Ir para conteúdo

Ir para índice

COMO OS SEUS DONATIVOS SÃO USADOS

Os que têm mais suprem as necessidades dos que têm menos

Os que têm mais suprem as necessidades dos que têm menos

1 DE OUTUBRO DE 2020

 As Testemunhas de Jeová realizam atividades religiosas e humanitárias em mais de 200 países e territórios. No entanto, apenas 35 desses territórios recebem donativos locais suficientes para cobrir as suas despesas. Então, como é que são pagas as despesas nos países menos abastados?

 O Corpo Governante das Testemunhas de Jeová analisa as necessidades espirituais e as atividades dos seus companheiros de adoração em todo o mundo. A forma como os fundos disponíveis são usados é planeada cuidadosamente. Se uma filial recebe mais fundos do que necessita para cuidar das atividades locais, disponibiliza o excedente para territórios que não têm o suficiente. Este arranjo segue o exemplo dos primeiros cristãos, que se ajudaram uns aos outros “por meio de uma compensação”. (2 Coríntios 8:14) Eles usaram o que lhes sobrava para suprir a carência de outros cristãos que tinham menos recursos.

 Como é que se sentem os nossos irmãos que se beneficiam dos fundos enviados por outras filiais? Na Tanzânia, por exemplo, onde mais de metade da população vive com menos de dois dólares por dia – à taxa atual, cerca de 1,70 euros – esses fundos foram usados na renovação do Salão do Reino utilizado pela congregação Mafinga. A congregação escreveu o seguinte: “Desde a renovação do Salão, a assistência às nossas reuniões aumentou muito! Estamos muito gratos à organização de Jeová e à fraternidade mundial pela sua generosidade, que nos permitiu ter um local de adoração tão bonito.”

 Por causa da pandemia da COVID-19, alguns dos nossos irmãos no Sri Lanka sofreram com a falta de alimentos. Entre eles estavam a irmã Imara Fernando e o seu filho pequeno, Enosh. Contudo, graças aos donativos de irmãos de outros países, eles receberam a ajuda humanitária necessária. Num postal feito à mão, Imara e Enosh escreveram o seguinte: “Agradecemos aos irmãos que nos mostraram amor nestes tempos difíceis. Estamos muito felizes por pertencer a esta família, e continuamos a orar para que Jeová ajude todos os nossos irmãos nestes últimos dias.”

Imara e Enosh Fernando

 Não importa onde vivam, os nossos irmãos e irmãs sentem-se motivados a partilhar o que têm. O próprio Enosh, por exemplo, fez uma pequena caixa para guardar os seus donativos, para também ele poder ajudar famílias em necessidade. Guadalupe Álvarez mostra o mesmo espírito generoso. Ela vive num estado do México onde muitas pessoas não recebem sequer o salário mínimo nem têm qualquer rendimento fixo. Contudo, ela contribui com o que pode. Ela escreve o seguinte: “Sou grata a Jeová pela sua bondade e amor leal. Eu sei que os meus donativos se juntarão aos de outros e que serão úteis para ajudar os meus irmãos que estão a passar necessidade.”

 As filiais que enviam dinheiro para países onde há necessidade ficam felizes por fazer isso. “Durante muitos anos, a obra no nosso país precisou do apoio financeiro de outros países”, diz Anthony Carvalho, que serve na Comissão da Filial do Brasil. “Devido a esse apoio, tivemos um crescimento incrível. Agora, a nossa situação financeira mudou e temos o privilégio de ajudar outros. Os nossos irmãos têm uma perspetiva mundial do trabalho de pregação e percebem o papel que podem agora ter como discípulos abnegados de Jesus.”

 Como é que as Testemunhas de Jeová podem apoiar os seus irmãos e irmãs em necessidade? Não por enviar dinheiro diretamente para uma filial de um outro país, mas, sim, por fazer donativos para a obra mundial. Isto pode ser feito através da caixa de donativos destinados à “Obra Mundial” ou online, via donate.jw.org. Todos os donativos são profundamente apreciados.