Ir para conteúdo

Ir para índice

 ESTUDO 21

Não seja enganado pela “sabedoria deste mundo”

Não seja enganado pela “sabedoria deste mundo”

“A sabedoria deste mundo é tolice perante Deus.” — 1 COR. 3:19.

CÂNTICO 98 A Bíblia, Um Presente de Deus

O QUE VAMOS VER *

1. O que é que a Palavra de Deus nos dá?

NÓS podemos lidar com qualquer problema porque Jeová, o nosso Grandioso Instrutor, mostra-nos o caminho. (Isa. 30:20, 21) A sua Palavra, a Bíblia, dá-nos tudo aquilo de que precisamos para sermos ‘plenamente competentes e completamente equipados para toda a boa obra’. (2 Tim. 3:17) Quando deixamos a Bíblia guiar o nosso modo de vida, tornamo-nos mais sábios do que aqueles que defendem “a sabedoria deste mundo”. — 1 Cor. 3:19; Sal. 119:97-100.

2. O que vamos ver neste estudo?

2 No entanto, não é nada fácil ser diferente das pessoas que fazem parte deste mundo. Afinal, a sabedoria do mundo defende pensamentos e ações que, geralmente, estimulam desejos errados que temos. É por isso que a Bíblia nos dá este aviso: “Tenham cuidado para que ninguém vos escravize por meio de filosofia e vão engano, que são baseados em tradições humanas.” (Col. 2:8) Dois desses enganos, ou mentiras, tornaram-se muito populares hoje em dia. Este estudo vai mostrar como isso aconteceu. Vamos ver também porque é que cada uma dessas mentiras é tolice e porque é que a sabedoria de Deus é muito superior à sabedoria do mundo.

MUDANÇAS NO CONCEITO SOBRE SEXO

3-4. Que mudanças no ponto de vista sobre sexo aconteceram entre os anos 1900 e 1930?

3 Entre os anos 1900 e 1930, as pessoas nos Estados Unidos mudaram muito o modo de encarar o sexo. Antes dessa época, muitos acreditavam que as relações sexuais eram apenas para os casados e que isso não era um assunto para se falar em público. No entanto, esses padrões foram-se desfazendo, e  passou a haver um ponto de vista mais permissivo.

4 Na década de 1920, conhecida por alguns como Loucos Anos 20, o comportamento das pessoas e o conceito delas sobre as relações sexuais sofreram uma grande mudança. Sobre essa época, certa escritora disse: “Os filmes, peças de teatro, músicas, livros e publicidade refletiam o interesse das pessoas por coisas ligadas ao sexo.” Naqueles anos, as danças tornaram-se mais sensuais e a roupa menos modesta. Tal como a Bíblia tinha predito sobre os últimos dias, ficou cada vez mais evidente que as pessoas estavam a ‘amar os prazeres’. — 2 Tim. 3:4.

O povo de Jeová não se deixa levar pelos conceitos permissivos deste mundo (Veja o parágrafo 5.) *

5. A partir dos anos 60, o que aconteceu ao conceito do mundo sobre sexo?

5 A partir dos anos 60, coisas como duas pessoas viverem juntas sem se casarem, o homossexualismo e o divórcio tornaram-se comuns. A indústria do entretenimento começou a dar cada vez mais atenção ao sexo. Será que esse conceito mais permissivo foi bom para as pessoas? Pelo contrário. Certa autora escreveu que a nossa sociedade atual passa por muitos problemas como famílias desfeitas, pais ou mães que têm de criar os filhos sozinhos, feridas emocionais e vício em pornografia. Para ela, a razão de tudo isto é que “a sociedade está a abandonar as normas relacionadas com o sexo”. O grande aumento nos casos de doenças sexualmente transmissíveis, como a SIDA, é mais uma prova de que a sabedoria do mundo é tolice. — 2 Ped. 2:19.

6. Como é que Satanás se está a aproveitar do conceito que o mundo tem sobre o sexo?

6 Satanás aproveita-se muito do conceito que o mundo tem sobre sexo. Ele sabe que o casamento, o sexo e a capacidade de ter filhos são presentes de Jeová para os humanos. Por isso, o Diabo fica muito feliz quando vê as pessoas a tratar esses presentes tão especiais com desprezo. (Efé. 2:2) Além disso, Satanás sabe que aqueles que se envolvem em imoralidade sexual não vão ganhar a vida eterna. — 1 Cor. 6:9, 10.

O CONCEITO DA BÍBLIA SOBRE SEXO

7-8. Que conceito superior sobre sexo é que a Bíblia ensina?

