Ir para conteúdo

Como controlar as suas preocupações

Como controlar as suas preocupações

Ficar demasiado preocupado pode prejudicar a sua saúde física e emocional. Até pode levar a problemas maiores do que aquele com que estava preocupado inicialmente.

Sugestões para não se preocupar tanto

  • Limite a quantidade de notícias negativas a que se expõe. Quando algo grave acontece, não precisamos de ficar a saber todos os detalhes. Ficar demasiado tempo a ver notícias negativas só vai aumentar os seus sentimentos de medo e desânimo.

    Princípio bíblico: “O espírito abatido consome a energia da pessoa.” — Provérbios 17:22.

    “Os meios de comunicação estão sempre a dar notícias novas e chocantes, e é fácil ficar viciado em querer estar sempre a par das novidades. Mas esse hábito não nos faz bem. A minha preocupação diminui significativamente quando reduzo a quantidade de notícias que vejo.” — John.

    Para pensar: Com que frequência é que você realmente precisa de ver as notícias?

  • Mantenha uma rotina. Tente acordar, comer, cuidar das suas tarefas e ir para a cama todos os dias à mesma hora. Ter um horário fixo vai dar-lhe uma sensação de normalidade e vai ajudá-lo a reduzir as suas preocupações.

    Princípio bíblico: “Os planos do diligente certamente dão bons resultados.” — Provérbios 21:5.

    “Quando a pandemia da COVID-19 começou, eu perdi completamente a minha rotina e comecei a gastar demasiado tempo com diversão. Mas, depois, decidi usar melhor o meu tempo e, por isso, estabeleci um horário para tratar das minhas responsabilidades diárias.” — Joseph.

    Para pensar: Está a seguir uma rotina que lhe dê uma sensação de realização no fim de cada dia?

  • Concentre-se em coisas positivas. Ficar a pensar no que poderia ter acontecido ou no que poderá correr mal no futuro é como lenha para a fogueira: só vai aumentar as suas preocupações. Em vez disso, pense em duas ou três coisas pelas quais está grato.

    Princípio bíblico: “Mostrem-se gratos.” — Colossenses 3:15.

    “Ler a Bíblia ajuda-me a não encher a mente com informações negativas e a concentrar-me em coisas positivas. Podemos já ter ouvido isto muitas vezes, mas funciona mesmo!” — Lisa.

    Para pensar: Tem a tendência de ficar a pensar nas coisas negativas e de se esquecer das coisas positivas que estão a acontecer na sua vida?

  • Pense nos outros. É fácil isolarmo-nos quando estamos muito preocupados. No entanto, em vez de se isolar, pense no que pode fazer por aqueles que precisam de ajuda.

    Princípio bíblico: ‘Procurem não apenas os vossos próprios interesses, mas também os interesses dos outros.’ — Filipenses 2:4.

    “Fazer coisas pelos outros faz-me feliz. Eu esforço-me para fazer os outros sentirem-se bem e, ao mesmo tempo, as minhas preocupações diminuem. Aliás, já nem tenho tempo para ficar preocupada.” — Maria.

    Para pensar: Pense nas pessoas que conhece. Quem é que talvez esteja a precisar de alguma ajuda? E o que é que pode fazer para ajudar essas pessoas?

  • Cuide da sua saúde. Faça exercício físico e durma o suficiente. Tenha uma alimentação saudável. Cuidar da sua saúde física pode ajudá-lo a ter um ponto de vista mais positivo sobre a vida e a afastar as preocupações da sua mente.

    Princípio bíblico: “O exercício físico traz algum benefício.” — 1 Timóteo 4:8.

    “Eu e o meu filho não conseguimos fazer tanto exercício ao ar livre como gostaríamos, por isso criámos o hábito de fazer exercício em casa. Isso ajuda-nos a sentirmo-nos bem connosco próprios e, até, a lidar melhor um com o outro.” — Catherine.

    Para pensar: Precisa de melhorar a sua alimentação ou de fazer mais exercício físico para ser mais saudável?

Além de aplicarem estas sugestões, muitas pessoas têm sentido alívio das suas preocupações quando passam a conhecer as promessas de um futuro melhor encontradas na Bíblia. Veja o artigo “O que é que o Reino de Deus vai fazer no futuro?