, com o tempo, a sua situação angustiante mude, mas não se pode reverter um suicídio.

    Tente o seguinte: Leia, na Bíblia, histórias de pessoas que ficaram tão desanimadas que queriam morrer, e veja como a vida delas melhorou, na maioria das vezes, de forma imprevisível. Considere alguns exemplos.

 Será que a Bíblia fala sobre pessoas que queriam morrer?

Sim. A Bíblia fala de pessoas que, de facto, disseram: “Eu quero morrer.” Deus não as repreendeu, mas ajudou-as. Deus também pode fazer o mesmo por si.

Elias

  • Quem foi Elias? Elias era um profeta corajoso. Mas, às vezes, também ficava desanimado. Tiago 5:17 diz: “Elias era um homem com sentimentos iguais aos nossos.”

  • Porque é que ele quis morrer? Num certo momento, Elias sentiu-se sozinho, com medo e inútil. Ele implorou: “Jeová, tira-me a vida.” — 1 Reis 19:4.

  • O que é que o ajudou? Elias contou a Deus exatamente como se sentia. Como é que Deus o encorajou? Deus mostrou que se preocupava com Elias e demonstrou-lhe o Seu poder. Deus também lhe garantiu que precisava dele e deu-lhe um ajudante bondoso e qualificado.

  • Leia sobre Elias: 1 Reis 19:2-18.

  • Quem foi Jó? Jó era um homem rico, que tinha uma grande família e que adorava fielmente o verdadeiro Deus.

  • Porque é que ele quis morrer? A vida de Jó sofreu, de repente, uma grande mudança e aconteceram-lhe muitas coisas más. Ele perdeu tudo o que tinha, todos os seus filhos morreram num desastre e ele teve uma doença terrível. Por fim, foi cruel e falsamente acusado de ser o responsável pelos seus problemas. Jó disse: “Detesto a minha vida, não quero viver mais.” — Jó 7:16.

  • O que é que o ajudou? Jó orou a Deus e conversou com outros. (Jó 10:1-3) Ele foi encorajado por um amigo bondoso, Eliú, que o ajudou a colocar a sua situação na perspetiva correta. Acima de tudo, Jó aceitou o conselho e a ajuda de Deus.

  • Leia sobre Jó: Jó 1:1-3, 13-22; 2:7; 3:1-13; 36:1-7; 38:1-3; 42:1, 2, 10-13.

Moisés

  • Quem foi Moisés? Moisés foi um líder do antigo povo de Israel e um profeta fiel.

  • Porque é que ele quis morrer? Moisés tinha muito trabalho para fazer, era constantemente criticado e sentia-se esgotado. Então, ele clamou a Deus: “Por favor, mata-me agora mesmo.” — Números 11:11, 15.

  • O que é que o ajudou? Moisés contou a Deus como é que se sentia. Deus ajudou Moisés por aliviar a sua carga de trabalho, diminuindo assim o stress dele.

  • Leia sobre Moisés: Números 11:4-6, 10-17.

^ par. 14 Se os seus pensamentos suicidas forem muito fortes e não tiver ninguém de confiança disponível para falar consigo, telefone para uma linha de prevenção do suicídio ou para o número de emergência.