7 Para os que preferem a sabedoria do mundo, tudo o que a Bíblia diz sobre sexo é ridículo e não faz sentido. Eles dizem: ‘Se Deus nos criou com desejos sexuais, porque é que ele nos iria obrigar a controlar esses desejos?’ Esse raciocínio é baseado na ideia errada de  que os humanos devem fazer tudo o que lhes apetece. No entanto, a Bíblia diz algo diferente. Ensina-nos que temos a capacidade de nos controlar e de escolher não ceder a desejos errados. (Col. 3:5) Além disso, Jeová criou o casamento para que o marido e a esposa satisfaçam os seus desejos sexuais de uma forma respeitosa e decente. (1 Cor. 7:8, 9) Quando as relações sexuais acontecem apenas dentro do casamento, o casal fica protegido dos arrependimentos e inseguranças que a imoralidade sexual provoca.

8 O conceito de Deus sobre sexo é superior ao da sabedoria deste mundo. A Bíblia diz que as relações sexuais podem ser uma fonte de prazer. (Pro. 5:18, 19) Ao mesmo tempo, avisa: “Cada um de vocês deve saber controlar o seu próprio corpo em santidade e honra, não com apetite sexual insaciável como as nações que não conhecem a Deus.” — 1 Tes. 4:4, 5, nota.

9. (a) Que conselho dado na revista A Sentinela em 1926 já mostrava que a sabedoria da Palavra de Deus é muito superior? (b) Que bom conselho encontramos em 1 João 2:15, 16? (c) Que práticas erradas são alistadas em Romanos 1:24-27?

9 Durante aquele período entre 1900 e 1930, os servos de Jeová não se deixaram levar pelas pessoas que tinham “perdido todo o senso moral”. (Efé. 4:19) Eles esforçaram-se para seguir de perto o que Jeová diz. Em 1926, A Sentinela de 15 de maio (em inglês) disse: “O homem e a mulher devem ser castos e puros em pensamentos e ações, principalmente em relação aos do sexo oposto.” Apesar dos conceitos distorcidos do mundo daquela época, os que adoravam a Jeová reconheciam a superioridade da sabedoria de Deus e seguiam a sua Palavra. (Leia 1 João 2:15, 16.) Como é bom termos a Bíblia para nos guiar! Também nos sentimos gratos por Jeová nos dar sempre alimento espiritual no tempo certo! Isso ajuda-nos a não sermos contaminados com o que a sabedoria do mundo diz sobre sexo. * — Leia Romanos 1:24-27.

MUDANÇAS NO CONCEITO SOBRE AUTOESTIMA

10-11. O que é que a Bíblia disse que ia acontecer nos últimos dias?

10 A Bíblia predisse que, nos últimos dias, as pessoas ‘só gostariam de si mesmas’. (2 Tim. 3:1, 2, nota) Por isso, não ficamos surpreendidos por ver que o mundo incentiva as pessoas a darem um valor exagerado a si próprias. Uma enciclopédia diz que, nos anos 70, os “livros de autoajuda multiplicaram-se”. Alguns desses livros “incentivavam o leitor a conhecer-se, a aceitar-se e a comemorar quem ele realmente é”. Por exemplo, um livro disse o seguinte: “Estabeleça metas no sentido de se apaixonar pela mais maravilhosa, interessante e preciosa pessoa do mundo – você.” Esse mesmo livro defende a “religião do eu, aquela em que um indivíduo determina o seu comportamento com base na sua consciência pessoal e nas leis culturais que funcionam para ele”.

11 Será que esta ideia nos soa familiar? Foi basicamente isso o que Satanás disse a Eva. Ele disse que ela podia ‘ser como Deus, sabendo o que é bom e o que é mau’. (Gén. 3:5) Hoje, muitas pessoas dão tanto valor a si mesmas que acham que ninguém – nem mesmo Deus – tem o direito de lhes dizer o que é certo ou errado. Um exemplo disso é o ponto de vista que as pessoas têm sobre o casamento.

Um cristão coloca os interesses dos outros à frente dos seus – principalmente no casamento (Veja o parágrafo 12.) *

12. Que conceito tem o mundo sobre o casamento?

12 A Bíblia ensina que o marido e a esposa devem respeitar-se um ao outro e cumprir  os votos que fizeram no casamento. Para mostrar a importância do compromisso, Génesis 2:24 diz: “O homem deixará o seu pai e a sua mãe e irá apegar-se à sua esposa, e eles irão tornar-se uma só carne.” Por outro lado, aqueles que seguem a sabedoria do mundo defendem um conceito diferente. Eles dizem que o importante é a pessoa procurar a sua própria felicidade. Um livro sobre divórcio comentou: “Em algumas cerimónias, o voto tradicional de ficar casado ‘até que a morte nos separe’ está a ser substituído por uma promessa mais limitada: ‘até que o nosso amor se acabe’.” Este conceito de que o casamento pode ser algo temporário é o motivo de existirem tantas famílias desfeitas e muitos danos emocionais. Sem dúvida, o conceito desrespeitoso do mundo sobre o casamento é tolice.

