Ir para conteúdo

SERÁ QUE HOUVE UM PROJETO?

O mergulho do ganso-patola

O mergulho do ganso-patola

O ganso-patola é uma grande ave marinha que, ao mergulhar em direção à superfície do mar, é capaz de alcançar uma velocidade de 190 quilómetros por hora. Quando a ave atinge a água, pode sofrer um impacto 20 vezes superior à força da gravidade. Como é que o ganso-patola consegue sobreviver e, ainda, repetir estes mergulhos incríveis?

Analise o seguinte: Antes de o ganso-patola atingir a água, ele retrai as asas, ganhando uma forma aerodinâmica, semelhante a uma flecha. Além disso, ele cobre os olhos com uma membrana protetora, e faz com que certos órgãos do seu pescoço e do seu peito fiquem insuflados, e estes amortecem o impacto como se fossem airbags.

Assim que o ganso-patola perfura a superfície do mar, o seu bico, cabeça e pescoço adquirem a forma de um cone. Assim, a força do impacto é distribuída uniformemente por todos os músculos robustos do pescoço. E, num instante, a ave reajusta os olhos para ver debaixo de água.

Que profundidade pode atingir um ganso-patola ao mergulhar? Só com o impulso do mergulho, pode alcançar uma profundidade de quase 11 metros, mas consegue descer ainda mais se bater as asas semidobradas e as patas em forma de barbatana. Na verdade, já se observou algumas dessas aves a atingirem profundidades superiores a 25 metros. Depois de mergulhar, o ganso-patola flutua sem esforço até à superfície, pronto para voar outra vez.

Veja os gansos-patola a mergulhar

Alguns investigadores criaram gansos-patola biónicos para serem usados em operações de busca e salvamento. Esses robôs deveriam ser capazes de voar, mergulhar na água e, depois, voltar a voar. Contudo, durante os testes do protótipo, um dos robôs partiu-se várias vezes, devido à força com que embatia na superfície da água. Isso levou os investigadores a concluir que o seu protótipo “não era eficaz a mergulhar, quando comparado com o ganso-patola”.

O que acha? Será que a capacidade de mergulho do ganso-patola é resultado da evolução? Ou será que houve um projeto?