Ir para conteúdo

Será Que Houve Um Projeto?

A estrutura dos dentes da lapa

A estrutura dos dentes da lapa

A lapa, um molusco aquático com uma concha cónica, está equipada com dentes excecionalmente fortes. Estes são constituídos por estruturas compactas de pequenas fibras de um mineral duro chamado goethite. Essas fibras encontram-se no interior de uma base de proteínas menos duras.

Analise o seguinte: A rádula da lapa, um apêndice similar a uma língua, está coberta de filas de dentes curvos que funcionam como uma lima. Cada dente tem menos de um milímetro de comprimento e tem de ser extremamente forte e duro, a fim de conseguir raspar da superfície das rochas as algas de que a lapa se alimenta.

Alguns investigadores usaram um microscópio muito potente para medir a força a que os dentes podem ser sujeitos sem se partirem. Eles descobriram que os dentes da lapa têm uma resistência à tração maior do que qualquer outro material de origem biológica alguma vez examinado, sendo até mais fortes do que o fio de seda da aranha. O investigador responsável pelo estudo declarou: “Devíamos pensar em imitar estes princípios de design na estrutura das nossas invenções.”

Os investigadores acreditam que versões sintéticas do material de que o dente da lapa é formado poderiam ser usadas para construir automóveis, barcos e aviões, e até para fazer reconstruções dentárias.

O que acha? Será que a extraordinária estrutura dos dentes da lapa é resultado da evolução? Ou será que houve um projeto?