Ir para conteúdo

Ir para índice

 LIÇÃO 4

Ser responsável resulta em felicidade

Ser responsável resulta em felicidade

O QUE É SER RESPONSÁVEL?

Uma pessoa responsável é alguém de confiança. É eficiente e cumpre as suas obrigações no tempo previsto.

Até crianças pequenas podem aprender a ser responsáveis. Um livro sobre criação de filhos diz: “Uma criança desenvolve a capacidade de cooperar quando tem cerca de 1 ano e 3 meses, e, quando atinge 1 ano e meio, começa a querer participar nas atividades das pessoas ao seu redor.” O livro continua: “Em muitas culturas, as crianças entre os 5 e os 7 anos são ensinadas a realizar tarefas domésticas e, apesar de serem pequenas, conseguem ajudar muito bem em várias tarefas.” *

PORQUE É IMPORTANTE SER RESPONSÁVEL?

A expressão “geração bumerangue” refere-se a jovens adultos que saem de casa, mas voltam a morar com os pais por causa das dificuldades da vida. Em alguns casos, isso acontece porque esses jovens nunca aprenderam a administrar o dinheiro, a cuidar de uma casa ou a cumprir com as suas responsabilidades.

Por isso, o melhor a fazer é treinar o seu filho agora para as responsabilidades da vida adulta. O livro Como Criar Um Adulto diz: “Não é aconselhável manter os seus filhos dependentes de si até aos dezoito anos, e, de repente, mandá-los para o mundo real.”

COMO ENSINAR O SEU FILHO A SER RESPONSÁVEL

Inclua o seu filho nas tarefas domésticas.

PRINCÍPIO BÍBLICO: “Há proveito em todo o tipo de trabalho árduo.” — Provérbios 14:23.

As crianças pequenas gostam muito de fazer coisas com os pais. Aproveite essa disposição e dê alguma tarefa ao seu filho.

Alguns pais não querem dar tarefas aos filhos porque acham que eles já têm muitos trabalhos de casa para fazer.

No entanto, uma criança que ajuda nas tarefas de casa tem mais possibilidades de se sair bem na escola. Isso acontece porque as tarefas domésticas ensinam as crianças a assumir responsabilidades e a cumpri-las. Além disso, veja o que o livro citado no início deste artigo acrescenta: “Quando ignoramos a vontade da criança de cooperar, passamos-lhe a ideia de que ajudar outros não é importante [...]. Também começa a achar que os outros têm a obrigação de fazer coisas por ela.”

 Isso quer dizer que, quando as crianças fazem tarefas domésticas, elas aprendem a ajudar outras pessoas e a não serem egoístas. Elas também entendem que cumprir as suas obrigações é importante para a família.

Ajude o seu filho a assumir as consequências do que faz.

PRINCÍPIO BÍBLICO: “Escuta o conselho e aceita a disciplina, para te tornares sábio no futuro.” — Provérbios 19:20.

Quando o seu filho cometer um erro – por exemplo, se partir um objeto a alguém –, não tente encobrir o erro dele. Uma criança é capaz de assumir as consequências do que faz – nesse caso, ela pode pedir desculpa e até compensar a pessoa pelo prejuízo que causou.

Se o filho assumir a responsabilidade pelos próprios erros, isso vai ajudá-lo a:

  • dizer a verdade

  • não culpar os outros

  • não inventar desculpas

  • pedir desculpa sempre que necessário

^ par. 5 Título do livro: Parenting Without Borders.