Ir para conteúdo

O que é necessário para entender a Bíblia?

O que é necessário para entender a Bíblia?

A resposta da Bíblia

A própria Bíblia mostra o que é necessário para a entender. Seja qual for a sua formação, a mensagem de Deus na Bíblia ‘não é demasiado difícil para si, nem está fora do seu alcance’. — Deuteronómio 30:11.

O que é necessário

  1. Ter a atitude correta. Aceite a Bíblia como a Palavra de Deus. Seja humilde, pois Deus opõe-se aos orgulhosos. (1 Tessalonicenses 2:13; Tiago 4:6) Mas evite a fé cega. Deus quer que você use a sua “faculdade de raciocínio”. — Romanos 12:1, 2.

  2. Orar a pedir sabedoria. A Bíblia diz: “Não te fies na tua própria inteligência.” (Provérbios 3:5, Tradução da Sociedade Bíblica Portuguesa) Por isso, ‘persista em pedir’ a Deus sabedoria para entender a Bíblia. — Tiago 1:5.

  3. Ser regular. Tirará mais proveito do estudo da Bíblia se o fizer com regularidade, e não apenas de vez em quando. — Josué 1:8.

  4. Estudar por assunto. Um método muito bom para aprender o que as Escrituras ensinam é analisar o que a Bíblia diz por assuntos. Comece com “as primeiras lições”, por assim dizer, e passe para o ‘ensino de adultos’, ou seja, mais avançado. (Hebreus 6:1, 2, Bíblia na Linguagem de Hoje) Quando comparar textos bíblicos, perceberá que várias partes da Bíblia se explicam umas às outras, mesmo as que são “difíceis de entender”. — 2 Pedro 3:16.

  5. Obter ajuda. A Bíblia incentiva-nos a aceitar a ajuda de quem a entende. (Atos 8:30, 31) As Testemunhas de Jeová oferecem um estudo bíblico gratuito. Assim como os primeiros cristãos, elas usam referências bíblicas para ajudar outros a entenderem o que a Bíblia realmente ensina. — Atos 17:2, 3.

O que não é necessário

  1. Muita escolaridade. Os 12 apóstolos de Jesus entendiam as Escrituras e ensinavam outros, embora alguns os considerassem pessoas “simples e sem instrução”. — Atos 4:13, BLH.

  2. Dinheiro. Não é preciso pagar nada para aprender o que a Bíblia ensina. Jesus disse aos seus discípulos: “Receberam de graça; portanto, deem de graça.” — Mateus 10:8.