Ir para conteúdo

O que é a fera de sete cabeças de Apocalipse capítulo 13?

O que é a fera de sete cabeças de Apocalipse capítulo 13?

A resposta da Bíblia

A fera de sete cabeças em Apocalipse (Revelação) 13:1 representa o sistema político mundial.

  • A fera tem autoridade, poder e um trono. Isso indica que essa fera é um sistema político. — Apocalipse 13:2.

  • Ela governa sobre “todas as tribos, povos, línguas e nações”; por isso, é maior do que o governo de um único país. — Apocalipse 13:7.

  • Possui as características das quatro feras descritas na profecia em Daniel 7:2-8: aparência de um leopardo, pés de um urso, boca de um leão e dez chifres. As feras na profecia de Daniel são identificadas como reis específicos, ou reinos políticos, que sucessivamente controlaram impérios. (Daniel 7:17, 23) Portanto, a fera de Apocalipse capítulo 13 representa uma organização política coletiva.

  • A fera sai “do mar”. Isso significa que os governos humanos originam-se da humanidade instável e desobediente a Deus. — Apocalipse 13:1; Isaías 17:12, 13.

  • A Bíblia refere que o número, ou nome, da fera – 666 – é um “número humano”. (Apocalipse 13:17, 18) Essa expressão indica que a fera em Apocalipse capítulo 13 representa uma entidade humana, não espiritual ou demoníaca.

As nações, no geral, não têm muito em comum, mas todas estão unidas na sua determinação de manter a própria autoridade em vez de se sujeitarem ao Reino de Deus. (Salmo 2:2) Na guerra do Armagedon, as nações também irão unir-se para lutar contra o exército de Deus, comandado por Jesus Cristo. No entanto, todas serão destruídas. — Apocalipse 16:14, 16; 19:19, 20.

“Dez chifres e sete cabeças”

Na Bíblia, alguns números são usados de modo simbólico: por exemplo, os números dez e sete significam totalidade. A chave para entender o que representam os “dez chifres e sete cabeças” da fera de Apocalipse capítulo 13 é a “imagem da fera”, identificada mais à frente em Apocalipse. Essa segunda fera é de cor escarlate e tem sete cabeças e dez chifres. (Apocalipse 13:1, 14, 15; 17:3) A Bíblia diz que as sete cabeças dessa fera representam “sete reis”, ou governos. — Apocalipse 17:9, 10.

Do mesmo modo, as sete cabeças da fera de Apocalipse 13:1 representam sete governos: Egito, Assíria, Babilónia, Medo-Pérsia, Grécia, Roma e a potência Anglo-Americana – as principais potências políticas que dominaram ao longo da História e que lideraram a perseguição do povo de Deus. Se os dez chifres (que normalmente simbolizam governos) representam todos os estados soberanos, pequenos e grandes, então o diadema, ou coroa (que muitas vezes é um símbolo de poder e autoridade), em cada chifre indica que outras nações governam no mesmo período que a principal potência política da época.