Ir para conteúdo

Ir para índice

 PERGUNTA 1

Quem sou eu?

Quem sou eu?

PORQUE É BOM PENSAR NISSO

Saberes quem és e quais são os teus valores pode ajudar-te a tomar boas decisões quando alguém te pressionar a fazer coisas erradas.

O QUE FARIAS?

Imagina a seguinte situação: passaram dez minutos desde que a Carla chegou a uma festa. De repente, ela ouve atrás de si uma voz conhecida:

“Porque é que estás aí sozinha?”

Quando a Carla se vira para trás, vê a sua amiga Jéssica com duas garrafas na mão. Dá para ver que são de cerveja. A Jéssica oferece uma garrafa à Carla e diz-lhe: “Toma lá! Já não és nenhuma criança. Já tens idade para te divertires!”

A Carla pensa em não aceitar a cerveja, mas também não quer fazer figura triste. Afinal, a Jéssica é sua amiga e é uma miúda “certinha”. Se até ela bebe, é porque não deve haver problema nenhum. A Carla raciocina: ‘É só uma cerveja. Não estamos a usar drogas, nem nada que se pareça.’

O que farias se estivesses no lugar da Carla?

PARA E PENSA!

Para fazeres o que é certo numa situação destas, precisas de ter uma identidade bem definida. Ter uma identidade significa saberes, no teu íntimo, quem és e quais são os teus valores. Uma identidade bem definida é uma arma poderosa. Ajuda-te a teres controlo sobre a tua própria vida, em vez de deixares que outros a controlem por ti. — 1 Coríntios 9:26, 27.

Como podes definir quem realmente és? As perguntas a seguir talvez te ajudem.

 1 QUAIS SÃO OS MEUS PONTOS FORTES?

Quando sabes bem quais são os teus talentos e pontos fortes, a tua confiança aumenta.

EXEMPLO DA BÍBLIA: O apóstolo Paulo escreveu: “Mesmo que eu não seja perito no falar, certamente o sou no conhecimento.” (2 Coríntios 11:6) Paulo não permitia que os comentários negativos de outras pessoas abalassem a sua confiança. Uma vez que ele tinha um conhecimento profundo da Bíblia, conseguia continuar firme quando outros falavam mal dele. — 2 Coríntios 10:10; 11:5.

FAZ UMA AUTOANÁLISE: Identifica abaixo um talento ou uma habilidade que tu tenhas. (Por exemplo, cantas bem? Sabes desenhar?)

Descreve uma boa qualidade que tu tenhas. (Por exemplo, és carinhoso? Generoso? Confiável? Responsável?)

2 QUAIS SÃO AS MINHAS FRAQUEZAS?

As tuas fraquezas são comparáveis à ferrugem. Assim como um objeto se pode estragar na totalidade por causa da ferrugem, a tua identidade também pode ser seriamente afetada por uma fraqueza tua, se o permitires.

EXEMPLO DA BÍBLIA: Paulo sabia que tinha fraquezas. Ele escreveu: “Eu realmente tenho prazer na lei de Deus segundo o homem que sou no íntimo, mas vejo no meu corpo outra lei a guerrear contra a lei da minha mente e a levar-me cativo à lei do pecado.” — Romanos 7:22, 23.

FAZ UMA AUTOANÁLISE: Contra que fraqueza precisas de lutar?

 3 QUAIS SÃO OS MEUS OBJETIVOS?

Será que entrarias num táxi e pedirias ao motorista que desse voltas ao quarteirão até a gasolina acabar? Além de isso não fazer sentido, sairia muito caro!

A lição é: quem tem objetivos não anda às voltas, sem saber para onde ir. Teres objetivos ajuda-te a saber onde queres chegar e que rumo deves tomar.

EXEMPLO DA BÍBLIA: Paulo escreveu: “Não corro sem rumo.” (1 Coríntios 9:26) Paulo não ficava de braços cruzados, deixando que a vida simplesmente passasse. Ele tinha objetivos e esforçava-se para alcançá-los. — Filipenses 3:12-14.

FAZ UMA AUTOANÁLISE: Escreve abaixo três objetivos que gostarias de alcançar no prazo de um ano.

4 QUAIS SÃO AS MINHAS CONVICÇÕES?

Quem tem uma identidade bem definida é como uma árvore com raízes profundas e fortes. Nem mesmo as piores tempestades a derrubam

Quem não tem certezas na vida, normalmente, é indeciso. Assim como um camaleão, a pessoa “mudará de cor” para se parecer mais com os seus colegas. Quem faz isso não tem identidade própria.

Por outro lado, se fores fiel àquilo em que acreditas, manterás a tua identidade, não importa o que as pessoas à tua volta façam.

EXEMPLO DA BÍBLIA: Quando era adolescente, Daniel foi separado da sua família. Mesmo assim, ele “decidiu no coração” ser obediente a Deus. (Daniel 1:8) Por fazer isso, ele manteve a sua identidade e viveu de acordo com aquilo em que acreditava.

FAZ UMA AUTOANÁLISE: Quais são as tuas convicções e porquê?(Por exemplo: Acreditas em Deus? Porquê? Para ti, o que prova que Deus existe?)

Achas que obedecer às leis de Deus é o melhor para ti? Porquê?

O que preferes ser: uma árvore forte que resiste às piores tempestades ou uma folha seca que é levada por qualquer vento? Se tiveres uma identidade bem definida, serás como uma árvore forte. Desse modo, poderás responder à pergunta: Quem sou eu?