13. Qual é um dos motivos de Jeová detestar pessoas orgulhosas?

13 A Bíblia diz: “Todos os de coração orgulhoso são detestáveis para Jeová.” (Pro. 16:5) Porque é que Jeová detesta pessoas orgulhosas? Um dos motivos é que as pessoas que se acham muito importantes, e que incentivam outros a também serem assim, tornam-se arrogantes como Satanás. Imagine: Satanás chegou ao ponto de acreditar que Jesus – aquele que Deus usou para criar todas as coisas – devia curvar-se à frente dele e adorá-lo! (Mat. 4:8, 9; Col. 1:15, 16) Pessoas com uma autoestima exagerada confirmam que a sabedoria do mundo é tolice para Deus.

O CONCEITO DA BÍBLIA SOBRE AUTOESTIMA

14. Que ponto de vista equilibrado sobre autoestima é que Romanos 12:3 nos ensina?

14 A Bíblia ajuda-nos a ter um ponto de vista equilibrado sobre nós próprios. Ela reconhece que precisamos de ter certa medida de autoestima. Quando Jesus disse: “Ama o teu próximo como a ti mesmo”, ele estava a mostrar que não é errado ter amor-próprio de modo equilibrado. (Mat. 19:19) No entanto, a Bíblia não diz que nos devemos colocar acima dos outros. Ela ensina-nos: “Não façam nada por rivalidade nem por presunção; mas, com humildade,  considerem os outros superiores a vocês.” — Fil. 2:3; leia Romanos 12:3.

15. Porque é que acha que o conceito da Bíblia sobre autoestima é melhor do que o conceito do mundo?

15 Para muitas pessoas vistas como inteligentes neste mundo, o conceito da Bíblia sobre autoestima parece não fazer sentido. Elas dizem que tratar os outros como superiores faz de nós pessoas fracas e dá aos outros a oportunidade de se aproveitarem de nós. Mas repare nas pessoas do mundo de Satanás. Veja o que essa atitude lhes fez. Será que as pessoas egoístas são mais felizes? Têm famílias felizes? Têm verdadeiros amigos? Têm uma amizade achegada com Deus? Com base em tudo o que você está a ver hoje, o que é que dá melhores resultados: a sabedoria do mundo ou a sabedoria da Palavra de Deus?

16-17. Que motivos temos para estar gratos, e porquê?

16 Uma pessoa que segue os conselhos de quem defende a sabedoria deste mundo não faz uma boa escolha. Ela é como um turista perdido que pede informações a outro turista que também está perdido. Jesus disse sobre os homens “sábios” da sua época: “Guias cegos é o que eles são. E, se um cego guiar outro cego, ambos cairão num buraco.” (Mat. 15:14) Fica claro que a sabedoria deste mundo é tolice para Deus.

Viver de acordo com a sabedoria da Palavra de Deus é o que dá verdadeira felicidade (Veja o parágrafo 17.) *

17 Os conselhos da Bíblia foram sempre os melhores. A instrução que ela nos dá é “benéfica para ensinar, para repreender, para corrigir as coisas, para disciplinar em justiça”. (2 Tim. 3:16, nota) Temos de agradecer muito a Jeová. As informações que ele nos dá por meio da sua organização protegem-nos da sabedoria deste mundo. (Efé. 4:14) O alimento espiritual que recebemos dele dá-nos a força necessária para obedecermos aos padrões que estão na sua Palavra. Sem dúvida, é um grande privilégio seguir a sabedoria mais confiável que existe: a sabedoria da Bíblia!

CÂNTICO 54 “Este É o Caminho”

^ par. 5 Este estudo vai deixar-nos ainda mais convencidos de que só Jeová pode dar-nos orientações confiáveis. Também vamos ver que seguir a sabedoria do mundo traz tristes consequências, mas seguir a sabedoria da Palavra de Deus dá-nos uma vida muito melhor.

^ par. 9 Por exemplo, veja Os Jovens Perguntam, Volume 1, capítulos 24, 25 e 26, e Volume 2, capítulos 4 e 5.

^ par. 50 IMAGEM: As fotografias mostram alguns momentos na vida de um casal de Testemunhas de Jeová. O casal está a participar na pregação no final dos anos 60.

^ par. 52 IMAGEM: Vemos o casal nos anos 80. O marido está a cuidar da esposa que está doente, e a filha deles está a observá-los.

^ par. 54 IMAGEM: Depois, vemos o marido e a esposa atualmente, a recordarem com alegria os momentos que passaram no serviço a Jeová. A filha, agora crescida, e a família dela estão com eles.